BT

PostgreSQL 9.6: Replicação Síncrona, Consultas Paralelas e muito mais

| por Marcelo Costa Seguir 33 Seguidores em 03 out 2016. Tempo estimado de leitura: 3 minutos |

A versão 9.6 do banco de dados open source PostgreSQL foi finalmente liberada. Esta nova versão permitirá aos usuários escalar com flexibilidade cargas de dados em alta performance. As novas funcionalidades incluem a realização de consultas de forma paralela, melhorias nas técnicas de replicação síncrona, busca textual por frases além de melhorias em performance e usabilidade.

Na lista de novas funcionalidades e melhorias desta nova versão se destacam:

Escalabilidade em consultas paralelas

A nova versão adiciona suporte a tipos de operações de consulta em paralelo, permitindo a utilização de alguns ou de todos os cores de um servidor, com o objetivo de retornar o resultado das consultas de forma mais rápida. As consultas em paralelo incluem busca paralela em tabelas, além do uso de agregações e joins. Dependendo do tipo e disponibilidade dos cores de um servidor, o paralelismo pode aumentar a velocidade das consultas do tipo big data em mais de 32 vezes.

Escalabilidade horizontal com replicação síncrona e postgres_fdw

Duas novas funcionalidades foram adicionadas à replicação síncrona do PostgreSQL, que permitem que ele seja utilizado para manter leituras consistentes através de clusters de banco de dados. A primeira delas permite configurar grupos de réplicas síncronas enquanto que a segunda funcionalidade, o modo remote_apply, cria uma visão mais consistente dos dados através de múltiplos nós. Estas funcionalidades suportam a partir de agora replicação interna que mantém um conjunto de nós idênticos e que permite a leitura de carga de dados em load-balancing.

Já o driver para federação de dados de PostgreSQL-para-PostgreSQL, postgres_fwd, recebeu novas funcionalidades que permite agora a execução de trabalhos remotos em servidores. Com os classificadores do tipo pushing down, os joins e os updates de dados em batch, os usuários poderão distribuir as cargas de dados através de múltiplos servidores PostgreSQL. Estas funcionalidades em breve serão adicionadas a outros drivers FDW.

Melhorias na busca textual com frases

A funcionalidade de busca textual do PostgreSQL a partir de agora suporta a busca por frases. Este recurso permite que os usuários realizem buscas por frases exatas ou por palavras com uma aproximação específica a outras palavras utilizando índices rápidos do tipo GIN. Combinado com as novas funcionalidades de ajuste fino para as opções de busca textual, o PostgreSQL é um opção de destaque para o uso em buscas híbridas capaz de unir dados em formato relacional, JSON e full text searching.

Mais rápido e mais fácil de usar

Graças a contribuição e aos testes realizados por usuários do PostgreSQL com alto volume de dados em produção, o projeto foi capaz de melhorar muitos aspectos de performance e usabilidade nesta última versão. Funcionalidades relacionadas a replicação, agregação, indexação, classificação e stored procedures foram todas melhoradas e ficaram mais eficientes e o PostgreSQL agora é capaz de fazer um melhor uso dos novos recursos disponíveis nas versões de Kernel mais recentes do Linux. A administração de sobrecargas para tabelas muito grandes e carga de dados muito complexas também foram reduzidas, especialmente por meio de melhorias no processo de VACUUM.

Outras funcionalidades

A versão 9.6 vem com muitas outras funcionalidades que estavam em desenvolvimento no último ano e dentre elas podemos citar:

  • Novas views e funções sistêmicas como por exemplo: pg_stat_wal_receiver, pg_visibility, pg_config, pg_blocking_pids e a pg_notification_queue_usage;
  • Melhor suporte ao relatório de progresso na execução de comandos;
  • Melhor suporte a CASCADE para o comando CREATE EXTENSION;
  • Melhor suporte a replicação e concorrência em slot para o comando pg_basebackup;
  • Melhorias no monitoramento de eventos de espera (Wait events);
  • A edição de views e crosstabs facilitada por meio de novos comandos.

Além destas funcionalidades, a nova versão traz melhorias significativas em sua API de backups quentes e binários. Antes do PostgreSQL 9.6, a única maneira de realizar backups físicos simultâneos era por meio do comando pg_basebackup, por meio do protocolo de replicação de streaming. A cópia em baixo nível do sistema de arquivos estava disponível apenas em um modo exclusivo, chamando pg_start_backup (), iniciando a cópia de arquivos de dados e, finalmente, chamando pg_stop_backup ().

Para mais detalhes e conhecer outras melhorias disponibilizadas, acesse as notas de versão.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Faça seu login para melhorar sua experiência com o InfoQ e ter acesso a funcionalidades exclusivas


Esqueci minha senha

Follow

Siga seus tópicos e editores favoritos

Acompanhe e seja notificados sobre as mais importantes novidades do mundo do desenvolvimento de software.

Like

Mais interação, mais personalização

Crie seu próprio feed de novidades escolhendo os tópicos e pessoas que você gostaria de acompanhar.

Notifications

Fique por dentro das novidades!

Configure as notificações e acompanhe as novidades relacionada a tópicos, conteúdos e pessoas de seu interesse

BT