BT

Disseminando conhecimento e inovação em desenvolvimento de software corporativo.

Contribuir

Tópicos

Escolha a região

Início Notícias Biblioteca JavaScript Inferno chega na versão 1.0

Biblioteca JavaScript Inferno chega na versão 1.0

Favoritos

A biblioteca JavaScript Inferno, similar ao React, chegou na versão 1.0 se apresentando como uma solução aos desenvolvedores familiarizados com React, mas frustrados com o tamanho das bibliotecas JS atuais.

O anúncio da Inferno a define como "Uma biblioteca JS extremamente rápida, baseada em React, destinada a construção de UI's modernas". É destinada aqueles que gostam dos conceitos e da API do React, mas não precisam de todos as funcionalidades que ele oferece, como a possibilidade de usar o React Native. A biblioteca Inferno é feita estritamente para o navegador, servidor e o DOM típico. Durante a requisição, a Inferno tem somente 9KB de tamanho comparado aos 45KB (ambos os tamanhos em gzip) do React. Isso faz com que a etapa para parsear o código seja mais rápida e, portanto, resulta em melhor desempenho nos dispositivos móveis.

A equipe focou boa parte do tempo de trabalho em desempenho. Em uma entrevista dada pelo criador Dominic Gannaway, ele destacou o trabalho feito:

Diversas checagens foram feitas para garantir que as "desotimização" ("deopts", quando o compilador JIT não consegue compilar alguma coisa) fossem mantidas minimamente. A equipe da Inferno usou benchmarks, ferramentas de análise como IRHydra 2 e Chrome Dev Tools e reescreveram partes da base de código como uma forma constante para encontrar formas de remover as "deopts".

Esse trecho de código mostra bem a semelhança entre Inferno e React.

class MyInfernoTest extends Component {
    componentDidMount() {
        setInterval(() => {
            this.setState({ 
                time: (new Date()).toLocaleString() 
            });
        }, 200);
    }
    render() {
        return <h2>
            Current time: <span>{this.state.time}</span>
        </h2>
    }
}

Em um post anunciando o release, o principal engenheiro do time, Luke Sheard, apontou que em 2016, o projeto conseguiu de 150 estrelas no Github para quase 7.300 no final do ano. Agora tem mais de 8.000. A Inferno pode ser usada como um substituto do React desde que seja usada uma biblioteca de compatibilidade, mas a melhoria no desempenho se obtém ao fazer mudanças no código específicas para a Inferno.

Este ano a equipe espera expandir o ecossistema do framework, mas terá que fazê-lo sem a presença constante de Gannaway. No final de 2016 Gannaway anunciou que ele se juntou ao Facebook para trabalhar no React. Sheard disse que a Inferno vai continuar a contar com uma participação mais reduzida de Gannaway e que eles irão focar em melhorar o core e aumentar o suporte da biblioteca.

Em 2017 a Inferno vai focar no aprimoramento contínuo de suas funções principais, analisando bugs o mais rápido possível e dando suporte e orientação à comunidade. Será feito um esforço para adaptar novas bibliotecas para expandir o alcance e a modularidade da Inferno para mais casos de uso. Até agora uma variedade de módulos já foram portados, mas com um esforço adicional da comunidade a intenção é expandir mais.

A biblioteca Inferno é novata se comparada a alternativa mais conhecida ao React, o Preact. Ambos podem ser usados no lugar do React, mas possuem objetivos de uso diferentes.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Comentários da comunidade

  • Excelente artigo sobre a biblioteca Inferno

    by Ricardo Lino Pereira Junior,

    Seu comentário está aguardando aprovação dos moderadores. Obrigado por participar da discussão!

    Essa biblioteca Inferno me parece interessante para desenvolvimento de plataformas mais limitadas (GPU e memória), como Smart TVs e Smartwatches.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

BT

Seu cadastro no InfoQ está atualizado? Poderia rever suas informações?

Nota: se você alterar seu email, receberá uma mensagem de confirmação

Nome da empresa:
Cargo/papel na empresa:
Tamanho da empresa:
País:
Estado:
Você vai receber um email para validação do novo endereço. Esta janela pop-up fechará em instantes.