BT

Início Notícias Blazor traz de volta .NET aos navegadores

Blazor traz de volta .NET aos navegadores

Favoritos

O Blazor é um experimento criado por Steve Sanderson que torna possível a utilização de .NET aos navegadores usando WebAssembly e DotNetAnywhere. Não se trata de um Framework completo como Flash ou Silverlight, mas sim um teste para verificar o que é possível fazer com tal tecnologia.

O WebAssembly se descreve como um padrão para "um ambiente de execução seguro, testável, e que pode ser implementado até mesmo em máquinas virtuais JavaScript". Embora ele tenha uma melhor performance em navegadores que o oferecem suporte nativo, o WebAssembly pode ser interpretado por navegadores antigos através de conversores e asm.js.

Atualmente, o WebAssembly foi projetado para oferecer suporte a aplicações escritas em C e C++, atuando como um compilador backend para clang/LLVM. Já para converter C em C#, o Blazor utiliza o DotNetAnywhere, criado por Chris Bacon, que nada mais é que um interpretador do MSIL do .NET Framework. O projeto DotNetAnywhere foi encerrado há cerca de 6 anos atrás.

O Blazor faz as seguintes alterações no DotNetAnywhere:

  • Suporte ao desenvolvimento com Emscripten
  • Suporte a chamadas JavaScript através .NET (e vice-versa)
  • Adiciona recursos primitivos de interoperabilidade (ex: GCGandle)
  • Resolve alguns bugs
  • Suporte para carregar recursos do .NET Core-style

Aplicações com Blazor são construídas utilizando templates Razor, que são executados no navegador e não no servidor. De acordo com a documentação, um simples "Hello world" requer 300KB de download. Isso inclui tudo o que é necessário, sendo:

  • .NET runtime pequeno e leve
  • Core libs
  • Código da aplicação
  • Códigos encapsulados necessários para execução do código WebAssembly

Nenhum esforço foi feito para remover os códigos desnecessários, então ainda é possível reduzir o tamanho ainda mais.

Para ver Blazor em ação, assista o vídeo da apresentação realizada na conferência NDC "Web Apps can't really do *that*, can they? - Steve Sanderson" (Aplicações Web realmente não podem fazer isso, não é?).

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

BT

Seu cadastro no InfoQ está atualizado? Poderia rever suas informações?

Nota: se você alterar seu email, receberá uma mensagem de confirmação

Nome da empresa:
Cargo/papel na empresa:
Tamanho da empresa:
País:
Estado:
Você vai receber um email para validação do novo endereço. Esta janela pop-up fechará em instantes.