BT

Disseminando conhecimento e inovação em desenvolvimento de software corporativo.

Contribuir

Tópicos

Escolha a região

Início Notícias TypeScript 2.5 lançado com refatoração em nível de código

TypeScript 2.5 lançado com refatoração em nível de código

This item in japanese

Favoritos

Na versão 2.5 do TypeScript a Microsoft focou na produtividade do desenvolvedor e ampliou o escopo do que ele pode fazer, oferecendo recursos comuns aos editores de código.

Os desenvolvedores acostumados às linguagens tipadas, como C#, preferem ferramentas onde podem, facilmente, realizar refatorações comuns. Com a nova versão, o TypeScript usa seu conhecimento sobre o código para realizar operações de extração de método (Extract Method) e extração de função (Extract Function). Essa nova funcionalidade permite que todos os editores de código se comuniquem com o TypeScript para a execução das mesmas.

Daniel Rosenwasser, gerente de programa do TypeScript, disse que a equipe está focada na experiência do desenvolvedor, não apenas na linguagem:

O TypeScript como linguagem é desenvolvido com a experiência de edição em mente e, portanto, o nosso time trabalha com o compilador/verificador de tipos, bem como com o serviço de linguagem que potencializa os editores como o VS Code, em mente. Mas o foco não é apenas no VS e no VS Code. As mudanças estão disponíveis para qualquer editor que consuma nossos recursos, e acho que essas novas funcionalidades de edição serão úteis para a gente conhecer o usuário do TypeScript.

Essas refatorações estarão no VS Code e no Visual Studio em breve.

A Microsoft também impulsionou o arsenal de "correção rápida" ao identificar usos acidentais de declarações de tipo JSDoc, e referenciamento incorreto de tipos.

A API de serviço de correção rápida foi disponibilizada pela primeira vez no TypeScript 2.1, e inclui correções como ortografia, importações ausentes, this ausente, e declarações não utilizadas. Mais correções já estão no roadmap do produto.

Esta versão traz poucas novidades em recursos de linguagem, mas vale destacar o catch opcional de variáveis. Ele é útil quando você precisa capturar um erro, mas não se preocupa com o conteúdo do erro em si. De fato, esse recurso é parte de uma proposta do ECMAScript. O código a seguir, que não inclui uma declaração do erro detectado, agora é válido:

try {
    const result = someMethodThatWillThrowAnException();
}
catch {
    contents = createDefaultContents();
}

Como sempre, a versão mais recente do TypeScript pode ser instalada com o comando npm install -g typecript, ou no NuGet.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

BT