BT

Novidades O InfoQ vem desenvolvendo uma série de novas funcionalidades para melhorar sua experiência com o site. Confira!

Microsoft juntou-se a Cloud Foundry Foundation como Membro Ouro

| por Kent Weare Seguir 7 Seguidores , traduzido por Thiago Hideaky Watanabe Seguir 0 Seguidores em 09 out 2017. Tempo estimado de leitura: 3 minutos |

Durante o mais recente Cloud Foundry Summit, ocorrido em junho de 2017, a Microsoft anunciou a entrada na Cloud Foundry Foundation como "Membro Ouro". Além da entrada na fundação, a Microsoft ampliou o suporte à plataforma open source de nuvem, incluindo a integração com banco de dados do Azure (PostgreSQL e MySQL) e suporte a "cloud broker" para bases de dados SQL, barramentos de serviços e CosmosDB. A Microsoft também incluiu a Cloud Foundry CLI (ferramenta da linha de comando para o Cloud Foundry) no Cloud Shell para facilitar a gestão do Cloud Foundry.

A Cloud Foundry é uma plataforma "open source" que provê uma camada de abstração entre serviços de nuvem privados ou públicos, e as aplicações que executam na camada mais acima dessa infraestrutura. Usando Cloud Foundry, os clientes podem reduzir o "lock-in" do vendedor e construir um ambiente de execução e serviços de middleware.

A Microsoft continua investindo em tecnologias open source, tendo recentemente entrado na Linux Foundation. Corey Sanders, diretor de computação na Microsoft, descreve algumas das razões do porquê a Microsoft decidiu entrar na Cloud Foundry Foundation:

"Construímos novas tecnologias open source e conseguimos numerosas contribuições da comunidade. Fazer o Azure uma plataforma aberta, flexível e portátil, trouxe consigo muitos amigos. A parceria com a Cloud Foundry Foundation estende nosso comprometimento profundo de colaborar e inovar com a comunidade open source. Continuamos comprometidos em criar um ecossistema diversificado e de tecnologias abertas, para oferecer a liberdade de subir a aplicação que se desejar na plataforma em nuvem que preferir."

Um benefício para os clientes já existentes da Microsoft que estão interessados no desenvolvimento da Cloud Foundry, é que já podem usar algumas das tecnologias PaaS (Plataform as a Service) da Microsoft integrando a Cloud Foundry com os serviços do Azure. Algumas das integrações incluem o Azure Service Bus para publicar ou assinar mensagens, como alternativa ao RabbitMQ; e o Azure SQL Database ou o Cosmos DB, como alternativas para o MySQL ou o PostgreSQL. Esses novos produtos PaaS da Microsoft estão disponíveis na plataforma da Cloud Foundry por conta dos investimentos no Meta Azure Service Broker.

Integrar plataformas nativas de nuvem com plataformas de aplicações, como a Cloud Foundry e o Kubernetes, é muito importante para a Microsoft, no sentido dos clientes estarem inseridos em uma arquitetura multi-cloud e multi-plataforma. Como resultado, a Microsoft tem trabalhado internamente com o ecossistema de Open Service Broker API. Sanders explica porquê a Microsoft decidiu entrar no grupo de trabalho do Open Service Broker:

A equipe do Azure está profundamente envolvida em permitir o ecossistema do Kubernetes e facilitar o uso dos serviços Azure usando o Catálogo de Serviços como parte do esforço que começou com o Deis. Este broker se esforçou para fornecer uma interface padrão para conectar plataformas nativas de nuvem com plataformas de aplicações como a Cloud Foundry e o Kubernetes. Trabalhando com este grupo, esperamos acelerar os esforços para padronizar a interface de conexão com as plataformas nativas de nuvem.

A Microsoft também incluiu outras integrações com a Cloud Foundry:

  • O plugin de Serviços em Equipe do Visual Studio (VSTS) fornece suporte para a construção de pipelines de equipes de integração contínua e entrega contínua para a Cloud Foundry, incluindo a habilidade de publicar um ambiente Cloud Foundry de um agente construído com o VSTS;
  • A análise de logs do Microsoft Operations Management Suite (OMS), permite aos clientes, coletar métricas de sistemas e aplicações das suas aplicações Cloud Foundry e publicar esta telemetria no OMS.

Sobre o que é para a Microsoft fazer parte desta fundação, Sanders cita que:

Muitas companhias grandes escolheram a Cloud Foundry para ajudar a resolver desafios de complexos e vem olhando para o Azure como a principal uma nuvem corporativa. Alguns clientes da Microsoft como: Ford, Manulife e Merrill, estão executando a Cloud Foundry no Azure. Queremos que o Azure se torne o melhor lugar para publicar aplicações Cloud Foundry abertas e portáteis sem qualquer restrição de vendedor.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Faça seu login para melhorar sua experiência com o InfoQ e ter acesso a funcionalidades exclusivas


Esqueci minha senha

Follow

Siga seus tópicos e editores favoritos

Acompanhe e seja notificados sobre as mais importantes novidades do mundo do desenvolvimento de software.

Like

Mais interação, mais personalização

Crie seu próprio feed de novidades escolhendo os tópicos e pessoas que você gostaria de acompanhar.

Notifications

Fique por dentro das novidades!

Configure as notificações e acompanhe as novidades relacionada a tópicos, conteúdos e pessoas de seu interesse

BT