BT

Experimente a nova interface visual do InfoQ! Veja o novo design do InfoQ 3.0 e nos diga o que você achou.

Microsoft parece ter interrompido o desenvolvimento do Windows 10 Mobile

| por Abel Avram Seguir 12 Seguidores , traduzido por Andrea Mussap Seguir 7 Seguidores em 31 out 2017. Tempo estimado de leitura: 2 minutos |

Embora nenhuma declaração oficial tenha sido emitida pela empresa, algumas afirmações recentes dos principais executivos da Microsoft fazem crer que o desenvolvimento do Windows 10 Mobile está parado.

Em uma entrevista recente à TV, Bill Gates mencionou que há pouco tempo mudou para um telefone Android. Embora seja um grande fã da plataforma Windows, sua mudança para o Android é um sinal de que a Microsoft não está mais investindo em seu próprio sistema operacional para smartphones.

Joe Belfiore, vice-presidente do Grupo de Sistemas Operacionais da Microsoft, passou por várias funções na Microsoft, incluindo o desenvolvimento do Windows Phone e do Windows 10 Mobile. Entretanto, no ano passado ele foi visto enviando mensagens de um iPhone, e ele confessou usar o aparelho e smartphones Android para entender melhor a concorrência. Mas agora, ele disse no Twitter que mudou para uma plataforma diferente, talvez Android, para a diversidade de aplicativos e hardware, acrescentando que a sua própria plataforma, Microsoft, entrará em modo de manutenção:

Como um usuário, eu mudei de plataformas pela diversidade das aplicações e de hardware...

É claro que continuaremos a suportar a plataforma [Windows Phone - nota do editor]... correções de erros, atualizações de segurança, etc. Mas o desenvolvimento de novos recursos/hardware não é o foco.

De acordo com Belfiore, a principal razão pela qual a Microsoft não está mais investindo no Windows 10 Mobile é a falta de interesse dos usuários:

Nós tentamos fortemente incentivar os desenvolvedores de aplicativos. Investimos dinheiro, escrevemos aplicativos para eles... mas o volume de usuários é muito baixo para a maioria das empresas investir.

O principal problema é que os desenvolvedores de aplicativos não querem investir em uma plataforma que não seja amplamente adotada, enquanto os usuários não querem comprar um smartphone sem um rico ecossistema de aplicativos. Isso é difícil de superar, mesmo com os bilhões de dólares da Microsoft investidos em dispositivos móveis. Muitas empresas pararam de desenvolver e retiraram seus aplicativos da Windows Store no último ano. Embora a quota de mercado do Windows Phone tenha sido inicialmente prevista por alguns para ultrapassar o iPhone, na realidade ela atingiu menos da metade do percentual até o final do ano passado, e talvez caia ainda mais neste ano.

Alguns sugeriram que a Microsoft disponibilizasse aplicativos Android no Windows 10 Mobile para resolver a falta de um ecossistema de aplicativos adequado. Mas, é bem provável que isso não acontecerá. Enquanto isso, a Microsoft está disponibilizando mais e mais de seus aplicativos móveis no iOS e no Android, incluindo um Launcher para Android, aplicativos do Office, o navegador Edge e muitos outros.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
BT