BT

Início Notícias Android Studio 3.0 e o Oreo 8.1

Android Studio 3.0 e o Oreo 8.1

Favoritos

O Google liberou a versão estável do Android Studio 3.0 e o Developer Preview do Android Oreo 8.1.

O Android Studio 3.0 foi primeiramente anunciado no Google I/O 2017, mas foi uma versão de testes naquele momento. Agora, a versão final está disponível. Da lista de novas funcionalidades, notamos as seguinte:

  • Suporte nativo ao Kotlin, criar arquivos Kotlin ou converter arquivos Java para o Kotlin. O Kotlin parece ter sido muito bem recebido pela comunidade. De acordo com um relatório do Realm, 15% dos desenvolvedores estão atualmente usando o Kotlin para projetos Android, com 20% de aplicações codificadas inicialmente em Java agora sendo codificadas em Kotlin. O Realm prevê que 50% dos desenvolvedores irão usar o Kotlin até o final de 2018;
  • Plugin para o Gradle 3.0.0 com tempo de construção mais rápido especialmente para grandes projetos com vários módulos;
  • Suporte a algumas funcionalidades do Java 8: lambda expressions, method references, type annotations, interface methods, repeating annotations;
  • O Jack e Retrolambda foram depreciados, e os desenvolvedores foram convidados a migrar para o novo toolchain que é o padrão do JDK 8;
  • O Android Profiler substituiu o Android Monitor, sendo usado para medir em tempo real CPU, memória e uso de rede. Inclui exemplos de rastreamento de métodos, capturas de dumps da heap, podendo ser usado para visualizar alocação de memória e inspecionar os arquivos transmitidos;
  • APK Profiler usado para depurar APKs pré construídas. Detalhes podem ser encontrados aqui;
  • O Device File Explorer permite visualizar arquivos no dispositivo e transferi-los para o computador;
  • Android Instant Apps agora são suportadas através de dois módulos;
  • Adicionado suporte para ícones adaptativos com o Android 8.0;
  • Aperfeiçoamento do Layout Editor.

Simultaneamente, o Google lançou o Android 8.1 Developer Preview que vem com algumas novas funcionalidades, assim como algumas melhorias de performance e correções de bugs para a versão 8.0:

  • API para redes neurais (NNAPI) que fornece aceleração de hardware para execução de código de aprendizado de máquina em dispositivos Android. Ambos, criação de modelo, compilação e execução são suportados. NNAPI é designado para ser usado por frameworks e ferramentas de machine learning (ML), não diretamente pelas aplicações;
  • Sons de notificação são limitados a 1 segundo. Se uma aplicação quer gerar mais som do que o limite, alertas adicionais não serão processados;
  • Duas novas constantes foram adicionadas: FEATURE_RAM_LOW e FEATURE_RAM_NORMAL, permitindo aos desenvolvedores segmentar dispositivos com pequenas quantidades de RAM;
  • A API SharedMemory permite um processo mudar para a zona de um outro processo;
  • Melhorias: Autofill, EditText, Safe Browsing, WallpaperColors, Fingerprint, etc.

Todos interessados em ter o Android 8.1 em seus dispositivos para testar aplicações precisam se inscrever no Android Beta Program. Somente alguns dispositivos Nexus e Pixel, além do LG Watch Sport e o emulador, são elegíveis para essa versão do Android.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

BT

Seu cadastro no InfoQ está atualizado? Poderia rever suas informações?

Nota: se você alterar seu email, receberá uma mensagem de confirmação

Nome da empresa:
Cargo/papel na empresa:
Tamanho da empresa:
País:
Estado:
Você vai receber um email para validação do novo endereço. Esta janela pop-up fechará em instantes.