BT

SQL Server em cloud híbrido

| por Jeff Martin Seguir 14 Seguidores , traduzido por Diogo Carleto Seguir 31 Seguidores em 30 nov 2017. Tempo estimado de leitura: 2 minutos |

O recente lançamento do Microsoft SQL Server 2017 demonstra como a empesa está procurando entregar suas ferramentas com uma abordagem cada vez mais agnóstica a plataformas. Isso está evidente com a adoção do termo "cloud híbrido" assim como a natureza multi-plataforma do SQL Server 2017.

A Microsoft tem promovido a adoção de serviços baseados no cloud por aproximadamente uma década. Desde sua estréia em fevereiro de 2010, o Azure da Microsoft tem sido peça chave nas ofertas da companhia. Entretanto, nem sempre é possível implantar soluções apenas para o cloud. Independentemente de ser um problema de custos ou devido a requerimentos de segurança, alguns projetos tem como premissa ser localizados.

No PASS Summit, a Microsoft pareceu indicar uma mudança na abordagem que a empresa está tomando ao revisar o marketing em torno do SQL Server. O termo "cloud híbrido" vem sendo utilizado para descrever um meio termo entre uma instalação local tradicional e um ambiente completamente único para nuvem. Executar o SQL Server nas instalações quando necessário, usar o Azure SQL Database quando o cloud estiver disponível, e obter vantagem do futuro Azure Database Migration Service quando for o momento de migrar para um database existente no cloud.

Embora isso possa parecer uma pequena alteração na terminologia, há mais. O Server 2017 tem suporte nativo ao Linux e adiciona a possibilidade de ser publicado em um container facilmente. A Microsoft, como corporação, certamente encoraja os clientes a usarem o Windows 10/Windows Server como sistema operacional. A equipe do SQL Server tem a liberdade para fornecer o melhor database SQL sem precisar do sistema operacional da Microsoft. Isso permite que desenvolvedores e DBAs usem o SQL Server de acordo com suas necessidades com base nos ambientes existentes.

Além disso, o novo Microsoft SQL Operations Studio é uma ferramenta multi plataforma para gerenciamento de bancos de dados no SQL Server, Azure SQL Database e Azure SQL Data Warehouse. Esta ferramenta é compatível com Windows, Linux e macOS, e é um outro exemplo de abordagem agnóstica a plataformas. Os detalhes da ferramenta ainda permanecem limitados, mas parece ser uma aplicação baseada no Electorn o que refletiria a abordagem adotada com o VS Code. O lançamento desta aplicação deve acontecer em breve, e desenvolvida de maneira open-source como o VS Code.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Faça seu login para melhorar sua experiência com o InfoQ e ter acesso a funcionalidades exclusivas


Esqueci minha senha

Follow

Siga seus tópicos e editores favoritos

Acompanhe e seja notificados sobre as mais importantes novidades do mundo do desenvolvimento de software.

Like

Mais interação, mais personalização

Crie seu próprio feed de novidades escolhendo os tópicos e pessoas que você gostaria de acompanhar.

Notifications

Fique por dentro das novidades!

Configure as notificações e acompanhe as novidades relacionada a tópicos, conteúdos e pessoas de seu interesse

BT