BT

Spring Boot 2.0 próximo da versão final

| por Tim Hodkinson Seguir 11 Seguidores , traduzido por Diogo Carleto Seguir 33 Seguidores em 09 mar 2018. Tempo estimado de leitura: 2 minutos |

A versão final do Spring Boot 2.0 está um passo mais perto após o anúncio do release candidate 1 (RC1) em 31 de janeiro.

A contagem regressiva está agora nos estágios finais. Mesmo nesta fase, algumas adições notáveis ainda estão sendo liberadas, junto com uma grande quantidade de correções de problemas e pull requests fechados (um total impressionante de 314).

Uma série de propriedades de configuração foram renomeadas ou removidas, e desenvolvedores precisarão atualizar seus application.properties ou application.yml. Para facilitar a migração, o projeto spring-boot-properties-migrator foi criado para facilitar a migração. Quando adicionado como dependência de um projeto legado, o mesmo analisa o ambiente da aplicação, exibe os diagnósticos na inicialização e temporariamente migra as propriedades para a nova configuração.

Uma das principais inovações que o Spring Boot introduziu ao Java foi a incorporação de um servlet container dentro do JAR executável em que um aplicativo foi empacotado. O Spring Boot oferece o Tomcat, Undertow e o Jetty como opções nessa área. Com o advento do HTTP/2, versões anteriores do Spring Boot já haviam adicionado suporte ao protocolo para o Tomcat e Undertow. Com o RC1, o Jetty agora suporta o HTTP/2, com suporte TLS nativo fornecido através da biblioteca do Google Conscrypt. Isso é significante, como servidor padrão do Spring Boot, o Tomcat 8.5.x somente suporta o HTTP/2 se a biblioteca libtcnative e suas dependências estiverem instaladas no sistema operacional hospedeiro.

Para a observabilidade, a integração Micrometer foi aprimorada. Métricas do RabbitMQ, threads JVM e Garbage Collection (GC) agora são automaticamente instrumentadas, e controllers assíncronos agora também são instrumentados. Um servidor InfluxDB também pode ser monitorado através do health endpoint.

Na perspectiva dos dados, agora também é possível customizar as propriedades do Hibernate de uma maneira mais refinada. Uma RedisCacheConfiguration pode ser exposta para controlar o RedisCacheManager, e a configuração do Flyway e do Liquibase estão mais flexíveis. O suporte ao GSON foi significativamente melhorada, graças à contribuição da comunidade.

Os banners do Spring Boot tem se tornado muito populares (os gráficos ASCII que são exibidos no stdout na inicialização) uma vez que permitem às equipes de desenvolvimento estampar a própria logomarca na aplicação. O Spring Boot 2 não desaponta neste ponto, agora GIFs animados são suportados, como demonstra a live demo na SpringOne Platform 2017.

Detalhes de outras funcionalidades da versão estão disponível nas notas da versão. O calendário de lançamento completo pode ser visto aqui.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Faça seu login para melhorar sua experiência com o InfoQ e ter acesso a funcionalidades exclusivas


Esqueci minha senha

Follow

Siga seus tópicos e editores favoritos

Acompanhe e seja notificados sobre as mais importantes novidades do mundo do desenvolvimento de software.

Like

Mais interação, mais personalização

Crie seu próprio feed de novidades escolhendo os tópicos e pessoas que você gostaria de acompanhar.

Notifications

Fique por dentro das novidades!

Configure as notificações e acompanhe as novidades relacionada a tópicos, conteúdos e pessoas de seu interesse

BT