BT

Disseminando conhecimento e inovação em desenvolvimento de software corporativo.

Contribuir

Tópicos

Escolha a região

Início Notícias Microsoft anuncia versão preview da Agregação de MongoDB ao Azure Cosmos DB

Microsoft anuncia versão preview da Agregação de MongoDB ao Azure Cosmos DB

This item in japanese

Favoritos

A Microsoft anunciou em novembro mais capacidades de suporte ao MongoDB no Azure Cosmos DB no lançamento da última versão. Com isso, a empresa incluiu um preview da agregação MongoDB, permitindo a criação de consultas mais sofisticadas e a manipulação de dados combinando múltiplos "estágios" de agregação.

O Azure Cosmos DB é um serviço de banco de dados de distribuição global multi-modelo e multi-API. O suporte multi-modelo inclui suporte ao Graph, a família de colunas, a chave-valor, e a documentos. O suporte a múltiplos tipos de APIs possibilita acessos, incluindo a API do MongoDB, o quê significa comunicação nativa com o Cosmos DB. Além disso, diversos recursos nativos ao MongoDB foram construídos no MongoDB API para o Cosmos DB.

O Mongo desenvolveu o fluxo de agregação (aggregation pipeline), uma alternativa ao map-reduce, por ser mais leve e mais próximo de uma programação natural. Esse é um dos recursos que a Microsoft traz ao Cosmos DB para clientes migrarem do MongoDB nativo. A equipe de engenharia do Cosmos DB também construiu funcionalidades nativas do MongoDB que os clientes demandam diretamente no Cosmos DB. O Azure Cosmos DB ainda não dá suporte total a todas as funcionalidades nativas do MongoDB, apesar de estar focado nisso. No episódio What's New in Azure Cosmos DB's API for MongoDB do Channel 9 Azure Friday, Emily Lawton da equipe do Cosmos DB explicou a Scott Hanselman:

Trabalhamos em algumas funcionalidades novas nos últimos meses, o que possibilitará aos clientes de Mongo migrarem muito mais aplicações complexas e poderosas ao Cosmos. Nessas atualizações estamos muito mais confiantes em dizer que damos suporte aos recursos mais requisitados do Mongo e estamos totalmente comprometidos em assegurar a qualquer desenvolvedor de Mongo que estamos aqui para ajudá-los com as ferramentas e recursos adequados para utilizar o Cosmos.

Com um MongoDB aggregation pipeline, mais dados processados acabam no lado servidor antes dos resultados chegarem ao cliente. O benefício significativo desse recurso são menos dados transferidos pela rede, e os clientes podem receber dados em tamanhos mais gerenciáveis. Um aggregation pipeline típico pode encontrar registros em uma instância do MongoDB, executar combinações e agrupar com expressões e contadores em uma única query.


Fonte da Imagem: https://azure.microsoft.com/en-us/blog/azure-cosmosdb-extends-support-for-mongodb-aggregation-pipeline-unique-indexes-and-more/

A aggregation pipeline é construída usando um comando agregado: aggregate, count ou distinct, seguido de um ou mais estágios de agregação, na qual expressões, acumuladores e operadores podem ser usados. Para mais detalhes, consulte a documentação da Microsoft.

Os drivers open source para MongoDB permitem aos desenvolvedores comunicarem com o MongoDb API dentro do Cosmos DB. O suporte à aggregation pipeline está em versão preview e pode ser habilitado no portal do Azure, na página de Preview Features de qualquer conta MongoDB API.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

BT