BT

Início Notícias Microsoft vai adquirir o GitHub por US $ 7,5 bilhões

Microsoft vai adquirir o GitHub por US $ 7,5 bilhões

Favoritos

A Microsoft anunciou um acordo para adquirir o GitHub - a plataforma de desenvolvimento de software e serviço de hospedagem na web para controle de versão usando o Git. O acordo deve ser fechado no final do ano, e ambas as partes afirmaram que o GitHub continuará sendo uma plataforma aberta que está comprometida em oferecer suporte a desenvolvedores usando quaisquer ferramentas e implementando em qualquer plataforma.

Satya Nadella, CEO da Microsoft, escreveu sobre a aquisição no blog oficial da Microsoft, afirmando que "os desenvolvedores são os construtores dessa era [da tecnologia digital], escrevendo o código do mundo. E o GitHub é a casa deles". Mais de 28 milhões de desenvolvedores já colaboram no GitHub, e a plataforma abriga mais de 85 milhões de repositórios de código usados por pessoas em todo o mundo. Muitos projetos de código aberto hospedam seu código no GitHub e também usam a plataforma para planejar roadmaps, rastrear issues (tickets), e colaborar por meio de acompanhamento dos tickets e discussões orientadas a código.

Nadella deixa claro que "o GitHub continuará sendo uma plataforma aberta, na qual qualquer desenvolvedor pode se conectar e ampliar", e discute a ideia de que os desenvolvedores continuarão a usar as linguagens de programação, ferramentas, e sistemas operacionais de sua escolha para seus projetos, e ainda serão capazes de implantar seu código em "qualquer nuvem e qualquer dispositivo".

Estamos empenhados em sermos os administradores da comunidade GitHub, que manterá sua visão: o desenvolvedor em primeiro lugar, operará de forma independente, e continuará sendo uma plataforma aberta.

O CEO e co-fundador do GitHub, Chris Wanstrath, também publicou o post "Um futuro brilhante para o GitHub" no Blog do GitHub, e também afirma que a Microsoft e o GitHub compartilham uma visão comum, e que o trabalho da Microsoft em open source inspirou a equipe do GitHub. A Microsoft é um committer (aquele que faz commits) de alto perfil para projetos open source e hospedados no GitHub. Na QCon de Londres no ano passado, Sam Guckenheimer, product owner na Visual Studio Team Services, contou a história de como a Microsoft migrou as bases de código do Windows do Source Depot para o git, e no processo de superar desafios inerentes ao tamanho do repositório e arquivos criados por eles, como lançaram o GitFS Virtual File System (GVFS).

Nadella também ecoa a importância da colaboração em toda a indústria de software em seu post:

"[...] o verdadeiro poder vem quando cada desenvolvedor pode criar juntos, colaborar, compartilhar código, e construir com o trabalho uns dos outros. Em todas as esferas da vida, vemos o poder das comunidades, e isso é válido para desenvolvedores e para o desenvolvimento de software "

Já houve muita discussão sobre a aquisição no Twitter e no Reddit, com a opinião de especialistas do setor aparentemente divididos sobre o acordo. David Heinemeier Hansson, criador do framework Ruby on Rails, juntou-se ao coro dos que estavam desolados sobre o negócio, e twittou que isso seria um "triste fim para a independência do GitHub". Outros foram mais positivos, como Sam Newman, autor de "Building Microservices", que sugeriu que muitas pessoas podem não estar "familiarizadas com a Microsoft de hoje", e afirmou que "existem poucas outras grandes empresas [a seu ver] que concentram seus esforços consistentemente em facilitar a vida dos desenvolvedores".

A aquisição está programada para ser fechada no final do ano e, uma vez concluída, o GitHub será liderado pelo CEO Nat Friedman, um veterano de open source e fundador da Xamarin, multi-plataforma de desenvolvimento de tecnologia móvel, que continuará a se reportar a Scott Guthrie, Vice-presidente da Microsoft Cloud + AI Group. O CEO e cofundador do GitHub, Chris Wanstrath, se tornará colaborador técnico da Microsoft, também subordinado ao Guthrie.

Mais detalhes sobre a aquisição podem ser encontrados em uma apresentação pública disponível no site da Microsoft.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

BT

Seu cadastro no InfoQ está atualizado? Poderia rever suas informações?

Nota: se você alterar seu email, receberá uma mensagem de confirmação

Nome da empresa:
Cargo/papel na empresa:
Tamanho da empresa:
País:
Estado:
Você vai receber um email para validação do novo endereço. Esta janela pop-up fechará em instantes.