BT

Kotlin e Swift sobem rapidamente no ranking da Redmonk

| por Tim Hodkinson Seguir 11 Seguidores , traduzido por Bruno César Angst Seguir 0 Seguidores em 03 jul 2018. Tempo estimado de leitura: 3 minutos |

A posição da linguagem Swift é digna de nota, particularmente quando analisada ao longo do tempo. O Swift subiu do 18º lugar no ranking desde o seu lançamento em 2015 até o seu status atual como igual ao objective-C, talvez uma indicação do balanço do desenvolvimento na plataforma da Apple. "... é difícil ver essa corrida como algo além de uma troca de guarda", sugere Stephen O'Grady.

... O suporte da Apple para o Objective C e as consequentes oportunidades que ele criou, por meio da plataforma iOS, mantiveram a linguagem em um papel de alto perfil. Mesmo que a Swift tenha crescido a um ritmo incrível, a história do Objective C manteve-a na frente de sua substituição. Eventualmente, no entanto, as trajetórias tiveram que se cruzar, e a corrida deste trimestre é a primeira ocasião em que isso aconteceu. Em um mundo no qual é incrivelmente difícil entrar no Top 25 do ranking de linguagens, sem falar no Top 10, Swift administrou a tarefa em menos de quatro anos. Continua sendo um fenômeno de crescimento, mesmo que sua capacidade de penetrar no lado do servidor não tenha atendido às expectativas.

A metodologia utilizada para obter os rankings foi combinar a quantidade de código que está sendo escrita nas linguagens, com a quantidade de discussão sobre elas durante o período dos três meses anterior. Os dados são obtidos contando o número de solicitações de pull no Github (baseado na linguagem do repositório base) e o número de tags no Stack Overflow mencionando a linguagem.

A Redmonk não alega que esses rankings são amplamente representativos do uso geral. Eles os lançam mais como um exame da correlação, entre duas populações que acreditam ser preditora do uso atual e futuro.

Redmonk também publicou uma visão dos dados ao longo do período de tempo a partir do final de 2012, mostrando algumas tendências interessantes. Talvez o mais impressionante seja a pouca mudança que houve, tanto no conteúdo quanto na classificação das dez principais linguagens, sendo o único novo participante nos últimos seis anos o Swift.

Além de um leve declínio do Ruby de quinto para o oitavo lugar, as outras dez linguagens permaneceram na maioria das vezes nas mesmas posições.

Tal como acontece com o índice TIOBE que reportamos no ano passado, está fora dos dez primeiros que alguns dos dados interessantes residem. Semelhante a Swift, Kotlin viu um rápido aumento na popularidade. A linguagem passou de 65º para 46º no 3º trimestre de 2017 e agora é o 27º no ranking mais recente, levando Stephen O'Grady do Redmonk a descrevê-lo como "uma das linguagens que mais crescem no mundo atualmente". Falando no podcast da InfoQ no final de 2017, o nosso editor-chefe americano, Charles Humble, sugeriu que:

Kotlin foi "abençoado" como uma linguagem oficialmente suportada pelo Android no google.io e acho que isso realmente ajudou a linguagem a ter um pouco de força. O fato de que parece bastante semelhante ao Swift provavelmente não faz mal algum; Se estiver desenvolvendo com o Swift para iOS e, em seguida, em Kotlin para Android, as duas linguagens possuem sentindo muito semelhante e não causam nenhuma preocupação.

O designer da Kotlin Lead Language, Andrey Breslav, expressou sentimentos semelhantes quando o entrevistamos logo após o anúncio do Google.

A Rust continuou a subir de forma constante, alcançando 23º posição nestes rankings, e Scala continuou a declinar. Sobre a linguagem "Scala", O'Grady afirma:

Não está claro quais são os fatores causais aqui, e é importante notar que um ranking #14 ainda é extremamente alto. Dito isto, será interessante ver quanto do oxigênio disponível para o Scala é consumido por Kotlin, já que este último continua subindo nos rankings.

Finalmente, Perl viu um rápido declínio nos últimos anos, passando de 12º para o 18º lugar. O TypeScript subiu três lugares no último trimestre, talvez impulsionado pelo Angular. No mesmo período, a Scala caiu dois lugares, continuando a tendência dos últimos três trimestres. O'Grady vê isso como indicativo do que o futuro reserva para a linguagem.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Faça seu login para melhorar sua experiência com o InfoQ e ter acesso a funcionalidades exclusivas


Esqueci minha senha

Follow

Siga seus tópicos e editores favoritos

Acompanhe e seja notificados sobre as mais importantes novidades do mundo do desenvolvimento de software.

Like

Mais interação, mais personalização

Crie seu próprio feed de novidades escolhendo os tópicos e pessoas que você gostaria de acompanhar.

Notifications

Fique por dentro das novidades!

Configure as notificações e acompanhe as novidades relacionada a tópicos, conteúdos e pessoas de seu interesse

BT