BT

Início Notícias DigitalOcean lança serviço gerenciado de Kubernetes

DigitalOcean lança serviço gerenciado de Kubernetes

Favoritos

O provedor de nuvem DigitalOcean liberou recentemente o acesso à sua nova proposta, Kubernetes-as-a-Service. Este serviço totalmente gerenciado está agora disponível em todas as regiões da DigitalOcean.

Em maio de 2018, a DigitalOcean anunciou um preview do seu serviço Kubernetes e teve mais de 30.000 desenvolvedores experimentando. Em um post de Dezembro de 2018, a DigitalOcean anunciou que o DigitalOcean Kubernetes estava disponível para todos. Este serviço permite que os desenvolvedores forneçam clusters do Kubernetes v1.12.3 de vários tamanhos sobre máquinas virtuais ou Droplets. Esse serviço gerencia o plano de controle do Kubernetes (nós mestres e workers) em nome do desenvolvedor, sem custo adicional. Os usuários pagam pelas Droplets subjacentes, qualquer volume de Armazenamento de Blocos anexado e qualquer Balanceador de Carga. Embora os desenvolvedores forneçam e configurem esses ambientes por meio do painel ou da API do DigitalOcean, o DigitalOcean expõe pontos de extremidade padrão do Kubernetes para interagir com os próprios clusters.

A documentação do produto não foi atualizada para este lançamento, mas ainda revela detalhes importantes sobre o serviço. Enquanto os nós de trabalho Kubernetes são executados em cima de droplets padrão da DigitalOcean, o acesso SSH é desabilitado nesses servidores gerenciados. Qualquer gerenciamento no nó de worker ocorre por meio da ferramenta Kubernetes CLI, kubectl. Usando a API DigitalOcean, os desenvolvedores podem adicionar ou remover nós de trabalho a qualquer momento. Os nós principais são totalmente gerenciados pela DigitalOcean e inacessíveis aos usuários, a ponto de nem aparecer na lista de droplets implantadas. Para redes em cluster, o DigitalOcean Kubernetes usa o Flannel como a tecnologia padrão, e isso não pode ser alterado. Hoje, os clusters não abrangem regiões e são específicos em determinada região. Os usuários também devem estar cientes de que o serviço ainda não suporta escalonamento automático de clusters ou atualizações de versão, e os arquivos de log não são rotacionados ou aparados.

A DigitalOcean se junta a um mercado lotado de provedores gerenciados do Kubernetes. O Google oferece a plataforma GKE madura com ambientes totalmente gerenciados, atualizáveis e escalonáveis que podem abranger diversas regiões. O AKS da Microsoft também oferece ambientes Kubernetes totalmente gerenciados. O Amazon EKS oferece implementações de zonas de disponibilidade múltipla e nós mestres gerenciados. Os desenvolvedores também podem escolher ofertas de produtos como IBM, Oracle e Cisco.

Como a DigitalOcean se diferencia? A Stack diz que está comercializando "com os mesmos pontos de venda que tornaram seus serviços em nuvem tão populares: velocidade, simplicidade e sofisticadas IUs". A multidão no Hacker News reforçou isso. Um comentarista elogiou a DigitalOcean por sua simples embalagem de serviços complexos, e outros teceram elogios pela simplicidade e pelo custo previsível.

Este serviço tem espaço para crescer, conforme descrito no post do blog anunciando o serviço.

O anúncio de hoje é uma continuação desta jornada. Temos muito mais recursos para o DigitalOcean Kubernetes e estamos trabalhando arduamente para trazer um registro de imagem de contêiner privado e integrado, métricas de cluster Kubernetes, novas regiões globais, integração RBAC com equipes, suporte a diretivas de rede, autoescalonamento e automações. Upgrades de versão do Kubernetes. Fique ligado para mais novidades nas próximas semanas e meses!

No tópico citado da Hacker News, a equipe da DigitalOcean forneceu dicas adicionais sobre seus futuros serviços e recursos. O chefe de relações com desenvolvedores, Eddie Zaneski, mencionou que o nível de hierarquia de nós do Kubernetes está no roteiro. O VP de produto, Shiven Ramji, compartilhou que a DigitalOcean também está procurando serviços de dados gerenciados como o PostgreSQL, MySQL, Redis e Apache Kafka.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

BT

Seu cadastro no InfoQ está atualizado? Poderia rever suas informações?

Nota: se você alterar seu email, receberá uma mensagem de confirmação

Nome da empresa:
Cargo/papel na empresa:
Tamanho da empresa:
País:
Estado:
Você vai receber um email para validação do novo endereço. Esta janela pop-up fechará em instantes.