BT

Início Notícias Windows Virtual Desktop no Azure: Q&A com Scott Manchester da Microsoft

Windows Virtual Desktop no Azure: Q&A com Scott Manchester da Microsoft

Favoritos

O Windows Virtual Desktop (WVD) entrou na versão public preview no Azure. É um serviço do Azure que permite que o desktop e os aplicativos do Windows sejam implantados e dimensionados com facilidade. A maioria dos componentes necessários para conseguir isso é gerenciada na nuvem.

Conforme explicado na visão geral, os usuários e administradores podem criar um ambiente de virtualização da área de trabalho completo em suas respectivas assinaturas do Azure, sem ter que criar servidores adicionais.

Como primeira etapa, concede as permissões necessárias para consultar o Active Directory do Azure (AAD) para tarefas administrativas e de usuário final por meio da página de consentimento do Windows Virtual Desktop. Posteriormente, usando a loja do Azure, crie pools de host, que são coleções de máquinas virtuais idênticas hospedadas nos respectivos ambientes exclusivos dos usuários. Em seguida,vcrie grupos de aplicativos usando o módulo do Windows Virtual Desktop PowerShell. A etapa final é criar atribuições de função.

Os aplicativos e áreas de trabalho remotos estão agora disponíveis remotamente por meio do cliente Web do Windows Virtual Desktop e de outros clientes.

A maioria das tarefas relacionadas à infraestrutura é gerenciada pela Microsoft na nuvem e alguns desses aspectos, como o balanceamento de carga, podem ser configurados por meio dos comandos do PowerShell.

O diagrama de arquitetura básica é o seguinte:

WVD Architecture

O InfoQ conversou com Scott Manchester, gerente de programa de grupo da Microsoft para o Windows Virtual Desktop, sobre o preview do Azure.

InfoQ: Os desenvolvedores que criaram ambientes Windows na nuvem estão familiarizados com os Serviços de Área de Trabalho Remota (RDS) para se conectarem à VM. Usando isso como ponto de partida, pode explicar alguns dos desafios para gerenciar isso em escala?

Scott Manchester: O WVD simplifica muito a carga de gerenciamento de uma implantação de virtualização. Toda a infraestrutura é gerenciada pela Microsoft e fornecemos as ferramentas para permitir que um administrador de TI implante e gerencie facilmente aplicativos remotos e desktops.

InfoQ: E sobre outras tecnologias neste espaço, como o RemoteApp (por exemplo) que moldou a arquitetura do WVD?

Manchester: Nossos clientes geralmente têm ambientes mistos, implantando aplicativos e desktops. Com o Windows Virtual Desktops, estamos fornecendo uma abordagem unificada para fazer as duas coisas na nuvem. Para nossos clientes On-Premises que usam o RemoteApp como parte das implantações do RDS, isso fornece um caminho de migração otimizado para a nuvem.

Na nuvem, nossa oferta anterior, chamada Azure Remote App (ARA), oferecia apenas aplicativos e obscurecia as VMs reais do cliente. O WVD é uma abordagem totalmente nova que preenche a maioria das lacunas tecnológicas do ARA e traz uma experiência totalmente nova com um SO multi-sessão do Windows Client.

InfoQ: Como o uso de aplicativos do Office 365 está otimizado (se houver) no WVD? Pode falar sobre a aquisição do FSLogix e seu papel como parte da arquitetura e preview do WVD?

Manchester: O FSLogix fornece a maioria dos aprimoramentos da experiência do Office com o WVD, permitindo que os dados de usuários e aplicativos sejam montados dinamicamente quando um usuário efetua login em uma VM não persistente. A equipe do Office também fez vários aprimoramentos para fornecer uma melhor experiência com ambientes virtualizados (instalação por usuário do OneDrive, otimizações no processo de uso do Outlook, os calendários são preenchidos depois com base no email e o tempo de cache pode ser ajustados).

InfoQ: A maioria dos desenvolvedores e arquitetos evitam discutir licenciamento e custos. Pode comentar rapidamente sobre o que pode como começar e os custos?

Manchester: Veja os documentos que publicamos sobre isso - o WVD é a solução mais econômica, pois o gerenciamento é fornecido por meio de vários direitos e com o novo Windows 10, multi-usuário, nenhuma Licença de Acesso para Cliente de Sessão de Área de Trabalho Remota (RDS-CAL) é requerida.

InfoQ: Atualmente, imprimir em impressoras locais e o Multi-Factor Authentication (MFA), que é um requisito essencial, é um incômodo. Qual é o plano para aliviar isso?

Manchester: Não introduzimos nenhum novo recurso de impressão, mas fizemos uma parceria com o ThinPrint para fornecer recursos de impressão estendidos com o WVD. O WVD Auth é baseado no AAD para que todas as políticas do AAD possam ser aplicadas, como MFA e CA.

InfoQ: O anúncio de alguma forma diz respeito aos usuários ou administradores do Linux? Isso é somente para o Windows por enquanto? Em caso afirmativo, pode comentar se os desktops e servidores Linux farão parte do roteiro?

Manchester: Estamos desenvolvendo um cliente Linux, mas nenhum anúncio sobre o suporte ao host Linux.

InfoQ: Atualmente este serviço está disponível apenas no Azure. Quaisquer planos para disponibilizá-lo em outros ambientes, como o cliente on-premises? Pode comentar sobre o roteiro de curto e longo prazo, incluindo o ecossistema de terceiros?

Manchester: Nada para se anunciar sobre suporte nativo do WVD para híbrido. Nossa parceria com a Citrix permite que os clientes aproveitem o Citrix Cloud para implantar e gerenciar recursos locais e do Azure.

Em resumo, o WVD, às vezes chamado de Desktop as a Service (DaaS), alivia principalmente a responsabilidade de dimensionar e gerenciar áreas de trabalho do Windows.

Informações mais detalhadas sobre o WVD, incluindo a ativação do AAD, estão disponíveis nos documentos. Um vídeo do anúncio aborda alguns detalhes técnicos. Os detalhes de preços e licenciamento estão disponíveis na página de preços e licenciamento. Por fim, o WVD pode ser um serviço a ser usado para continuar a transição do Windows 7, pois oferece atualizações de segurança estendida gratuitas por um período prolongado.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

BT

Seu cadastro no InfoQ está atualizado? Poderia rever suas informações?

Nota: se você alterar seu email, receberá uma mensagem de confirmação

Nome da empresa:
Cargo/papel na empresa:
Tamanho da empresa:
País:
Estado:
Você vai receber um email para validação do novo endereço. Esta janela pop-up fechará em instantes.