BT

Início Notícias Ficar Sentado pode ser mortal: Introduzindo mais movimento em nossos dias de trabalho

Ficar Sentado pode ser mortal: Introduzindo mais movimento em nossos dias de trabalho

Favoritos

Ficar sentado por longos períodos causa não apenas problemas físicos mas também afeta nossas mentes. O primeiro passo para introduzir um pouco mais de movimento em nossa jornada de trabalho é organizar uma estação de trabalho sit-stand, afirmou Marek Stój em sua palestra "Sitting Considered Deadly" no Codemotion Amsterdam 2019. Ele sugeriu alternar entre ficar sentado e de pé e tentar várias posições em que se ficar sentado ou em pé.

Muitos dos chamados casos de doenças da civilização atual tem seu motivo principal como sendo o sedentarismo, disse Stój, incluindo as doenças cardiovasculares, a obesidade, o diabetes tipo 2 e até o câncer de cólon.

Stój também comentou que há uma série de problemas referentes à geometria do nosso corpo. Nós, como seres humanos, somos ótimos no que diz respeito a adaptação a um ambiente ou ainda um modo de vida.Entretanto nem toda adaptação é benéfica ou mesmo saudável. Falta de atividade muscular central, encurtamento do músculo iliopsoas, tensão ao redor dos ombros e pescoço - tudo isso leva à biomecânica problemática durante atividades não sentadas, como uma simples caminhada, que por sua vez pode causar dor e lesões.

Stój mencionou que um período sentado muito prolongado também afeta negativamente nossos cérebros - podendo nos deixar ansiosos, com raiva, deprimidos, além de elevar os níveis de cortisol nos deixando estressados.

Precisamos introduzir um pouco mais de movimento durante o nosso expediente de trabalho para evitar problemas de saúde, disse Stój. Obviamente, isso é muito mais fácil falar do que fazer, mas um primeiro passo muito bom em direção a esse objetivo é organizar uma estação de trabalho sit-stand. A ideia não é apenas substituir a pessoa sentada em silêncio; Devemos alternar entre os dois estados, de pé e sentados, além do fato de que há muitas maneiras em que se pode sentar ou ficar de pé, disse ele.

Quando estamos de pé, percebemos rapidamente que isso é uma espécie de porta de entrada para o movimento. Iremos nos mexer mais, o que é um bom começo, porém precisamos acrescentar a essa receita alguns alongamentos, agachamentos, torcidas e outros movimentos ocasionais, disse Stój, que são mais fáceis de se fazer quando já estamos em pé. Sua dica bônus é auto-massagear seus pés com aquelas bolinhas de fisioterapia.

Stój mencionou o standitup.org, uma iniciativa sem fins lucrativos que ajuda a disseminar o conhecimento sobre os perigos do sedentarismo entre nossos colegas geeks de TI. Os três principais objetivos que visa alcançar são:

  1. Informar, educar, inspirar.
  2. Catalisar a mudança cultural necessária para a adoção generalizada de novas formas de trabalho.
  3. Unir a indústria e fornecer uma plataforma para trocar experiências e ideias relacionadas a levar mais atividade física aos nossos locais de trabalho.

O site standitup.org sempre foi considerado apenas o primeiro passo na direção certa, fazer com que as pessoas comecem a se movimentar mais, disse Stój. Agora ele faz parte de uma iniciativa maior, chamada wakeitup.io. Stój convida a todos para entrar no site e se envolver com a mudança que precisamos fazer em nosso mundo.

O InfoQ conversou com Marek Stój após sua palestra no Codemotion Amsterdam 2019 sobre como levar uma vida mais saudável e como os funcionários podem convencer seus gerentes.

InfoQ: Como podemos mudar nosso comportamento para viver uma vida mais saudável?

Marek Stój: Essa pergunta é difícil, porém estou feliz que tenha perguntado. Não lhe darei dicas específicas, ao contrário, sugiro que trabalhe em algo fundamental que provavelmente levará a responder a essa pergunta de maneiras que serão mais relevantes para você: a autoconsciência.

A maior parte das pessoas vive a vida no piloto automático, sem diminuir a velocidade por um momento, para realmente pensar e refletir sobre as coisas. Sei disso porque fiz exatamente isso durante a maior parte da minha vida.

Há muitos caminhos que podemos seguir para nos tornar mais autoconsciente, mas acho que a palavra-chave pode ser, "meditação". Não importa se são práticas formais de meditação, como o mindfulness, ou informais, como fazer longas caminhadas, contemplar a natureza ou a devoção religiosa. Mesmo em pequenas doses, desde que seja habitual, pode trazer-lhe muita percepção sobre si mesmo.

Um dos caminhos mais fáceis para a sua mente é através do seu corpo. É por isso que não posso recomendar práticas como o Yoga, o Tai-Chi ou o Qigong, ou ainda atividades físicas que impulsionam o ego, como competições ou esportes, mas como uma forma de meditação em movimento. Isso é muito importante e algo que percebi somente após um ano praticando Yoga.

Resumidamente, abra sua mente e suspenda sua descrença em alguma espiritualidade e logo verá como respostas a essas perguntas que estou tentando responder são naturais porque começará a ouvir as necessidades de seu corpo, mente e coração. Mas já deixo avisado que isso pode mudar drasticamente sua visão do mundo e da própria vida. Em outras palavras, você pode inadvertidamente escapar da Matrix.

InfoQ: Qual é a sua sugestão para funcionários que desejam convencer seus gerentes ou líderes de empresa?

Stój: Eu sugeriria uma abordagem bottom-up.

Passo 1. Acredite em você mesmo, eduque-se e se informe para que esteja verdadeiramente motivado.

Etapa 2. Dê o exemplo, seja proativo, encontre soluções alternativas, use aquelas soluções de faça você mesmo se seu ambiente de trabalho permitir. Seja ousado e não deixe que seus colegas o desencoraje, porque você sabe que o que está fazendo está certo (veja o Passo 1).

Passo 3. As pessoas ao seu redor eventualmente se tornarão curiosas e deixarão de olhar para você de maneira engraçada. Ajude-os, espalhe o conhecimento, obtenha seu apoio.

Passo 4. Como isso não é sobre você, mas sim sobre todos da empresa, traga a novidade para seus gerentes, líderes - eles também têm que ver e acreditar, porque eles também são funcionários da empresa. Então poderá apontá-los para vários artigos, estudos e vídeos para convencê-los de que vale a pena analisando pela perspectiva puramente econômica.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

BT

Seu cadastro no InfoQ está atualizado? Poderia rever suas informações?

Nota: se você alterar seu email, receberá uma mensagem de confirmação

Nome da empresa:
Cargo/papel na empresa:
Tamanho da empresa:
País:
Estado:
Você vai receber um email para validação do novo endereço. Esta janela pop-up fechará em instantes.