BT

Início Notícias Ética e profissionalismo tecnológico

Ética e profissionalismo tecnológico

Favoritos

Anne Currie, estrategista da Container Solutions e co-fundadora da campanha Sustainable Servers, está dando uma palestra intitulada "Are Tech Ethics Unprofessional?" na próxima conferência Aginext.io. A conferência da Aginext aconteceu em Londres, de 21 a 22 de março, e falou do futuro das transformações ágeis, enxutas, CI/CD e DevOps.

Currie falou com o InfoQ sobre sua palestra.

InfoQ: Por que a ética tecnológica se tornou um tema tão comentado ultimamente?

Anne Currie: Nós começamos a perceber que a tecnologia não pode mais ser sobre coisas, não sobre pessoas. Nós nos tornamos grandes e poderosos demais para não considerar nosso impacto na sociedade e no planeta. Nós não somos mais artesãos.

InfoQ: O que mudou nas atitudes da comunidade de tecnologia nos últimos dois anos?

Currie: Percebemos que temos a responsabilidade e o poder de questionar. Mesmo um ano atrás, os desenvolvedores estavam me dizendo que estavam questionando se o que eles foram instruídos a fazer não era profissional. Desde então, percebemos que é exatamente o contrário. Muitos erros éticos são simplesmente inadvertidos. Se não mencionamos problemas quando os vemos, não estamos fazendo um trabalho responsável. Afinal, somos os especialistas.

InfoQ: Por favor, dê-nos alguns exemplos de onde o comportamento ético fez a diferença e onde as coisas decaíram.

Currie: A Google é o maior comprador não-governamental de energia renovável do planeta. Eles têm os planos mais ambiciosos de qualquer empresa de tecnologia para parar de prejudicar o clima. Este é um ótimo exemplo de fazer a coisa certa, em escala, de forma eficaz.

Para as coisas que estão em baixa: bitcoin e sua atitude completamente despreocupada com a poluição. Facebook e sua atitude despreocupada com seu próprio poder sobre seus usuários.

InfoQ: Quais são as maneiras pelas quais o comportamento ético pode ser incentivado e promovido?

Currie: Cada vez mais terceirizamos para plataformas e frameworks. Por exemplo, terceirizamos a hospedagem para os provedores de nuvem (juntamente com os impactos climáticos) terceirizamos as complexidades do desenvolvimento da Web para um framework JS como React ou Angular (juntamente com acessibilidade e segurança). Precisamos exigir um comportamento ético apropriado dessas plataformas (por exemplo, segurança, acessibilidade e hospedagem renovável). O futuro é abstração, por isso não precisamos abstrair quaisquer sentimentos de responsabilidade pessoal.

InfoQ: Como nós, como comunidade técnica, podemos falar em segurança, especialmente em situações em que isso poderia ter impacto no emprego de alguém (ou pior)?

Currie: Aqueles de nós que são seguros ou corajosos o suficiente para falar (e lembre-se, ninguém vai morrer aqui) precisam se acostumar a falar constantemente sobre suas exigências éticas. Estamos felizes em falar sobre nossas demandas de diversidade. E quanto a sustentabilidade e acessibilidade?

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

BT

Seu cadastro no InfoQ está atualizado? Poderia rever suas informações?

Nota: se você alterar seu email, receberá uma mensagem de confirmação

Nome da empresa:
Cargo/papel na empresa:
Tamanho da empresa:
País:
Estado:
Você vai receber um email para validação do novo endereço. Esta janela pop-up fechará em instantes.