BT

Início Notícias Pulumi Crosswalk: Infraestrutura como Código para AWS

Pulumi Crosswalk: Infraestrutura como Código para AWS

Favoritos

O Pulumi Crosswalk, foi lançado em 11 de junho de 2019, como uma biblioteca open source de componentes para suporte à infraestrutura como código da AWS. O Crosswalk visa melhorar a experiência do desenvolvedor ao criar aplicativos na AWS, permitindo que os desenvolvedores declarem recursos da AWS com linguagens de programação comuns, como o JavaScript. O SaaS da Pulumi trabalha com SDKs de linguagens específicas para permitir um fluxo de trabalho consistente para o provisionamento de recursos da AWS, como containers, funções serverless e outras infraestruturas de nuvem.

O Pulumi fornece uma plataforma de desenvolvimento nativa na nuvem para criar, implantar e gerenciar a infraestrutura. Ao contrário de ferramentas como CloudFormation ou Terraform, que dependem de arquivos de configuração baseados em YAML, o Pulumi permite que os desenvolvedores usem linguagens de programação existentes para criar e interagir com a infraestrutura da aplicação. Atualmente, o Pulumi oferece suporte a SDKs para JavaScript, Python, TypeScript e Go, além de funcionar em várias aplicações na nuvem, como o Amazon AWS, o Google GCP e o Microsoft Azure.

O Crosswalk oferece uma abordagem completa para a construção na plataforma da AWS com os SDKs do Pulumi e abstrações reutilizáveis. Especificamente para a AWS, o Crosswalk foi projetado para tornar práticas recomendadas acessíveis, como trabalhar com VPCs e facilitar o uso de aplicativos da AWS, além de fornecer uma interface alinhada para interação entre recursos da AWS, os componentes centrais são serverless baseados em containers e com entrega contínua. O Crosswalk é construído sobre as primitivas da AWS, para que os usuários possam implementar qualquer um dos serviços oferecidos pela empresa.

Pulumi Crosswalk for AWS

Pulumi Crosswalk para AWS, retirado do blog Pulumi

O design e os benefícios potenciais do Crosswalk podem ser destacados com um exemplo de aplicação serverless que usa o API Gateway para acesso e o Lambda para execução. O exemplo de código a seguir é baseado em um exemplo de Slackbot do repositório de projetos Pulumi.

import * as awsx from "@pulumi/awsx";


// Create an API endpoint that slack will use to push events to us with.
const endpoint = new awsx.apigateway.API("mentionbot", {
    routes: [{
        path: "/events",
        method: "POST",
        eventHandler: async (event) => {
            // process the different types of messages.
            return { statusCode: 200, body: "" };
        },
    }],
});

A aplicação configura um nó de endpoint criando uma nova rota do Gateway de API para a qual o Slack enviará uma mensagem, que aciona uma função do Lambda para processar a mensagem. A biblioteca "awsx" do Crosswalk é usada para definir uma rota de gateway de API e um Lambda é criado com a função JavaScript de manipulador de eventos na qual foi fornecida. Essa função pode acessar os outros recursos criados na aplicação, como a rota do Gateway de API, que elimina a necessidade de passar ARNs ou IDs de recurso ao Lambda.

A aplicação completa do Slackbot é abordada no blog do Pulumi e inclui exemplos para a configuração de recursos adicionais da AWS, como o DynamoDB e o SNS. O exemplo também ilustra como quando os recursos mudam, como por exemplo, alternando do DynamoDB para o RDS. O Pulumi garantirá que os recursos existentes, como a função Lambda, sejam atualizados com o acesso apropriado. Além disso, o Slackbot inclui como monitorar recursos com o CloudWatch e cria painéis para observabilidade.

O Pulumi planeja estender a abordagem Crosswalk para outros provedores de nuvem. O Pulumi Crosswalk para AWS é atualmente suportado em JavaScript e TypeScript além de suporte para outras linguagens, como o Python, estão no roadmap. O Crosswalk é open source e livre para usar, junto com o Community Edition of Pulumi. As ofertas comerciais do Pulumi incluem suporte ao Pulumi Crosswalk para a AWS.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

BT

Seu cadastro no InfoQ está atualizado? Poderia rever suas informações?

Nota: se você alterar seu email, receberá uma mensagem de confirmação

Nome da empresa:
Cargo/papel na empresa:
Tamanho da empresa:
País:
Estado:
Você vai receber um email para validação do novo endereço. Esta janela pop-up fechará em instantes.