BT

Início Notícias Mudando a maneira de pensar sobre o equilíbrio entre vida profissional e pessoal

Mudando a maneira de pensar sobre o equilíbrio entre vida profissional e pessoal

Favoritos

O termo "equilíbrio entre vida profissional e pessoal" está desatualizado, o que agora associamos ao trabalho e a vida, nem sempre é o mesmo o que era tradicionalmente, comenta Jennifer Cox na Women in Tech Dublin 2019. Mencionando que, em muitos casos, elas se sobrepõem ou se chocam de tempos em tempos, dificultando ainda mais a separação mental entre as duas. "Temos que mudar nosso pensamento mais para integração e alinhamento, do que equilíbrio", argumentou ela.

Há uma crescente pressão sobre os funcionários estarem disponíveis fora do horário de trabalho e os empregadores tentam atrair funcionários com coisas novas e brilhantes, quando muitas vezes se esquecem o que realmente está no coração de um equilíbrio entre vida profissional e pessoal, disse Cox.

Pensar em encontrar um equilíbrio entre vida profissional e pessoal, não se trata apenas de reservar um tempo para ioga ou um tempo de qualidade com as crianças. É mais do que isso, argumentou Cox, é o equilíbrio mental de tudo. Cox mencionou que, para fazer isso, é vital sentar e descobrir onde seu tempo está sendo gasto e saber o que faz de você, você. "É como um orçamento para o seu horário, e como gastá-lo com sabedoria".

Embora não possamos fazer mais horas em um dia, podemos escolher com cuidado como gastamos essas horas e como estamos investindo nas tarefas para as quais escolhemos usar esse tempo. É aqui que a sensação de liberdade começa e o crescimento pessoal acontece, Cox comenta. Tudo começa psicologicamente.

Cox menciona que as organizações podem aumentar o envolvimento dos funcionários com horários flexíveis de trabalho, permitindo o trabalhar em casa (Home Office) e mensurando o trabalho em termos de metas, em vez de horas trabalhadas.

Jennifer Cox, engenheira de segurança da Tenable, falou na Women in Tech Dublin 2019; O InfoQ a entrevistou sobre integração e alinhamento no trabalho e na vida.

InfoQ: Como podemos criar estruturas para dar mais liberdade e permitir o crescimento pessoal?


Cox: Quando se trata de estruturas, é importante dedicar tempo para você como indivíduo. Tome nota de sua programação atual. Adicione o tempo gasto em tudo, inclusive assistindo TV ou dirigindo com as crianças de ponto A à B. Em seguida, veja como seu tempo está sendo gasto. Aloque um tempo para você, por menor que seja. Abaixo estão as prioridades em ordem de importância. Demonstrarei em minha palestra como encará-los com uma abordagem clara e direta, a fim de garantir que você os encaixe todos.
  • Dormir
  • Hora do meu crescimento pessoal
  • Vida
  • Trabalho

InfoQ: O que as organizações podem fazer para aumentar o engajamento de seus funcionários?

Cox: Algumas dessas coisas podem parecer óbvias.

  • Permitindo flexibilidade no horário de trabalho. Um início tardio ou um término antecipado podem ser vitais para permitir que um indivíduo tenha acesso às coisas de que precisa para crescer. Se não houver espaço para flexibilidade no local de trabalho, a produtividade será reduzida;
  • Introduzindo o trabalho em casa. Eu recomendo pelo menos um dia escritório obrigatoriamente na semana, para que as equipes possam se reunir e interagir, mas a liberdade de trabalhar em casa ou no escritório nos outros dias deve ser bem-vinda.Ela permite a um monte de coisas, tais como:
    • Redução do estresse causado pelo deslocamento;
    • Ser capaz de estar à disposição da família em momentos de necessidade, sem precisar sacrificar o trabalho;
    • Permitindo produtividade em torno dos compromissos necessários;
    • Um local de trabalho silencioso para quem trabalha em um escritório de plano aberto;
    • Economia de custos;
    • Conforto; um funcionário relaxado é um funcionário produtivo;
    • Para o empregador: maior produtividade da equipe, confiança, custo reduzido de espaço no escritório e mais disponibilidade para os clientes.
  • Medindo o trabalho em termos de objetivos, em vez de horas trabalhadas. Trabalhei em projetos de pesquisa no passado, juntamente com o meu trabalho anterior. Convinha a mim fazer esse trabalho à noite. Eu deveria trabalhar duas horas por dia, mas geralmente trabalhava duas vezes e compensa esse período durante o fim de semana com minha família. O projeto simplesmente tinha que ser entregue dentro de um prazo determinado. Não era importante como ou quando eu fiz isso, desde que fosse feito.

InfoQ: Você mencionou que o equilíbrio entre vida profissional e pessoal é um processo fluido, e a natureza do trabalho e da vida raramente permanecem paradas. Como podemos encontrar o equilíbrio certo e nos preparar para ajustá-lo frequentemente?


Cox: Para aceitar essas mudanças, precisamos ser capazes de aceitar que pode haver falhas. Às vezes, os melhores planos são descartados pelo inesperado. É muito fácil deixar o chão passar por baixo de você, se você não reservar um tempo para garantir que seja nutrido por coisas que o ajudam a crescer.

Se seu trabalho e sua vida são alvos sempre em movimento, é importante salvar as partes deles que você pode e mantê-las constantes. No topo desta lista, deve haver algum tempo gasto fazendo coisas que o fazem feliz. Para mim, isso seria abraços com o meu filho mais novo, ouvindo podcasts ou construindo mobílias.

InfoQ: Como podemos ver o modelo de trabalho no futuro?


Cox: Os modelos de trabalho serão mais fluidos, ajustando-se às necessidades de clientes, funcionários e empregadores. Existem muito poucas funções que ainda podem ser definidas com 9 horas de expediente e baseadas em uma mesa fixa. Podemos pagar nossos impostos de carro à meia-noite, as mensalidades escolares do banheiro e avaliar os restaurantes enquanto estamos no ônibus. Se nossos consumidores estão abordando produtos e serviços com a exigência de mais flexibilidade, os negócios e produtos precisam ser mais flexíveis.

Para empresas que trabalham em projetos com marcos mensuráveis e necessários, como projetos, faz sentido definir prazos. Mas se uma pessoa é mais produtiva das 6h às 14h enquanto trabalha em casa, e isso significa que com isso podem buscar seus filhos na escola, por que aplicar uma política estrita de 9 horas? Desde que o projeto seja concluído dentro do prazo, quando, onde e como o trabalho será concluído não deve ser considerado um problema.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Conteúdo educacional

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

BT

Seu cadastro no InfoQ está atualizado? Poderia rever suas informações?

Nota: se você alterar seu email, receberá uma mensagem de confirmação

Nome da empresa:
Cargo/papel na empresa:
Tamanho da empresa:
País:
Estado:
Você vai receber um email para validação do novo endereço. Esta janela pop-up fechará em instantes.