BT

Início Padronização no InfoQ Brasil

Notícias

Feed RSS
  • A WHATWG esta padronizando Web Streams

    Após mais de um ano no GitHub, o projeto Streams foi agora adotada pela WHATWG no esforço para padronizar a API de web streaming. O projeto é liderado por Domenic Denicola, o homem que começou o trabalho no Promises, atualmente parte do próximo ECMAScript 6.

  • Google abandona SPDY após HTTP/2 entrar em “Última Chamada”

    O Google anunciou a desistência do SPDY após a sua integração ao protocolo HTTP / 2.0 e a padronização desse protocolo em estágios finais.

  • REST e a Internet das Coisas

    A Internet das Coisas já está aí e o IETF iniciou uma série de esforços de padronização nesta área. Entre eles destaca-se o grupo de trabalho Constrained RESTful Environments (CoRE), o qual busca prover abordagens REST para dispositivos com recursos restritos. Há também um projeto Java para apoiar este trabalho.

  • Processamento em lote no Java EE 7 e melhorias no Spring Batch

    Dentre as novas especificações introduzidas no Java EE 7 está a JSR-352, que define um modelo de programação para processamento em lote dentro da plataforma Java EE. Essa nova especificação baseia-se fortemente no projeto Spring Batch da VMware.

  • HTML5 e Canvas 2D têm funcionalidades estabilizadas

    O HTML5 e o Canvas 2D tiveram a situação alterada para “Candidato a Recomendação”; a High Resolution Time e Navegation Timing foram para o status de “Recomendação” e o HTML 5.1 e o Canvas 2D Nível de Contexto 2 para “Em Especificação”. Veja os detalhes.

  • W3C, Apple, Google, Facebook e Microsoft unem-se para documentar a web

    As empresas Apple, Google, Adobe, Facebook, Intel, HP, Microsoft, Mozilla, Nokia, e Opera juntaram-se ao W3C para lançar um novo website chamado WebPlatform.org. O objetivo é criar um conjunto de documentação definitivo para todas as tecnologias client-side abertas para web.

  • HTTP 2.0 tem sua primeira versão publicada

    Os editores da especificação HTTP publicaram um projeto inicial da versão 2, uma cópia do SPDY, e será utilizado como base de comparação daqui para frente. Muitas mudanças são aguardadas como, por exemplo, a adição de novos recursos, substituindo os já existentes. Uma versão pronta para implementações de teste está prevista para ser publicada no início do próximo ano.

  • O futuro do HTTP e a controvérsia sobre o SPDY

    A IETF recentemente discutiu o futuro do HTTP, e a próxima versão deverá utilizar SPDY como ponto de partida. Mas a Microsoft defende que o SPDY não é melhor que o HTTP/1.1. Conheça mais sobre essas discussões e o futuro do HTTP.

  • JCP aprova fusão dos comitês executivos que definem os rumos do Java

    Foi aprovada pelo JCP a fusão dos Comitês Executivos do Java ME ao já unificado comitê Java SE e Java EE.

  • Novos rumos do OAuth 2.0: Criador deixa especificação e critica padrão

    O criador do protocolo OAuth tornou públicos os motivos que o levaram a tomar a decisão de se desligar do projeto, e criticou o rumo que a especificação vem seguindo nos últimos anos, após ser entregue nas mãos do grupo de trabalho do IETF. O fato gerou polêmica e dividiu a opinião da comunidade.

  • WebSockets ou REST? O debate continua

    O WebSockets é hoje uma recomendação candidata do W3C e uma JSR está prestes a ser iniciada no JCP. Surge então a questão de como a tecnologia trabalharia juntamente com os princípios do REST: as tecnologias se complementam, ou o WebSockets irá tirar atenção do REST, levando a uma forma de interação diferente na web?

  • Google Chrome antecipa funcionalidades do futuro JavaScript

    O Google Chrome agora suporta algumas funcionalidades planejadas para a nova geração da linguagem JavaScript. O uso de coleções otimizadas para coleta automática de memória; maior controle no escopo de variáveis e o suporte a proxies são algumas das funcionalidades do novo JavaScript implementadas no Chrome.

  • Dado Inicio aos trabalhos na JAX-RS 2.0

    JAX-RS é uma especificação que faz parte do Java EE e visa prover serviços RESTful. Ela foi finalizada em 2008 e faz parte do Java EE6 desde 2009, com muitas implementações. Depois de alguns anos e várias implementações a Oracle anunciou que começaram os trabalhos para a versão 2.0 da JAX-RS.

  • Normas e abertura de código para a computação em nuvem

    Três anúncios recentes destacam a evolução do ecossistema da nuvem em favor da abertura de código e das normas. A Red Hat mudou seus esforços da Deltacloud para a Incubadora Apache, a Rackspace abriu os códigos de seus arquivos na nuvem, e a DMTF divulgou dois documentos, que estabelecem as funções essenciais para a computação em nuvem e a linguagem descritiva para elas.

BT

Seu cadastro no InfoQ está atualizado? Poderia rever suas informações?

Nota: se você alterar seu email, receberá uma mensagem de confirmação

Nome da empresa:
Cargo/papel na empresa:
Tamanho da empresa:
País:
Estado:
Você vai receber um email para validação do novo endereço. Esta janela pop-up fechará em instantes.