BT

Início Testes Unitários no InfoQ Brasil

  • Visual Studio Code anuncia suporte ao JUnit

    A equipe da Microsoft que suporta o Visual Studio Code (mais conhecido como VS Code) anunciou o lançamento da extensão para executar e depurar testes Java utilizando o framework JUnit. O JUnit funciona com a extensão Java Language Support fornecida pela Red Hat e com o Debugger, completando a experiência de desenvolvimento ponta a ponta dos desenvolvedores que trabalham com Java.

  • Team Foundation Service ganha novo serviço de build na nuvem

    Na conferência VS Live, a Microsoft anunciou um novo serviço de builds para o Team Foundation Service, a versão baseada no Azure do Team Foundation Server. O serviço faz a compilação e executa os testes automaticamente, cada vez que ocorrem checkins de arquivos.

  • Visual Studio 11: Melhorias em testes unitários e novo Fakes Framework

    O Visual Studio 11 facilitará o desenvolvimento de testes de unidade. Entre as melhorias estão um explorador para testes nos moldes do Solution Explorer, mais facilidade para a execução dos testes em todos os builds e o novo Fakes Framework.

  • Visual Studio 11: Suporte a Agile, ALM e detecção de blocos de código clonados

    O Visual Studio 11 trará novas ferramentas que aceleram os testes unitários, melhoram o processo de refatoração e facilitam a comunicação na equipe de desenvolvimento, através de novas característica de Gerenciamento de Ciclo de Vida (ALM).

  • Restfuse 1.0.0: uma biblioteca para facilitar testes de integração REST/HTTP

    A EclipseSource lançou a primeira versão estável de uma extensão open souce do JUnit para automação de testes de serviços REST/HTTP. O Restfuse é um conjunto de anotações para JUnit que oferece asserções para respostas de requisições HTTP. Tanto chamadas síncronas como assíncronas são suportadas.

  • TestNG 6 adiciona suporte a Guice e YAML

    Está disponível a versão 6.0 da popular biblioteca de testes TestNG. O release tem entre as principais melhorias o suporte a YAML e ao Google Guice, além de incluir novos recursos ao seu plugin para Eclipse.

  • Qual é a nomenclatura ideal para os nosso métodos?

    Recentemente Anderson Fraga, no fórum Tectura, iniciou uma discussão onde ele faz um questionamento familiar para muitos desenvolvedores, ele comparou a declaração de métodos e classes do projeto Restfulie e viu que no projeto foi usado nomes curtos e expressivos. Mas qual o impacto disso? Qual é a nomenclatura ideal para os nossos métodos?

  • Refactoring em TDD deve incluir os testes?

    O conceito de refactoring do código/projeto deve ou não incluir uma visita de refactoring também aos testes. Deve-se aprimorar o design dos testes com refactoring?

  • Bom código é suficiente para um projeto ter sucesso?

    Simon Brown, um desenvolvedor, arquiteto e autor, considera que é preciso muito mais que bom código para ter um projeto de sucesso. Em sua aprensentação, "Bom código não é suficiente", Brown fala sobre os elementos necessários para um projeto ter sucesso, do design claro à documentação.

  • TDD: Por onde começar meus testes?

    TDD é uma técnica bastante utilizada hoje por diversos times. Porém essa forma de iniciar sua funcionalidade pelo teste deve começar por qual parte do nosso projeto? Se estivermos utilizando uma abordagem MVC devemos começar pelos controladores, pela tela ou pelo modelo?

  • Liberada versão 1.3.0 do JSFUnit

    Com a frase "Uma pequena release com grandes consequências" foi anunciado o lançamento no último dia 11 de agosto, de uma nova versão do JSFUnit, uma ferramenta de testes de unidade para aplicações desenvolvidas em JSF.

  • Melhorando a velocidade da sua suite de testes com o Parallels Specs

    Hoje em dia é natural ver projetos que possuem uma suite gigantesca de testes, contando com centenas ou até milhares de testes. Chega uma hora que você possui uma quantidade tão grande de testes que o feedback para os desenvolvedores começa a demorar, o que pode prejudicar o mesmo e o andamento do projeto. Conheca uma gem que vem distribuir os seus testes, melhorando a performance.

  • Os efeitos diretos e indiretos de TDD

    TDD garante boa cobertura de testes, mas não necessariamente um bom design do seu código. Esko Luontola em seu blog cita alguns efeitos diretos e indiretos da prática de Test Driven Development no código.

  • Categorizando testes com Junit 4.8

    É bastante comum existir testes de diversas categorias em um projeto, testes de integração e testes unitários são as categorias mais comuns. Em alguns casos, é necessária uma categorização destes testes, diferenciando um dos outros, seja no modo de rodar ou mesmo nas características peculiares dos mesmos. A nova versão do Junit 4.8 faz com que isso seja feito de uma forma natural e fácil.

  • TDD básico com Eunit

    TDD é uma técnica essencial no desenvolvimento de software atual. Além de conseguir-se testes expressivos, a qualidade e design do código aumentam bastante. Na linguagem Erlang também é possível utilizar a técnica do TDD com a ferramenta Eunit.

BT

Seu cadastro no InfoQ está atualizado? Poderia rever suas informações?

Nota: se você alterar seu email, receberá uma mensagem de confirmação

Nome da empresa:
Cargo/papel na empresa:
Tamanho da empresa:
País:
Estado:
Você vai receber um email para validação do novo endereço. Esta janela pop-up fechará em instantes.