BT

Eclipse 3.7.1 adiciona suporte ao Java 7 e Gerrit

por Alex Blewitt , traduzido por Fernando Lozano em 29 Set 2011 |

[Esta notícia foi expandida pelo tradutor]

A Fundação Eclipse anunciou a liberação do Eclipse Indigo 3.7.1, o primeiro release de manutenção para a série Eclipse Indigo (3.7). Normalmente releases "menores" como este não chamariam a atenção, mas neste caso houve a adição do suporte ao Java 7 ao Eclipse JDT (o conjunto de plug-ins do IDE para desenvolvimento de aplicações Java).

O Eclipse 3.7 foi liberado em junho deste ano, mas naquele momento a especificação do Java 7 não estava ainda finalizada, impedindo sua inclusão no criterioso processo de testes de novos releases do Eclipse. Isto significa que, para cumprir o cronograma de releases anuais, sempre em junho, algo que vem sendo realizado com sucesso durante toda a última década, não foi possível habilitar o suporte a Java 7 na instalação padrão do IDE. Não era possível sequer habilitar suporte parcial ao Java 7, pois como a especificação não era final, haveria o risco de o compilador do Eclipse acabar aceitando compilar código que poderia não ser compatível com o padrão definitivo.

Embora outras ferramentas, como o NetBeans, tenham oferecido suporte ao Java 7 no momento do lançamento do Eclipse 3.7, eles o fizeram com a ressalva de que era um software ainda em pré-release e que poderia sofrer mudanças incompatíveis a qualquer momento. Já o Eclipse não é apenas um IDE e plataforma comum, é também a base para várias ferramentas comerciais que são construídas sobre ele, por exemplo o MyEclipse e o IBM WebSphere Studio ou as ferramentas Rational. Portanto adicionar funcionalidades sujeitas a este tipo de mudança teria prejudicado vários consumidores da tecnologia Eclipse.

Por isso se decidiu adiar o suporte ao Java 7 para os releases do ano que vem (3.8 e o 4.2): o suporte já estava presente desde o Eclipse 3.8M1. Entretanto a decisão foi reconsiderada em função da grande demanda por desenvolvimento com Java 7, e assim o suporte foi antecipado para o primeiro release de manutenção, ou SR1. Este é o release que acabou de ser liberado.

Além do suporte ao Java 7. o Eclipse Indigo 3.7 SR1 (ou Eclipse Indigo 3.7.1) não traz novas funcionalidades específicas para a plataforma Java. Mais detalhes sobre o suporte ao Java 7 podem ser encontrados na seção "o que há de novo com o Java 7" nas notas do release. Também pode ser consultada a relação de bugs resolvidos no relase 3.7 SR 1.

Outros projetos do ecossistema Java também trouxeram atualizações para o release SR1. O EGit foi atualizado da versão 1.0 para a 1.1, que inclui várias novidades como o suporte a reflog e a equipes de projeto. Aqueles que usam o GitHub irão apreciar a sua integração com o Mylyn, pois ela permite que pull requests sejam consumidos pelo IDE local. Já o Projeto ECF traz seu release 3.5.2, que resolve vários bugs na administração de serviços remotos.

O Eclipse, é claro, não é apenas um IDE para Java. O CDT, o Kit de Desenvolvimento para as Linguagens C e C++, foi atualizado para o 8.0.1, resolvendo vários bugs. E a ferramenta Mylyn foi atualizada para o 3.6.2, que inclui um novo conector Jenkins/Hudson e integração com revisões do Gerrit.

Além disso, o release de manutenção, assim como o original, não inclui um pacote específico para as populares Ferramentas para Desenvolvimento PHP (PDT), embora estas tenham sido sincronizadas e validadas junto com o restante do Eclipse Indigo. O PDT pode ser acrescentado via Help>Install New Software, escolhendo-se "Eclipse IDE for JavaScript Web Developers", ou qualquer outro dos pacotes fornecidos como opções para o Eclipse Indigo.

Já estão disponíveis para download pacotes de instalação do Eclipse 3.7.1 reunindo as combinações de plug-ins mais comuns. Pode-se também atualizar uma instalação pré-existente do 3.7 pelo comando Help>Check for Updates.

Para os que perderam as notícias sobre o Eclipse 3.7, vale destacar como novidades em relação ao release do ano passado (Eclipse Helios 3.6):

  • Window Builder, para desenvolvimento visual de aplicações Java com Swing e SWT, além de aplicações web com GWT, desenvolvido originalmente pela Google e que substitui o famigerado VE (Visual Editor), que foi descontinuado;
  • Suporte ao Eclipse Market Place, para compra e instalação facilitada de plugins comerciais;
  • Melhor integração com o Maven (já incorporando o Maven 3);
  • Inclusão do Virgo, um servidor de aplicações baseado no OSGi e Spring,;I
  • Inclusão do Jubula, para testes funcionais sobre aplicações Java e HTML, simulando um usuário que opera a ferramenta;
  • Introdução de Xtend, uma nova linguagem de programação para a JVM.
  • Finalmente, no Indigo a Plataforma para Testes e Performance foi descontinuada.

Avalie esse artigo

Relevância
Estilo/Redação

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião
Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
Marketing
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2016 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT

We notice you’re using an ad blocker

We understand why you use ad blockers. However to keep InfoQ free we need your support. InfoQ will not provide your data to third parties without individual opt-in consent. We only work with advertisers relevant to our readers. Please consider whitelisting us.