BT
x A sua opinião é importante! Por favor preencha a pesquisa do InfoQ sobre os seus hábitos de leitura!

Gestão Ágil de Riscos

por Vikas Hazrati , traduzido por Victor Hugo Germano em 02 Fev 2009 |

Gerência de Riscos é uma atividade direcionada através da medição, mitigação e monitoramento de riscos. Muitos Agilistas acreditam que este processo de gestão para projetos Ágeis não é significativamente diferente de projetos tradicionais. Ainda que o processo possa ser um pouco mais leve no modo Ágil, os passos para encontrar, categorizar e criar planos de solução para riscos se mantém próximo do utilizado em projetos tradicionais.

Mike Cottmeyer sugere que Metodologias Ágeis são melhores em identificar e mitigar riscos. Segundo ele:

Agile é tão efetivo em gerenciar riscos porque processos de Gestão de Riscos estão inseridos completamente na forma como nós executamos projetos. Existe o entendimento implícito de que riscos estão em QUALQUER LUGAR do projeto. Riscos não podem ser contidos em uma lista. Riscos não podem ser mitigados em uma reunião da equipe ou em uma sessão periódica de revisão de riscos. Lidar com riscos deve ser uma obsessão. Nossas estratégias de mitigação de riscos não vivem fora do projeto, elas influenciam a verdadeira natureza de como nós estruturamos e planejamos nosso trabalho.

Ele ainda classifica riscos em três categorias

  • Riscos de Negócio - Lida com a entrega de um projeto com o valor de negócio prometido.
  • Riscos Técnicos - Lida com as possibilidade técnicas da solução dentro das restrições de tempo e custo.
  • Riscos Lógicos - Lida com os pressupostos relativos às pessoas e à infraestrutura.

Segundo Mike, sendo os métodos Ágeis encorajadores de entregas frequentes, inspeção constante e adaptação, a gestão de riscos seria herdada. Entretanto, nem todas as pessoas concordam que métodos Ágeis herdem o controle de riscos.

Jurgen Appelo sugere que mais frequentemente do que parece, existe uma falta de foco em riscos nos projetos Ágeis. Segundo Ele:

Gerência de Riscos faz parte do Prince2, do PMBOK e faz parte do CMMI, mas você não a vê explicitamente incorporada aos métodos Ágeis. Eu acho isso estranho

Ele ainda menciona o fato de que, geralmente, gerentes de projeto se afundam demais dentro de seus projetos e acabam perdendo a grande visão. Isto leva a uma severa falta de foco na gerência de riscos.

James Shore complementa que um gerencimento de riscos eficiente pode ajudar uma equipe a fazer comprometimentos sólidos. Ele sugere a utilização de ferramentas como Multiplicadores de Riscos e Gráficos Burn-up para gerenciar riscos específicos do projeto.

Multiplicadores de Risco cuidam de riscos comuns, como turnover, mudança de requisitos, interrupções de trabalho e assim por diante. Estes multiplicadores pertimem que você defina uma data, estime quantos story points de trabalho você realizará, e que você esteja certo.

Jame ainda sugere os multiplicadores abaixo para um processo rígido onde a velocidade do time é constante e as estórias estão "prontas prontas" no final da iteração.

Multiplicadores de Risco

Chance Processo Rigoroso
Descrição
10% 1 Ignorar -- Quase impossível
50% 1.4 Objetivo alongado --50% de chance
90% 1.8 Comprometimento -- virtualmente certo

Agora, para criar comprometimento, os multiplicadores devem aparecer da seguinte forma:

Chance Story Points Descrição Finalizada
10% 140 (140 ÷ 1) Ignorar -- Quase impossível
50% 100 (140 ÷ 1.4) Objetivo alongado --50% de chance
90% 78 (140 ÷ 1.8) Comprometimento -- virtualmente certo

Segundo James:

Isto permite a você comprometer-se com os stakeholders e executivos. "Nós estamos virtualmente certos em finalizar 78 pontos a mais em nossa data de release, então estamos nos comprometende a entregar as funcionalidades A, B e C. Nós temos a change de 50% de completar 100 pontos, então estamos planejando as funcionalidades X, Y e Z como uma meta mais audaciosa."

Desde modo, gerência de riscos é uma parte integral de qualquer projeto Ágil assim como projetos tradicionais. A chave está em dar o foco desejado aos riscos, mitigá-los eficientemente e comprometer-se baseado nisso.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT