BT
x A sua opinião é importante! Por favor preencha a pesquisa do InfoQ sobre os seus hábitos de leitura!

Revisão: A arte de código SQL de alto desempenho

por Jonathan Allen , traduzido por Roberto Costa em 28 Abr 2009 |

Uma coisa é olhar para o plano de execução de consultas para SQL Server, e outra é quase saber o que isso significa. O livro de Grant Fritchey, A arte de código SQL de alto desempenho (The Art of High Performance SQL Code): Parte 1 Analisando Planos de Execução do SQL Server, ajuda você a chegar a este ponto.

O livro inicia com uma visão geral sobre planos de execução. Enquanto a maioria dos livros parece preencher seu primeiro capítulo com informações inúteis, este pula diretamente dentro da informação útil como, por exemplo, quando os planos de execução são recompilados ou porque algumas consultas têm dois planos de execução.

O capítulo 2 é onde o verdadeiro ouro está. Nele você encontrará a diferença entre uma junção mapa hash e uma junção de loop aninhado e qual a melhor. Há poucas certezas absolutas nessa seção; geralmente você escutará que certa operação é ótima sob grandes tabelas, mas horríveis para tabelas pequenas e vice-versa. Há também vários conselhos sobre porque certas operações podem indicar problemas com o projeto da consulta ou da tabela.

O capítulo 3 é sobre ler planos de execução baseados em texto e XML. Ao menos que você goste de ficar olhando página por página sobre XML, você pode provavelmente pular esse capítulo. Ele é seguido por outro capítulo sobre interpretação de planos de execução, desta vez abordando os mais complexos como os que utilizam Expressões de Tabelas Comuns.

Os hints de consulta podem causar um pouco de dano quando usados de forma desapropriada, mas eles também podem resolver a maioria dos problemas de desempenho causados por bugs nos otimizadores. Assim com restrição, eu recomendo todos a lerem o capítulo do Fritchey sobre hints de consultas. Enquanto que a maioria dos desenvolvedores nunca os usará, saber que eles existem durante alguns momentos raros que eles são realmente necessários.

O resto do livro fala sobre tópicos avançados tais como cursores, XML em consultas, paralelismo, e guias de plano. Guias de plano é uma coisa particularmente reservada. Eles permitem que você forneça hints de consultas para procedimentos armazenados (stored procedures) que você pode modificar bem como consultas criadas por aplicações com esse objetivo.

A arte de código SQL de alto desempenho pode ser baixado gratuitamente ou obtidos para Kindle na Central SQL Server.Red Gate é conhecido também por dar edições impressas nas conferencias.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT