BT
x A sua opinião é importante! Por favor preencha a pesquisa do InfoQ sobre os seus hábitos de leitura!

NUnit 2.5 foi lançado

por Mark Levison , traduzido por Acyr Tedeschi em 18 Mai 2009 |

Apesar da pequena diferença entre os números de versão (de 2.4.8), NUnit 2.5 representa uma grande quantidade de novas funcionalidades e esteve em produção aproximadamente por um ano. Charlie Poole, consultor e desenvolvedor do NUnit, escreveu uma lista com as 10 maiores características:

1: Data-Driven Tests Os métodos do teste "Data-Driven Tests" podem ter argumentos e seus dados podem ser fornecidos de várias maneiras: em linha, a partir de um método, ou classe, separada ou randomicamente. Esta característica oferece uma maneira sucinta de representar um conjunto de exemplos para ser utilizado em casos de testes individuais.

2: Teorias Tradicionais, baseados em exemplos, os testes permitem a seleção de um ou mais conjuntos de valores para utilizar em um teste, como um programa. Já a Teoria, por sua vez, permite que seja representada uma generalização propriamente dita, escrevendo um teste que irá passar não importam quais valores lhe sejam fornecidos, contanto que eles conheçam o estado das constantes.

3: Testes de exceção esperada em linha Com a introdução do método para assertiva Assert.Throwse com as cada vez mais poderosas expressões de variáveis Throws.Exception, Throws.InstanceOf e Throws.TypeOf, o teste de lógica de exceções pode ser feito junto com qualquer outra assertiva necessária.

4: Suporte à Genéricos e 5: Suporte à Lambda

6: Execução fora de processo e Seleção em tempo de execução NUnit 2.5 estende a abordagem de isolamento AppDomain para os testes executados em um ou mais processos distintos. Fora o isolamento que provê, isto permite a execução de testes sobre diferentes versões de ambientes de execução .NET para cada NUnit que está sendo utilizado.

8: Visualização do código fonte A nova exibição do conteúdo de pilha (stack trace) na aba de Erros e Falhas da interface de usuário é capaz de mostrar o código fonte na posição onde o problema ocorreu, o código mostrado está disponível e o programa foi compilado com a informação para Debug. Atualmente, o destaque para a sintaxe C# é suportada.

As notas de lançamentos oferecem mais detalhes e descrevem outras características.

Simone Busoli, disse que o novo modelo de variáveis é mais expressivo. Além disso ele gosta das novas assertivas e dos modificadores para customizar estas assertivas. Em particular mencionou que: "Ter modificadores que aceitam métodos em linha é excelente para aquelas milhões de vezes que você precisa comparar dois objetos e quando quer sobrescrever o conceito de igualdade que aqueles objetos tem em seu domínio”

Olof Bjarnason acha que o novo atributo de limite de tempo é importante quando no desenvolvimento de loops. Antes quando erros eram cometidos e loops infinitos eram escritos era preciso matar o processo NUnit. Agora o dispositivo de limite de tempo irá simplesmente desligar o teste.

Além disso Jamie Cansdale lançou a nova versão do TestDriven .NET, uma ferramenta que permite aos desenvolvedores executar seus testes NUnit (e de outros frameworks) dentro do Visual Studio.

Charlie prometeu que no futuro voltarão os lançamentos mais frequentes e menores. O NUnit 3.0 Roadmap(pdf) promete suporte a uma grande variedade de executadores de testes (incluindo executares Web que rodarão testes em um servidor web). A camada de motor de testes adicionará suporte para distribuição e execução de testes em paralelo; testes com ordenação randômica e comportamento Transacional para testes.

Outras ferramentas de testes unitários .NET incluem: MBunit, CSUnit, xUnit.Net, NBehave e Gallio - um executor de testes neutro, aberto e extensível planejado para suportar todas as ferramentas de testes .NET.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT