BT

Microsoft OracleClient tornou-se obsoleto

por Al Tenhundfeld , traduzido por Carlos Mendonça em 16 Jul 2009 |

A Microsoft anunciou que o namespace System.Data.OracleClient se tornará obsoleto após o .NET 4.0. As classes neste namespace serão marcadas como obsoletas no .NET 4.0 e removidas em versões futuras. O OracleClient é o provedor ADO.NET para Oracle desenvolvido pela Microsoft e é parte integrante da biblioteca de classes .NET Framework.

Esta decisão causou certa controvérsia dentro da comunidade de desenvolvedores .NET que trabalha com Oracle. Apesar de muitas aplicações .NET e profissionais usarem um provedor para Oracle de terceiros, o System.Data.OracleClient é freqüentemente utilizado em pequenas aplicações e tipicamente tem melhor integração com outras ferramentas da Microsoft.

A Microsoft insiste que esta decisão foi tomada após muita deliberação e pesquisa:

Após considerar com cuidado todas as opções e conversar com nossos clientes, parceiros e MVPs, decidiu-se que tornar o OracleClient obsoleto faria parte do nosso plano para o ADO.NET.

Uma razão para esta decisão é a crescente disponibilidade e melhorias de provedores de dados ADO.NET de terceiros para o Oracle. Houve melhoras significativas de performance e compatibilidade multi-versões reforçada nos provedores Oracle populares.

Apesar da revolta da comunidade, a Microsoft não mostra sinais de que reverterá a decisão, e na realidade, nenhuma deve ser esperada. A posição oficial da Microsoft é que "vários desenvolvedores terceiros têm condições de entregar consistentemente o mesmo nível de qualidade e suporte que nossos clientes esperam da Microsoft." Por isso, deixar o OracleClient em paridade com os provedores de terceiros não vale o investimento, fora que isto libera recursos na Microsoft que podem se dedicar ao ADO.NET.

Algumas pessoas vêem esta decisão da Microsoft como uma forma de aumentar as barreiras de se desenvolver com o Oracle na plataforma .NET, mas muitas outras vêem esta decisão com otimismo que a Microsoft pode estar repensando seus posicionamentos históricos. Por exemplo, é uma reclamação comum da comunidade ALT.NET que a Microsoft reinventa a roda sem razão, criando sua própria versão de produtos que já possuem boas alternativas. Vide MSTest vs.NUnit ou Entity Framework vs. NHibernate. No contexto das recentes decisões que incluem suportar oficialmente o jQuery e disponibilizar o código-fonte do ASP.NET MVC, esta decisão pode ser interpretada como um sinal de que a Microsoft está admitindo que ela não precisão controlar a biblioteca toda. Ela pode confiar que seus parceiros e a comunidade disponibilizarão, por si só, partes dela.

Além disso, o Connected Show Podcast tem um episódio discutindo esta decisão e examinando a razão pela qual não se acredita que pode ser um desastre.

 

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2013 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT