BT
x A sua opinião é importante! Por favor preencha a pesquisa do InfoQ sobre os seus hábitos de leitura!

Patrocínio de Projetos Agéis – Uma Atitude Simples com Resultados Efetivos

por Shane Hastie , traduzido por Gisela Nogueira em 03 Jul 2009 |

Organizações adotando métodos ágeis precisam reavaliar a abordagem na administração e patrocínio do projeto. As decisões do projeto precisam ser tomadas rapidamente, respondendo a mudanças no ambiente da empresa enquanto mantêm um foco nos objetivos do projeto e da organização.

O autor e consultor Rob Thomsett ,autor de Radical Project Management dá algumas orientações quanto às mudanças radicais Cutter Edge no patrocínio e administração do projeto. Ele identifica conceitos chaves por trás do patrícinioo do projeto ágil:
  • Tenha um tempo na agenda do patrocinador, pelo menos 3 horas por semana para se reunir com gerentes, stakeholders, e membros do time para rever o status do projeto.
  • Reconheça que simples é melhor que complexo.
  • Preste atenção nos projetos e nas decisões chaves que devem ser feitas e gerenciadas durante todo o projeto.
  • Faça reunião cara-a-cara sempre que possível.
  • Reconheça que atrasos nas decisões causam atrasos ainda maiores no seu projeto.
Thomsett enfatiza que em projetos ágeis o business case precisa adicionar valor ao projeto, como numa gestão de projetos tradicional, mas o processo em várias organizações resulta em atrasos e problemas:
 
A necessidade de um business case não é o problema. O processo e a burocracia que permitimos crescer em volta do business case é o problema. Na maioria das organizações que temos trabalhado, o uso do business case para aprovação de projeto se sobrepõe à necessidade de um business case para gerenciar o projeto.
 
Os princípios ágeis de simplicidade, agilidade e transparência cria um ambiente que o patrocinador, gerente, time e stakeholders colaboram para garantir que o projeto certo está sendo feito corretamente e entregue rápido. No novo ambiente econômico essa será uma estratégia critica de sobrevivência.
 
 
Thomsett está longe de ser o único comentarista a falar sobre patrocínio e administração ágil.
 
No artigo sobre Agile Project Management da consultoria Sempre Avanti , eles identificaram quatro questões sobre a gerencia de projetos ágeis:
 
  1. Quem precisa do que e porquê?
  2. O que é necessário para fazer isso?
  3. Podemos fazer o que é preciso?
  4. Vale a pena?
 Isso é constantemente revisto e se, em qualquer estágio, a questão 4 não pode ser respondida positivamente, interrompe-se o projeto que só será recomeçado quando a resposta for positiva.
 

Mike Griffiths, membro da Agile Alliance, aconselha algo simples, porém métricas chaves que possibilitam os patrocinadores de projetos ágeis monitorar a saúde de seus projetos, e fornece uma planilha simples para rastreá-los. As importantes métricas que Griffiths identifica são:

  • Custo real e projetado.
  • Velocidade da interação.
  • Confiança do patrocinador.
  • Satisfação do cliente.
  • Cycle time.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT