BT

Amazon Oferece o MySQL Como um Serviço

por Abel Avram , traduzido por José Marcelo Santuci em 09 Nov 2009 |

A Amazon acabou de anunciar um novo serviço, Amazon Relational Database Service ou RDS, uma solução para criação e acesso a banco de dados relacional na cloud. O banco de dados hospedeiro é o MySQL 5.1 e o anúncio antecede o PDC 2009 em 3 semanas, quando a Microsoft anunciará a disponibilidade do SQL Azure, uma solução para computação nas nuvens baseada no seu banco de dados relacional.

A Amazon e outros fornecedores de cloud têm oferecido banco de dados não relacional como, por exemplo, o SimpleDB. A Microsoft planeja mudar isso, oferecendo um subconjunto do MS SQL Server como SQL Azure, um serviço na cloud que é parte da Plataforma Windows Azure. A decisão da Amazon é interessante e indica que a Amazon chegou à conclusão de que há bastante cliente interessado em um banco de dados relacional que justifique um serviço especializado. Provavelmente a Amazon não queira perder clientes dispostos a mudar para o Azure.

Esta mudança é semelhante a que foi feita pela Amazon há um ano, quando disse que suportaria o Windows no EC2. Esse anúncio veio um mês antes do PDC 2008, quando a Microsoft anunciou o Azure.

O Amazon RDS terá um impacto importante sobre a start-up FathomDB, um fornecedor de banco de dados relacional no EC2, expondo a vulnerabilidade desses que confiam em um único fornecedor como Krishnan Subramaniarn observou:

Este anúncio também esmagará a Y-Combinator startup FathomDB que oferece banco de dados como um serviço que roda sobre o Amazon EC2. Será interessante ver como eles respondem a este anúncio. Provavelmente, este anúncio também deve servir como um sinal de alarme para as empresas que constroem os seus negócios em todo o ecossistema da Amazon. Elas estão apenas a um anúncio distante da destruição completa. Isto não é exclusivo ao ecossistema da Amazon. Ele pode acontecer em qualquer empresa cujo negócio depende inteiramente de um único fornecedor.

O Amazon RDS é baseado no InnoDB Storage Engine que

suporta transacão segura (ACID) em MySQL com commit, rollback, e capacidade de tolerância a falhas para proteger os dados do usuário. O lock no nível de linha do InnoDB (sem escalar para locks de granularidade mais grossa) e o estilo Oracle de leitura nonlocking consistente aumenta a concorrência e desempenho multi-usuário. O InnoDB armazena os dados do usuário em índices agrupados (clustered) para reduzir I/O para consultas comuns, baseados em chaves primárias. Para manter a integridade dos dados, o InnoDB também suporta a integridade referencial FOREIGN KEY Você pode misturar livremente tabelas InnoDB com tabelas de outros mecanismos de armazenamento do MySQL, mesmo dentro da mesma instrução.

Praticamente, o Amazon RDS oferece MySQL no cloud, o cliente não tem que instalar, configurar e mantê-lo. O RDS oferece vários tamanhos de instâncias do MySQL que podem ser aumentadas ou diminuídas de tamanho e que possuem backups automáticos e logs. O banco de dados pode ser acessado normalmente através da rede utilizando uma API simples ou através do prompt de comando, o SSH não é suportado ainda. O RDS oferece suporte para importação de banco de dados MySQL. A Amazon também planeja oferecer a replicação em zonas de disponibilidade múltiplas para melhor proteção de dados.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT