BT

SOA como um Ecossistema

por Boris Lublinsky , traduzido por Fábio Henrique em 11 Nov 2009 |

De acordo com o recente post de Richard Veryard:

O mundo SOA está finalmente aderindo a alguns conceitos de Ecossistema ... a abordagem biológica para a criação de empresas e serviços de software

De acordo com Richard, essa abordagem é completamente diferente da abordagem original de SOA. Neste caso, em vez de se definir os serviços baseados nos requisitos de uma solução específica, eles são definidos com base em um Ecossistema ao qual ele pertence ( compare a abordagem "top-down" vs "bottom-up" para design de serviços). Richard considera que passar de uma solução com uma abordagem SOA tradicional para uma baseada em SOA Ecossistema é uma das etapas do processo de maturidade SOA. A seguir ele apresenta três níveis de maturidade:

 

  • "Experimental SOA" direcionado para uma solução específica que envolve as seguintes etapas:
    • Identificar o problema do negócio
    • Identificar os usuários da solução
    • Negociar os requisitos da solução
    • Projetar e implementar a solução definida
  • "Enterprise SOA" direcionado para uma solução genérica que envolve as seguintes etapas:
    • Identificar o domínio do negócio
    • Identificar os usuários deste domínio
    • Definir os requisitos específicos deste domínio
    • Projetar e implementar o conjunto de soluções para um domínio específico
  • "Ecosytem SOA" direcionado pela evolução e envolve as seguintes etapas:
    • Identificar o Ecossistema
    • Identificar os serviços específicos deste Ecossistema
    • Distribuir as implementações dos serviços entre os participantes deste Ecossistema

Uma das principais diferenças entre SOA Enterprise e Ecossistema está na definição do portfolio de serviços. Um típico portfolio, no caso de Enterprise SOA, é baseado no modelo de negócios empresarial no qual identifica as capacidades da empresa. No caso do Ecossistema SOA, o modelo de negócio é subdividido em Core (Estratégico), Competência e domínios periféricos. O Core é sempre designado como um conjunto de serviços implementado pela empresa, Competência é normalmente dividido entre empresa e seus parceiros e periféricos é geralmente terceirização de parceiros.

Como resultado, Ecossistema SOA não abrange somente a decomposição de serviços, mas também permite que uma empresa se concentre em suas funções principais e possa construir processos de negócios com seus parceiros para apoiar outras funcionalidades.

Richard define duas abordagens principais para o Ecossistema SOA:

... uma abordagem ao Ecossistema SOA é empurrar a empresa para dentro do ecossistema. John Hagel chama isso de "Inside-Out Architecture", o qual se contrasta com o "Outside-In Architecture" ... A "Outside-In Architecture" inicia com um modelo de conhecimento e valor em todo ecossistema. A questão estratégica para uma empresa é como encontrar a maneira de contribuir tanto com o valor para o ecossistema quanto desenhar o valor deste ecossistema, através da prestação de serviços ecologicamente viável.

Nenhuma empresa é uma ilha. Como resultado, é difícil definir um conjunto de serviços empresariais, sem considerar as funcionalidades / serviços / processos fornecidos por parceiros. A abordagem do ecossistema descrito na publicação de Richard pode ajudar as empresas a definir uma arquitetura de serviços específicos, considerando ao mesmo tempo uma visão holística.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT