BT

Dicas para Selecionar um Projeto Piloto para Adoção de Práticas Ágeis

por Vikas Hazrati , traduzido por Marcelo Andrade em 19 Nov 2009 |

Um dos fatores mais importantes que influenciam o sucesso da adoção de Agile é o conjunto de aprendizados que se derivam a partir da aplicação de práticas ágeis em um projeto piloto. Tais aprendizados influenciam a organização a seguir em frente com a adoção de Agile ou a continuar com seus processos corriqueiros. Isto enfatiza a importância da seleção de um projeto piloto. Um piloto ruim pode acabar como um projeto abortado, o que sem dúvida acaba resultando numa publicidade ruim para o novo processo.

Mike Cohn sugere quatro fatores críticos que afetam a seleção de um projeto piloto. De acordo com ele,

Nem todo projeto é adequado para ser o seu primeiro a usar práticas ágeis. O projeto piloto ideal depende de seu tamanho, duração, importância e o comprometimento do patrocinador do negócio.

Pode ser difícil ocorrer de ter-se um projeto que corresponda perfeitamente a essas condições. Assim, as organizações devem se esforçar para escolher um projeto próximo de convergir para esses quatro fatores.

De acordo com Mike, os quatro fatores são

I. Duração – Um projeto muito curto acaba contribuindo para que os céticos digam que métodos ágeis só funcionam para projetos pequenos. Já se o projeto for muito grande, as pessoas terão de aguardar muito para avaliar os efeitos da adoção. Mike sugere que o tamanho de projeto ideal deve ser algo intermediário, próximo do que seja a média de projetos da empresa.

Greg Smith sugere que a duração ideal para um projeto que esteja começando a adotar Agile é de 8 semanas. Segundo Greg,

A primeira coisa a se fazer é procurar um subconjunto de demandas dentro do projeto que possam ser completadas dentro de 8 semanas. Existe algum conjunto de requisitos que poderiam ser agrupados como um miniprojeto dentro do projeto principal?

II. Tamanho – projeto piloto deve ser pequeno o suficiente para ser concluído por uma equipe. Isto abstrai os desafios da comunicação inter-times e permitir que a equipe se concentre no processo de desenvolvimento ágil.

III. Importância – Comece com um projeto que seja crítico para a organização. Isto deve promover a iniciativa da equipe em trabalhar bem com o processo para garantir o sucesso do projeto. Um projeto de menor importância ou de baixo risco, normalmente vai acabar servindo meramente como um projeto para aprendizagem.

Greg sugere ainda as seguintes maneiras de se avaliar a criticidade de um projeto

Um projeto normalmente é crítico se a sua empresa ou seu cliente não puder sobreviver sem ele. Aqui estão alguns exemplos de projetos que deveriam ser considerados críticos:
  • Um projeto para garantir fluxo de receitas.
  • Um projeto de adequação a marcos regulatórios ou prazos legais.
  • Um projeto com receita determinada (orçamento vinculado a um período de tempo).
  • Um projeto que entregue funcionalidades que sejam fundamentais para a organização (p.ex., SOA).

IV. Comprometimento do patrocinador - Um patrocinador comprometido pode ajudar a equipe se ele eventualmente precisar subverter alguma burocracia de processos, departamentos ou pessoas intrincadas. O tempo e a energia disponíveis do patrocinador são fatores críticos para o sucesso do projeto.

Mike ressalta ainda que estes fatores se tornam mais representativos quando se tem uma equipe forte. Assim, a escolha correta dos integrantes da equipe é um precursor para todos os fatores acima. Alan Atlas também compartilha do mesmo pensamento sobre se definir antes de mais nada a equipe do projeto piloto ao invés de focar muito sobre demais fatores do projeto.

Dessa forma, uma vez que a equipe do projeto esteja definida, o próximo passo é selecionar o projeto piloto em si, baseado nos fatores apresentados acima. E mesmo que não se tenha um projeto que corresponda exatamente a esses quatro fatores, o pontapé inicial para condução de um bom projeto já terá sido dado.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT