BT

Estudo de Caso: Migração de um grande aplicativo VB6 para .NET

por Abel Avram , traduzido por Yan Borowski em 04 Jan 2010 |

Uma empresa prestadora de serviços de TI tenha migrado um aplicativo de ERP, totalizando 950.000 linhas de código para VB6. NET em 9 meses.

Há 5 opções básicas lidar com uma aplicação legada em VB6:

  • Deixar como está – se a aplicação raramente é atualizada ou alterada
  • Substituir – se houver um aplicativo de código aberto, comercial, ou serviço similar
  • Migrar para. NET – utilizando uma ferramenta de migração que converte todo o código em VB6 ao equivalente em código .NET
  • Estender com .NET  – adicionar novas funcionalidades usando .NET. Controles e formulários do .NET podem ser adicionados a uma aplicação VB6 com a ajuda da Interop Form Toolkit 2.0 (PDF).
  • Reescrita – reescrever todo o código em .NET manualmente. Esta é uma abordagem viável quando o aplicativo VB6 inicial foi mal escrito e uma reescrita é desejada, o aplicativo precisa de uma mudança importante para satisfazer as novas necessidades, ou o código fonte não está disponível.

Se a migração é o caminho a percorrer, as próximas três soluções são úteis para isso:

A Microsoft publicou recentemente um estudo de caso destacando o sucesso da migração de 950.000 linhas de código VB6 para .NET. O processo foi conduzido pela SiS, uma empresa de TI austríaca, usando VB Migration Partner from Code Architects durante um período de 9 meses.O projeto foi um ERP construído há mais de 10 anos, somando 33 aplicações. A melhor solução para esta aplicação foi migrá-la ao invés de usar um aplicativo de ERP personalizados ou reescrevê-lo. Personalizar um ERP comercial não foi aceito porque teria custado 3-5 milhões de Euros, levaria 2 anos e nenhum fornecedor estaria garantido para implementação de todas as características originais.

A SiS selecionou 25.000 linhas de código e tentou migrá-las com várias ferramentas. VB Migration Partner foi o melhor, para o pedaço de código que estava sendo migrado, compilado e pronto para ser executado em 2,5 horas. Eles também relataram que o VB Migration Partner exigiu o mínimo de intervenção manual para fazer com que a User Interface parecesse como a original.

A aplicação ERP inteira foi migrado em 9 meses por 3 desenvolvedores, totalizando "3.650 horas de desenvolvimento, 3.400 horas para a revisão de código e refactoring, e 1.300 horas para o teste." A revisão do código foi solicitada porque o código teria mudanças maiores no futuro e nenhum dos desenvolvedores originais estavam disponíveis. Custo total: 750.000 euros, muito inferior ao exigido um por um ERP customizado. O processo foi desenvolvido em etapas: quando um módulo era concluído, ele deveria ser integrado ao restante da aplicação em VB até que a aplicação inteira tivesse sido migrada para .NET.

As empresas com grandes investimentos em VB6 ainda podem fazer bom uso de seu legado migrando para .NET. A Microsoft e seus parceiros parecem ter as ferramentas para o trabalho.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

Migração VB6 para .NET by Fernando da Silva

Uma noticia destas vindo da Microsoft tem sua credibilidade duvidosa, oque achei estranho foi a parte onde eles demostram a eficiencia do VB Migration Partner. migração inicial de 25.000 linhas de codigo em 2,5 horas, mais oque acho estranho e o trecho onde se lê: "exigiu o mínimo de intervenção manual para fazer com que a User Interface parecesse como a original". Copiar uma tela e refazela em uma nova ferramenta nova e facil, mais pergunto (e mais importante), como é que ficou a logica do negocio ?

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

1 Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2013 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT