BT

Novos recursos do Google Wave Robots API

por Abel Avram , traduzido por Lucas Souza em 19 Mai 2010 |

O Google Wave Robots API v2 não é compatível com a versão 1 e foi melhorada com recursos como: Active API, Context, Filtering, Error Reporting, Proxying-For. Junto ao Java e uma biblioteca cliente Python útil para criar robôs, desenvolvedores podem criar suas próprias bibliotecas baseados no Robot Wire Protocol.

Um Robô é um participante automatizado do wave. Um robô roda como uma aplicação server side, sendo apto a criar waves e interagir com elas, por exemplo adicionando ou removendo participantes, criando ou modificando blips, interagindo com o mundo externo em nome das waves. O Google atualizou a API de robôs para a versão 2.0 que não é compatível com a versão 1. Todos os desenvolvedores estão convidados para migrar seus códigos para usarem a nova API até de 30 de junho de 2010, quando a versão antiga será retirada do ar.

Alguns dos novos recursos introduzidos na API de robôs são:

  • Active API: In v2, robots can now push information into waves (without having to wait to respond to a user action). This replaces the need for our deprecated cron API, as now you can update a wave when the weather changes or the stock price falls below some threshold. You can learn more in the Active API docs.
  • Active API: Na versão 2, os robôs podem colocar informações dentro das waves. Isso substitui a necessidade da cron API, agora você pode atualizar uma wave quando o tempo muda, ou quando o preço das ações fica abaixo de um limite. Você pode aprender mais na Active API docs.
  • Context: Robôs podem agora mais precisamente especificar quanto de informação eles querem trazer a partir de um determinado evento. Se somente os conteúdos do blip afetado precisa ser atualizado e você quer reduzir a banda do seu robô, então você pode especificar o novo SELF Context. Por outro lado, se você precisa de todas informações de uma onda, você pode especificar o novo ALL Context. Você pode aprender mais no Context docs.
  • Filtrar: De uma maneira similar, com a nova API, o robô pode especificar quais eventos são necessários para responder, conservando a largura da banda e ignorando todos que não se aplicam. Você pode aprender mais em Filtering Events docs.
  • Relatório de Erros: Robôs estão aptos a registrar-se para receber erros sobre falhas operacionais, tais como inserções em waves não existente. Você pode aprender mais em Error Reporting docs.
  • Proxying-For: Robôs podem agora transmitir para o Google Wave que suas ações são na realidade de um usuário diferente, através do campo proxying-For. Para robôs como deste exemplo, que conectam-se com o Google Code issue tracker, isto significa que a onda pode ser atualizada por usuários que não fazem parte do wave. Você pode aprender mais em Proxying-For docs.

Alguns dos novos recursos recentemente anunciados para a Robots API são:

  • Bundled Annotations – adiciona um novo texto e anota-o em uma chamada
  • Inline Blip Positions – obter a posição de um blip dentro de outro blip
  • Read Only Roles – ajusta o acesso read-only a uma wave via API

Um robô se comunica com uma wave através do Robot Wire Protocol que é um evento baseado na comunicação entre as waves e os robôs. Um robô registra-se nas waves de seu interesse e é informado sobre alterações e atualizações por meio de eventos contidos em JSON Message Bundles. Ao receber tal evento o robô pode efetuar uma operação na wave através de JSON-RPC ou usando a Robots API.

Atualmente existe uma Biblioteca Cliente em Java e uma em Python para ajudar os desenvolvedores a criarem robôs usando o Robots Wire Protocol, porém o protocolo permite que os desenvolvedores criem novas biblioteca usando a linguagem que desejarem.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT