BT

Anunciado host de projetos da Eclipse Labs

por Alex Blewitt , traduzido por Rafael Marques em 17 Mai 2010 |

A Fundação Eclipse anunciou no dia 13 a criação do Eclipse Labs, um site para hospedagem de códigos voltado à projetos open-source para o ecosistema do Eclipse, porém não são hospedados no hardware da Fundação Eclipse.

Em conjunto com o Google, a Eclipse Labs hospeda uma instância do Google Project Hosting em http://www.eclipselabs.org/. O intuito do projeto é permitir que qualquer pessoa que esteja interessada em desenvolver plug-ins (ou OSGi bundles) tenha um local comum para hospedagem de projetos open source, ao invés de distribuir seus projetos em diversos hosts. Naturalmente, a licença padrão utilizada é a EPL, porém poderão ser escolhidas outras licenças open source; embora seja importante ressaltar que a licença GPL é incompatível com plug-ins que não possuem licença GPL - o que explica o fato de não haver projetos Eclipse ou OSGi sob a GPL.

Planos futuros incluem a possibilidade para os plug-ins declararem metadados sobre o local de atualização, de modo que possam ser incluídas no recém anunciado Eclipse Marketplace (antigo EPIC). Juntamente com o Cliente Eclipse Marketplace Helios, isto deverá tornar a instalação de plug-ins desenvolvidos pela comunidade mais fácil do que a forma padrão de instalação na plataforma Eclipse.

O Google anunciou o seu primeiro projeto a ser hospedado no Eclipse Labs - O “Workspace Mechanic”, cujo objetivo é possibilitar a sincronização de configurações entre diversos workspaces. Tendo sido utilizado internamente no Google à algum tempo, Robert Konigsberg explica os benefícios:

O Workspace Mechanic pode ser utilizado tanto para o uso de um único usuário quanto para modo enterprise para realizar manutenção de todos os seus ambientes no Eclipse.

Uma das coisas mais legais que adicionamos é um Gravador de Preferências, que pega as alterações nas preferências e as salva como tarefas que você poderá aplicar em todos os outros workspaces em seu computador.

Um outro a adotar o Eclipse Labs é o Wascana, uma solução fácil de utilizar para um ambiente CDT baseado no Windows com o MinGW baseado no gcc, tudo em um único pacote. Devido o gcc estar sob licença da GPL, ele não pode ser hospedado ou distribuido a partir do eclipse.org. Embora a maioria dos sistemas operacionais baseados em Unix já possuírem o gcc instalado, o fato do gcc não vir previamente instalado no Windows significa que o CDT possui mais obstáculos para rodar em ambiente Windows. Doug Schaefer, o líder do projeto Eclipse CDT e o criador do Wascana, acha que isso mudará o jeito que as coisas são:

Quando eu ouvi falar pela primeira vez do Eclipse Labs, eu estava animado com a idéia. Ter um site que centraliza a hospedagem, onde nós podemos juntar todos os projetos open source que não estão no site oficial do Eclipse é uma boa maneira de conquistar visibilidade para estes projetos e um grande incentivo para a criação de novos projetos.

Bem, hoje o Eclipse Labs é uma realidade. E como eu fui um dos beta testers dele, estou satisfeito em anunciar que eu movi a IDE Wascana Eclipse C/C++ para Windows para ele. Eu realmente batalhei com o Wascana no SourceForge, onde não havia muita movimentação, mas graças ao Eclipse Labs, ele deverá ajudar as pessoas a achá-lo e se afirmar na comunidade do Eclipse.

Agradeço ao Ian Skerrett e o Google por conceber o Eclipse Labs juntos. Como eu mencionei no blog a primeira vez que eu ouvi falar disso, isto vai mudar como as coisas se comportam. Eu mal consigo esperar para ver quais projetos irão aparecer por lá.

No momento, o Eclipse Labs suporta os mesmos sistemas de controle de versão do Google; SVN e Hg. O suporte ao Git no Google Code foi inicialmente descartada (embora muitos utilizam o Google code via git svn). A análise deles sobressaltou preocupações sobre a performance no HTTP no momento:

Enquanto haviam muitos DVCSs que nós poderíamos suportar, a nossa decisão em suportar o Mercurial foi baseado em duas razões principais. A primeira razão foi a nossa grande base de usuários existentes que utilizam o Subversion que querem utilizar um sistema de controle de versão distribuído. Segundo, dado que a infraestrutura do Google Code foi construído baseado em serviços HTTP, nós achamos que o Mercurial possuía as melhores características de protocolo e desempenho para suporte HTTP. Para maiores informações, veja a nossa análise.

Desde a nossa análise inicial, o git adquiriu o Smart HTTP Protocol, agora utilizado pelo Github e deverá ser lançado em um futuro próximo para os repositórios Git do Eclipse. Isto trás a mesma velocidade do protocolo do Git através de uma ligação HTTP, o que deve aliviar a preocupação. (Shawn Pearce, que trabalha no Google, é um committer nos projetos Git e EGit/JGit e desenvolveu o Smart HTTP Protocol.) Porém, até o suporte ao Git for adicionado para os sistemas de controle de versão suportados pelo Google, ele não estará disponível no Eclipse Labs.

E você? Irá mover os seus projetos baseados no Eclipse ou OSGi para o Eclipse Labs?

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT