BT

Alfresco anuncia o Activiti Project, uma Engine BPM com licença Apache 2

por Josh Long , traduzido por Andrew Kurauchi em 25 Mai 2010 |

A Alfresco Software, criadora do principal sistema open source de gerenciamento de conteúdo corporativo (enterprise content management - ECM) anunciou na segunda-feira o seu projeto open source Activiti Business Process Managment (BPM), liderado pelo criador do jBPM, antigo líder do jBoss jBPM e autoridade em BPM Tom Baeyens. Joram Barrez, também um antigo membro da equipe jBPM, se junta a ele como desenvolvedor do núcleo do Activiti. A Alfresco há muito incorporou o jBPM em sua oferta de produtos e continuará a apoiar o seu avanço. Finalmente, a Alfresco também vai incluir o Activiti em lançamentos futuros.

O Activiti é um novo projeto open source com licença Apache 2 que oferece uma engine BPM leve, embarcável com suporte a BPMN 2.0. No mercado BPM, há muitas especificações que - discutivelmente - nunca ofereceram liderança em todos os problemas principais resolvidos por uma engine BPM ou de fluxo de trabalho. BPEL é frequentemente criticada por prover um modelo em tempo de execução muito limitado para processos mais complexos. Mais confusamente, BPMN 1.0 emergiu e especificou um conjunto muito rico de símbolos para descrever processos, mas não especificou uma semântica de execução, como o BPEL fez. Muitos vendedores queriam criar ferramentas BPMN que utilizassem BPEL, mas isso foi insustentável, já que o BPEL não podia descrever muitas coisas que podiam ser desenhadas em BPMN.

Muitas engines foram felizes em oferecer alternativas, incluindo o jBPM. O jBPM fornece uma sintaxe XML proprietária mais simples chamada jPDL que poderia ser escrita à mão e facilmente incorporada a aplicações.

O Activiti assume um compasso diferente, escolhendo ao invés de adotar BPMN 2.0, que especifica tanto a semântica de execução, quanto a descrição visual de um processo. Isso habilita um ambiente de qualidade, simples e round-trip friendly tanto para analistas de negócio quanto para engenheiros lidando com a representação em tempo de execução de um processo. Assim como jBPM (e, de fato, qualquer projeto bem planejado) o Activiti desacopla o modelo de processo da linguagem e assim é possível escrever outras linguagens de processo sobre o modelo. Diferentemente do jBPM, o Activiti não possui um formato proprietário, exigindo uma tradução confusa para utilizar BPMN 2.0: BPMN 2.0 é o formato nativo.

O Activiti é acompanhado de um modelador visual (chamado Activiti Modeler) que pode ser usado para modelar diagramas muito sofisticados. O BPMN 2.0 também é razoavelmente compacto e conveniente. Entretanto, em alguns aspectos é um pouco mais verborrágico do que o jPDL e então foi introduzido o suporte a "shortcuts". Esses "shortcuts" são traduzíveis para BPMN 2.0 válido e portanto não representam extensões proprietárias.

O Activiti é leve e facilmente integrável com aplicações existentes, que naturalmente se encaixa aos objetivos do framework Spring. Além de suportar BPMN 2.0, é possível especular sobre outros possíveis usos para uma engine de fluxo de trabalho: Spring Web Flow descreve fluxos de trabalho em termos de navegação, Spring Batch descreve fluxos de trabalho para processar batch pipelines, Spring Integration "infere" estados de processo a partir de eventos, etc. SpringSource escolheu Dave Syer, líder do projeto Spring Batch, para representar a comunidade Spring na equipe Activiti, com a intenção de levar BPMN aos usuários de Spring.

Desenvolvedores que gostariam de começar deveriam olhar o 10 Minute Tutorial, e quando quiserem aprender mais, deveriam consultar o Activiti User Guide. O projeto está sendo desenvolvido autonomamente - à parte da Alfresco, mas visando construir a sua própria comunidade.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT