BT

Scrum nas Escolas

por Dan Mezick , traduzido por Anderson Duarte Vaz em 22 Jul 2010 |

O Scrum está ganhando apoio fora da área de TI. O projeto "Scrum in Schools" é um esforço de base para integrar, na idade apropriada, o Scrum na grade curricular das escolas ao redor do mundo.

Scrum nas Escolas

O projeto Scrum in Schools (Scrum nas Escolas em português) é uma iniciativa que traz o Scrum para cada escola no mundo de graça. A idéia é que as crianças levem o Scrum para times e organizações que venham a fazer parte. Isso significa que a banda, o time de hockey, grupos de projetos, o colégio que frequentam, AS ORGANIZAÇÕES que eles irão fazer parte em toda uma carreira de trabalho.

Michael de la Maza é a pessoa por trás dessa poderosa idéia e talvez a melhor pessoa para falar a respeito do assunto. De acordo com Michael,

A atenção imediata é trabalhar com um grupo de educadores e consultores Scrum para criar uma grade curricular para o "Scrum in Schools", a qual educadores de todo o mundo possam implementar.

A visão ambiciosa do projeto é a de um mundo onde crianças de todos os lugares possam aprender Scrum na escola. Elas trabalhariam com isso, elas fariam isso, e levariam isso com elas para o colégio e além.

A mecânica incluí criar uma grade curricular, e fazê-la livre para o mundo. O resultado final desejado é um mundo melhor onde as crianças conheçam e usem Scrum, para esclarecer o que é o trabalho em equipe.

O Grupo de Usuários Ágeis de Boston está realizando um encontro dia 28/07. Educadores interessados nessa iniciativa estão convidados e participar e se reunir com os organizadores do "Scrum in Schools". Os organizadores estão em busca de 10 educadores para ajudar a moldar, validar e apresentar a grade curricular do projeto.

A Scrum Alliance está oferecendo suporte, sob a forma de uma valioso treinamento em Scrum para professores que se comprometerem com a iniciativa.

De acordo com Michael de la Maza o "Scrum in Schools" tem um escopo abrangente, intenção a longo prazo e visão.

Eu acredito que a maneira mais efetiva de “Mudar o mundo do trabalho” é introduzir Scrum antes que as pessoas começem a trabalhar. Por isso, desenvolver um programa para as crianças é fundamental para o sucesso da missão da Scrum Alliance. Daqui a dez anos o Scrum poderá ser ensinado por educadores de todo o mundo.

Professores que se interessem em participar com algum tempo e energia nessa iniciativa estão intimados a comparecer ao evento do dia 28/07 do grupo de usuários ágeis de Boston para encontrar os organizadores e discutir os próximos passos.

“Professor”, como descrito, significa uma pessoa que ensina das séries 7 para cima em qualquer escola credenciada.Mesmo o epicentro dessa iniciativa sendo em Boston/Massachusetts, não importa de onde esse professor é. A Scrum Alliance está fornecendo suporte na forma de um treinamento complementar, em Boston, para professores que se comprometerem a ajudar com o início do projeto. Isso significa que os professores interessados GANHAM um curso gratuito para certificação Scrum Master.

Professores que se comprometerem com o Scrum nas Escolas estão se comprometendo com os seguintes deveres e obrigações:

  1. Entrar em contato com os organizadores e, se possível, comparecem no encontro de 28 de Julho do Agile Boston para discutir essa iniciativa com alguns dos organizadores;
  2. Participar do curso para certificação Scrum Master;
  3. Realizar auto-estudo em Scrum;
  4. Fornecer suas melhores idéias para o modelo da grade curricular;
  5. Acompanhar o andamento do desenvolvimento da grade curricular;
  6. Conduzir um teste piloto com algumas crianças e reportar os resultados;

O trabalho lida com Scrum, por isso espera-se que os envolvidos usem incrementos e técnicas iterativas (o próprio Scrum) para executar todo o trabalho, com a orientação dos líderes, enquanto o projeto vai ganhando forma.

O Product BackLog

Esse é a atual visão macro da situação do projeto Scrum nas Escolas:

Como professor, Eu quero ser capaz baixar os planos de aula e materias para as sessões.

Como professor, Eu quero suporte em aprender a como aplicar a grade curricular.

Como professor, Eu quero aprender em como usar o Scrum para ensinar com maior eficácia.

Como estudante, Eu quero materiais que auxiliam as minhas necessidades de estudo.

Como estudante, Eu quero organizar meu trabalho mais eficientemente.

Como estudante, Eu quero ser ensinado de uma forma maravilhosa.

Como estudante, Eu quero aprender a me comunicar mesmo quando existem conflitos.

Como estudante, Eu quero aprender a gerenciar meu tempo.

Como estudante, Eu quero aprender a como falar dos meus sentimentos e necessidades.

Como estudante, Eu quero aprender a como pedir ajuda e não sentir medo em fazer isso.

Como estudante, Eu quero usar minha criatividade para explorar possíveis soluções para os problemas que eu encontrar.

Como estudante, Eu quero aprender a como refletir efetivamente sobre as decisões que eu tomei.

Os Organizadores

Os organizadores são Michael de la Maza, Gerry Kirk, Helen de la Maza e Dan Mezick. Michael de la Maza é um profissional Scrum que vive em Boston. Gerry Kirk é um profissional ágil vivendo em Ontario, é pioneiro em usar técnicas ágeis em organizações com intenções comunitárias. Helen de la Maza é professora e inovadora da educação K-12 (ensino fundamental) localizada na California. Dan Mezick é um treinador ágil e instrutor que vive em Connecticut.

Será que esse projeto pode causar um grande impacto? É evidente que para nós, Brasileiros, Boston não é tão perto, mas esta talvez algum brasileiro possa abraçar o projeto e iniciar ele por aqui.

Quem estiver interessado em fazer perguntas específicas sobre essa iniciativa popular pode contatar o organizador do Scrum nas Escolas, Michael de la Maza, por email.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão
Comentários da comunidade

Ótima idéia by Daniel Puntel

Visto algumas dificuldades de organização, interpretação correta do que fazer, tempo e comunicação com colegas que existem nessa fase escolar, vejo como ótimo momento de iniciar doutrinar as pessoas e, quiçá, instigar novos profissionais para uma área carente.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

1 Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT