BT
x A sua opinião é importante! Por favor preencha a pesquisa do InfoQ sobre os seus hábitos de leitura!

Lançamento do NetBeans 6.9 traz suporte a JavaFX, Java EE6 and OSGi

por Josh Long , traduzido por Anderson Duarte Vaz em 20 Jul 2010 |

A Oracle lançou a versão 6.9 da sua popular IDE de código aberto denominada Netbeans. Esse é também o primeiro lançamento da IDE sob a administração da Oracle. O lançamento tem algumas modificações incluindo uma série de novas funcionalidades, bem como muitas melhorias.

A primeira das muitas adições, e mais visível para os usuários, é o novo suporte para construção de aplicações JavaFX utilizando a IDE, chamado JavaFX Composer. Muitos aguardavam por esse suporte à JavaFX para deixarem de lado o conjunto de ferramentas específicos para a plataforma. As funcionalidades do JavaFX oferecem uma ferramenta para desenho visual, bem como um editor de código. Os desenvolvedores podem escrever o código, construí-lo e executá-lo com facilidade, assim como reformatar arquivos de código. As ferramentas visuais serão a opção mais atrativa para usuários que estão procurando alternativas as ferramentas visuais do Flash da Adobe. O compositor JavaFX permite que as pessoas manipulem visualmente uma aplicação, arrastando e largando componentes na tela. A ferramente permite você usar - e visualmente alterar suas propriedades - todos os componentes padrões disponíveis vindos do SDK. O compositor JavaFX também provê suporte para vincular serviços web e banco de dados aos componentes utilizando uma idéia genérica e abstrata de fontes de dados e conjunto de registros. Portanto, é muito fácil criar essas fontes de dados na IDE.

A ferramenta se integra de forma agrádavel com a suíte de produção JavaFX. A suíte é um pacote de plug-ins que habilita um melhor fluxo de desenho/desenvolvimento entre os desenvolvedores de aplicações JavaFX - aqueles que fornecem a lógica da aplicação - com artistas e designers que tem tendência mais visual - aqueles que fornecem sutileza e interface com o usuário de uma aplicação - utilizando ferramentas de desenho padrão como os produtos Illustrator e Photoshop da Adobe. Com os plugins, um designer pode renderizar um desenho vetorial, colocar os elementos da ilustração em diferentes “camadas”, atribuir nomes, e então exportar a ilustração em um formato que o JavaFX consegue ler. Esse arquivo pode ser colocado na aplicação Java e ser pré-visualizada no JavaFX Composer. Adicionalmente, as camadas nomeadas podem ser referenciadas e manipuladas visualmente (e programaticamente) no JavaFX Composer. O JavaFX Composer suporta os estados do JavaFX, que o qual descreve a configuração de um objeto a partir de um nome. Estados são muitas vezes usados da mesma maneira que você usaria key-frames em uma ferramente de edição de vídeo. Você pode, por exemplo, animar um objeto entre dois estados.

O lançamento também traz um avanço na plataforma NetBeans RCP. Enquanto “NetBeans” descreve uma IDE, NetBeans RCP é o framework que está abaixo da IDE. O framework facilita a construção modular e consistente de aplicações Swing. Essa plataforma, e a sua IDE, tem 13 anos de idade. Muitas entidades - como indústria e escolas - construiram ferramentas com base na plataforma NetBeans RCP. Esse lançamento fornece grande facilidade de uso para aqueles que estão querendo usar a plataforma, a sua consistência, e conjunto padrão de ferramentas Swing com OSGi. OSGi - uma especificação que descreve o ciclo de vida de componentes Java em dado classloader - é um framework modular usado pelo IDE Eclipse. A funcionalidade OSGi habilita integração entre componentes OSGi com o sistema NetBeans Module: desenvolvedores podem utilizar os módulos NetBeans a partir do OSGi, eles podem usar serviços OSGi dentro do NetBeans RCP, e eles podem executar todo o NetBeans RCP como OSGi.

O NetBeans 6.9 também oferece muitos refinamentos. O conjunto genérico de ferramentas para desenvolvedores web foi atualizado com um novo suporte para - entre outras coisas - refatoração de elementos HTML e CSS. O lançamento também apresenta atualizações para os editores de PHP e Ruby na IDE. O NetBeans 6.9 suporta a novíssima plataforma Spring 3.0 que foi lançada em Novembro de 2009. O suporte a Java EE6 que foi adicionado no NetBeans 6.8 coincide com a finalização da especificação da plataforma JEE 6 no final do ano passado. Entretanto, algumas partes da especificação foram finalizadas depois e por isso o suporte do NetBeans 6.8 ficou incompleto. Esse lançamento oferece melhor suporte para CDI (a API de injeção de dependência do Java EE6), JSF 2.0 (incluindo Facelets), e as APIs Web Beans.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT