BT

Um Arquiteto deve Possuir um MBA?

por Abel Avram , traduzido por Pedro Mariano em 26 Ago 2010 |

Todd Biske, um Arquiteto e autor do livro SOA Governance, iniciou uma discussão no Twitter fazendo a seguinte pergunta "Os Arquitetos devem ter/buscar um MBA?". Alguns dos arquitetos corporativos que responderam a essa pergunta acreditam que um MBA não é obrigatório mas pode ser útil.

Mike Kavis, um ex-arquiteto e atual CTO de uma start-up, acha que a importância de um MBA é secudária para "possuir uma vasto conhecimento de TI em toda a empresa". Ele complementa sua frase contando como um MBA pode ajudar. Antes de conseguir seu MBA, Kavis trabalhou para uma companhia onde ele queria convencer os gerentes a utilizar SOA. Ele convenceu um colega que o ajudou a obter sucesso nessa tarefa. Ele explica como ele se convenceu a buscar seu MBA:

O que eu aprendi durante esse processo foi que o meu colega entendia como falar a linguagem certa para cada tipo de pessoa. Ele poderia vender para os acionistas pois ele sabia o que eles estavam buscando além de entender o que de fato eles faziam. Ele sabia como o marketing trabalhava. Ele podia criar planos de negócios, modelos de finanças, etc. Eu rapidamente percebi que se eu me matriculasse em um MBA o curso me ensinaria sobre marketing, economia, finanças, contabilidade, liderança organizacional, leis trabalhistas, análises, entre outros, eu provavelmente poderia vender essas idéias mais tarde. Então assim que terminei meu MS (master of science) em TI, eu imediatamente iria me inscrever em um MBA.

A conclusão de Kavis é que um arquiteto não deve ter obrigatoriamente um MBA, mas ele ajuda:

Então os arquitetos precisam de um MBA? Não. Mas se um arquiteto corporativo nunca esteve na pele de um gerente de marketing, um advogado, um gerente, um CIO, um vendedor executivo, um operador, entre outros, um MBA pode transformar esse arquiteto de uma pessoa inteligente em TI para uma que possui excelente ligação entre TI e negócios. O meu MBA foi um dos melhores investimentos que eu já fiz na minha carreira.

Gagan Saxena, gerente de TI e arquiteto, complementa o post do Kavis:

Um MBA certamente é útil e irá ajuda quem deseja se tornar um melhor arquiteto. Ele não irá, automaticamente, garantir um lugar na mesa ao arquiteto. O arquiteto ainda terá que adquirir respeito com o domínio/conhecimento da indústria, diplomacia e liderança empresarial.

Por outro lado, cursos modernos de MBA precisam de aulas sobre arquitetura corporativa para que nós possamos nos mover além das barreiras artificiais impostas. Se você estuda contabilidade básica, recursos humanos, leis e operações, por que não arquitetura corporativa? Cada uma dessas matérias possuem profissionais específicos mas é esperado que um gerente geral de negócios conheça pelo menos o básico para que ele consiga falar com os profissionais.

Aleks Buterman, um ex-arquiteto e que atualmente ocupa um cargo de gerência em uma companhia, defende a idéia de que é melhor para um arquiteto possuir um MBA:

A responsabilidade de, e também o maior obstáculo para,  um arquiteto de sucesso é possuir grande respeito nas divisões de negócio e de TI. Isso significa que ele deve estar apto a falar diversas línguas - aquela da estratégia corporativa, operações empresariais, métricas (incluindo financeiras), estratégias de TI, e estratégia para operações - em múltiplas áreas tanto de negócios quanto de tecnologia, estas que possuem os seus próprios dialetos. Sem nenhuma educação formal em administração de negócios ou um tempo considerável de experiência, eu acho dificil encontrar um arquiteto que consiga ganhar créditos discutindo tais tópicos.

Isso não significa que pessoas sem MBA não podem trabalhar com Arquitetura Corporativa, na verdade experiência é bom, se não melhor, do que ter um MBA onde apenas lá você aprende finanças. Além disso, não é valido afirmar que um MBA automaticamente  possibilite alguém desqualificado em tecnologia obter sucesso como arquiteto. Ao fim do dia, um arquiteto deve possuir credibilidade de um mestre em diversas áreas, então eu não vejo como um MBA poderia prejudar essa credibilidade.

Ter um MBA é realmente necessário para facilitar a comunicação com os executivos, ou o trabalho de um arquiteto é mais técnico e possuir um MBA não irá prejudicar mas também não é uma das principais prioridades?

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

Concordo com Mike Kavis by Anderson Duarte Vaz

Ao menos para mim a visão corporativa ficou mais ampla assim que fui aprendendo mais sobre Finanças Corporativas, Direito Empresarial e até mesmo técnicas na Gestão de Pessoas, certamente isso você pode aprender por si só mas um MBA de boa qualidade alavanca esse aprendizado com bastante eficiência.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

1 Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT