BT

Java na TV, 2.0

por Fernando Ribeiro em 18 Mar 2011 |

Aconteceu hoje, 18 de março, em São Paulo o Congresso TV 2.0, que discutiu o futuro da televisão. O evento tratou da distribuição de conteúdo sob demanda através de aplicativos de televisão, para os quais a tecnologia Java foi originalmente projetada.

A primeira tentativa de usar Java na televisão foi o Java TV, um framework para desenvolvimento de aplicativos chamados Xlets, lançado em 2000 e atualizado até 2008. A especificação do Java TV foi liderada pela Sun e contou com o apoio das empresas LG, Motorola, Nokia, Philips, Samsung, Sony, Toshiba, entre outras. Mesmo assim, só chegou a ser suportada em poucos aparelhos.

O Ginga-J, projeto nacional lançado em 2007, complementou o Java TV, inclusive com uma versão modificada da biblioteca LWUIT (Lightweight UI Toolkit), que é muito usada em aplicativos móveis com suporte a Java ME. O Ginga-J é liderado pelo Fórum SBTVD (Sistema Brasileiro de TV Digital Terrestre) e também conta com apoio de várias empresas importantes. Mas sofre de problema similar ao Java TV: ainda é suportado em poucos aparelhos de TV (ou telefones).

O Ginga-J se destacou inicialmente por não exigir conexão com a internet, mas esta vantagem tende a ser minimizada pelo crescimento do acesso via conexões de banda larga e investimentos do Plano Nacional de Banda Larga.

Uma das mais recentes tentativas, em escala mundial, é a Google TV. Lançada no final de 2010 e apoiada pelas empresas Sony e Samsung, a "TV do Google" já é suportada em alguns aparelhos (por exemplo, o Logitech Revue e certas televisões HD da Sony). Ao contrário do Ginga-J, o Google TV que é baseado no Android, oferecerá lojas de aplicativos, como acontece para os smartphones e tablets que rodam este sistema operacional. 

Será que a Google TV vai transformar a "linguagem da Internet" na "linguagem da TV"? Você gostaria de desenvolver aplicativos para a nova plataforma do Google? 

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT