BT
x A sua opinião é importante! Por favor preencha a pesquisa do InfoQ sobre os seus hábitos de leitura!

Google reestrutura suas APIs, deixando algumas vítimas

por Eder Magalhães em 02 Jun 2011 |

O Google anunciou uma reestruturação no seu catálogo de APIs (API Directory), devido ao lançamento recente de novas APIs e à desativação de APIs antigas que não atingiram o nível de maturidade esperado. 

Segundo a equipe do Google, por conta da evolução da web e em razão de mudanças em prioridades da empresa, algumas APIs foram marcadas como obsoletas (deprecated) e serão descontinuadas. Isso significa que o Google manterá a API em funcionamento durante certo período (máximo de três anos) mas irá parar de investir no desenvolvimento de novas funcionalidades.

Algumas APIs serão consolidadas, como as de acesso ao Google Books (com duas APIs substituídas por uma revisada e mais poderosa), ou simplesmente substituídas. Outras, como a Translate API, serão descontinuadas sem a disponibilização de alternativas. A razão dada para a descontinuação da Translate API foi o "abuso" da API pelos desenvolvedores. A API já teve o número de requisições permitido por dia reduzido e irá parar de funcionar em dezembro deste ano.

As novas APIs, todas anunciadas no Google I/O 2011 são:

  • Discovery Service: API leve, baseada em JSON, que expõe metadados sobre APIs do Google.
  • Tasks API: Permite a manipulação de dados no Google Tasks.
  • Books API: Para consultas de informações sobre os livros do Google Books. Esta notícia do InfoQ Brasil descreve detalhes sobre a API e novidades recentes.
  • Pagespeed Online API: Para extrair informações sobre desempenho de aplicativos ou sites web e preencher os dashboards dos usuários para análise e acompanhamento dessas informações.
  • Places API: Usada para extrair informações sobre um determinada localidade. Com ela seria possível, por exemplo, consultar os restaurantes de São Paulo e analisar qual o cardápio mais interessante do dia.
  • Prediction API: Pode ser utilizada em qualquer tipo de aplicação, para priorizar dados relevantes e aplicar a funcionalidade de recomendação, por exemplo um produto exclusivo para um cliente.
  • Fusion Tables API: Possibilita que desenvolvedores manipulem dados no Google Fusion Tables, um gerenciador de dados com a capacidade de expor e compartilhar informações importadas de uma planilha ou arquivo CSV.

Algumas APIs foram marcadas como obsoletas, mas sem o estabelecimento de uma data para desligamento:

Outras já têm um plano para desligamento. O Google disponibiliza, para cada uma das seguintes APIs, uma documentação descrevendo a estratégia seguida:

A recomendação do Google para os usuários das APIs obsoletas é que leiam a documentação disponibilizada em cada API, para compreender os detalhes sobre seu desligamento, além de fazer gradualmente a migração para APIs alternativas do Google, quando isso for possível.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Google Translate API by Fernando Ribeiro

Não entendi mesmo essa do "abuso", gostaria que a Google explicasse isso melhor.

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

1 Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT