BT
x A sua opinião é importante! Por favor preencha a pesquisa do InfoQ sobre os seus hábitos de leitura!

Existiria um Tipo de Personalidade Ágil?

por Shane Hastie , traduzido por Paulo Rebelo em 15 Jun 2011 |

[Ed.: Este artigo foi editado para aumento de relevância e concisão]

Em diversas pesquisas recentes sobre o impacto das personalidades em equipes ágeis, especialistas exploraram a existência de uma "personalidade ágil". Foi possível identificar algumas características fundamentais que sugerem uma relação entre a personalidade e a afinidade com os métodos ágeis, além do seu impacto sobre o desempenho das equipes.

O Agile Journal publicou um artigo de Mário Moreira sobre tipos de personalidade ágeis, em que o autor divide os membros de uma equipe em sete categorias, de acordo com o grau de experiência e o posicionamento em relação a metodologias ágeis. As características são resumidas no gráfico abaixo (extraído do artigo):

Moreira descreve as sete personalidades da seguinte maneira:

Inovador (Innovator)

Os inovadores compõem um pequeno grupo de profissionais experientes, com posicionamento muito positivo em relação ao Agile. O inovador é tipicamente um líder na indústria ágil e está motivado a aprimorar o uso de métodos, práticas e técnicas ágeis.

Carona (Bandwagon)

Uma pessoa neste grupo vê benefícios em participar da comunidade Ágil. Muitas organizações são movidas por modismos e tendências e em iniciativas em evidência como o Agile, e o carona vê vantagem na participação. Caronas são em sua grande maioria inexperientes com métodos ágeis, mas são otimistas em relação ao Agile, pois acreditam que,  passando-se por "agilistas", podem melhorar sua própria imagem ou evoluir sua carreira.

Cowboy

O cowboy vê o Agile como uma oportunidade para abandonar processos e documentação e viver uma vida "sem lei". Cowboys não são necessariamente negativos em relação a Agile, porque em muitos casos conseguem passar por agilistas. São os cowboys que têm propagado o mito de que Agile seria uma abordagem indisciplinada para codificadores do velho oeste.

Trabalhador (Workhorse)

O trabalhador aprendeu sobre técnicas ágeis tentando implementá-las por conta própria, ou no dia-a-dia de trabalho em uma equipe ágil. Possui visão positiva sobre Agile e é realista sobre o que funciona e o que não funciona. 

Negador (Denier)

O negador negará qualquer benefício da metodologia Agile, ou mesmo o seu interesse em mudar sua forma de pensamento. É contra Agile desde o início, por acreditar que as práticas podem interferir com o seu papel na hierarquia atual da empresa. Alguns negadores tiveram sucesso em um papel muito específico em um projeto e foram recompensados por isso.

Enganador (Deceiver)

O enganador aparenta ser Ágil, mas tenta ignorar ou até mesmo sabotar os projetos ágeis em que participa colocando a culpa no uso de técnicas ágeis. O enganador é contra Agile, pois obteve sucesso usando métodos tradicionais (ou nenhum método) e vê a mudança para técnicas ágeis como uma ameaça à sua cultura e forma de trabalhar.

Evangelista (Champion)

O evangelista conhece bem as técnicas ágeis e está disposto a defendê-las em toda a organização. É comum a sua atuação como coach e gerente de projeto, ou como líder de desenvolvimento, engenharia ou qualidade. O evangelista difunde o verdadeiro significado de Agile e a sua melhor forma de aplicação.

Richard Banks, em um artigo no seu blog chamado tipos de personalidade e desenvolvimento ágil, discute o padrão de personalidades DSPA (Driver, Promoter, Supporter, Administrator) e o Indicador de Myers-Briggs (MBTI), e relaciona esses conceitos ao trabalho numa equipe ágil. 

Banks dá a seguinte definição para os tipos DSPA:

  • Direcionador/Motivador. Decidido e direto, quer assumir o comando para ter sucesso e obter ganhos.
  • Promotor. Extrovertido e otimista, deseja influenciar outras pessoas e inspirá-las a agir.
  • Apoiador. Simpático e acolhedor, quer ajudar os outros e resolver conflitos.
  • Administrador. Preciso e reservado, deseja fazer as coisas de forma direita e presta especial atenção a detalhes.

Uma descrição de alto nível dos 16 tipos de personalidade MBTI pode ser encontrada aqui, e este bom artigo em português na Wikipedia apresenta outros detalhes.

Richards Banks concluiu seu artigo pedindo feedback sobre as pessoas relacionadas no MBTI e nos perfis DSPA, e como se sentem sobre o trabalho em equipes ágeis. Muitas das reações publicadas podem ser resumidas em uma resposta por Steve Horn:

É preciso examinar o que oferecem as diversas personalidades para compor uma equipe coesa. Uma variedade de tipos de personalidades traz mais benefícios do que uma equipe uniforme, formada na sua maior parte por membros com o tipo de personalidade "ideal para Agile".

Na conferência XP2010, Omar Mazni, Syed Abdullah Sharifah-Lailee e Yasin Azman apresentaram um estudo que analisa o impacto do tipo de personalidade (usando Myers-Briggs) sobre o desempenho da equipe na implementação do Extreme Programming. Eles concluíram que os resultados indicam que uma combinação adequada de tipos de personalidades em uma equipe pode influenciar profundamente o desempenho da equipe.

Existiria mesmo um tipo de personalidade ágil? E quais seriam suas principais características e impactos nas equipes?

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT