BT

Dor de cabeça com APIs web: mais regra do que exceção

por Jean-Jacques Dubray , traduzido por Reinaldo Braga em 30 Ago 2011 |

[Esta tradução foi otimizada pela equipe editorial do InfoQ Brasil]

Adam DuVander, do blog Programmable Web, publicou recentemente pesquisa sobre o uso de APIs. Nela, foram levantados alguns dos maiores problemas que os desenvolvedores encontram ao utilizar APIs na web, incluindo as mais populares, como as dos Google, Twitter e Facebook. Alguns resultados reportados:

A API do Facebook foi mencionada muito mais que as outras nas respostas sobre dores de cabeça, histórias de horror, e outros problemas de integração. Outras mencionadas com frequência foram as do Google e do Twitter. Essas três APIs são as mais populares dentre os desenvolvedores, mas há lições aprendidas se forem examinados em detalhe os resultados da pesquisa.

Em linha similar, a startup de integração de APIs, Trove, promoveu pesquisa para levantar o custo da integração e manutenção das APIs, e publicou sobre os resultados em seu blog:

Os fornecedores de APIs não estão tratando bem os desenvolvedores. A documentação é ruim, há problemas com serviços como o OAuth, acontecem mudanças nas APIs de maneira desordenada e sem aviso antecipado. E não há nada parecido com os padrôes de mercado, apenas boas práticas que podem ser contornadas por qualquer um. Como desenvolvedores, construímos nossa subsistência em cima dessas APIs e merecemos mais do que estamos recebendo.

Os maiores problemas reportados foram má documentação, tratamento de erros ausente ou limitado, falta de código de exemplo e de ambiente de testes, além de mudanças frequentes nas APIs.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2013 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT