BT

Microsoft anuncia Windows Management Framework 3.0 CTP1

por Jeff Martin , traduzido por Mário Henrique Trentim em 18 Out 2011 |

A Microsoft anunciou o primeiro Community Technology Preview (CTP) do Windows Management Framework 3.0, um conjunto de ferramentas para apoiar o gerenciamento das plataformas Windows 7, Windows Server 2008 e a futura plataforma Windows 8, com suporte às atuakizações mais recentes. O framework possui os componentes Windows PowerShell 3.0, WMI (Windows Management Instrumentation) e WinRM (Windows Remote Management) e já está incluído na versão de testes para desenvolvedores (developer's preview) do Windows 8. (Versões anteriores do Windows não são suportadas, nem a versão IA64 do Windows Server R2.)

O PowerShell 3.0 traz uma série de novas tecnologias, incluindo workflows, "sessões robustas" (robust sessions), agendamento de trabalhos e administração delegada. Em mais detalhes:

  • Os workflows permitem que o administrador crie tarefas, que podem ser executadas tanto em sequência quanto em paralelo, através de múltiplos computadores ao mesmo tempo.
  • As sessões robustas permitem conectar-se a um computador remoto, iniciar a execução de comandos e desconectar-se. Esses comandos continuarão a ser executados no computador remoto, e o usuário pode se reconectar posteriormente a partir de sua máquina cliente para monitorar o status ou verificar os resultados.
  • O agendamento de trabalhos (jobs) permite executar operações em datas futuras ou periodicamente. Os resultados são armazenados em um repositório do usuário para posterior verificação, utilizando uma sessão do Windows PowerShell.

O novo framework trazido pela versão CTP 1 acrescenta várias funcionalidades ao WMI. Deixa de ser dependente da API COM, o que simplifica o desenvolvimento e permite o uso de outras linguagens. Consequentemente, os cmdlets do PowerShell podem agora ser escritos em código nativo (C/C++). A nova versão também introduz uma nova API para gerenciamento de infraestrutura no lado do cliente, que permite a aplicações Windows gerenciarem computadores não-Windows. Essa nova API está disponível tanto para C/C++ quanto para .NET.

A infraestrutura para WinRM também recebeu melhorias. Além do suporte a sessões robustas, a Microsoft afirma que as conexões estão mais tolerantes a falhas de comunicação e a problemas de intermitência. Caso os problemas de comunicação da rede persistam, a sessão remota é capaz de continuar ativa mesmo que o cliente desconecte. Dessa forma, quando os problemas forem resolvidos, o usuário remoto pode utilizar as funcionalidades da sessão robusta para reconectar.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT