BT

Google App Engine 1.6.0: Graduação oficial e mais novidades

por Rafael Nunes em 22 Nov 2011 |

Após três anos e meio do lançamento da plataforma, o Google AppEngine deixa de ser um produto ‘preview’ e passa a ser completamente suportado pelo Google. O crescimento da plataforma neste tempo foi excepcional. Estatísticas atuais dão conta de mais de 100 bilhões de requisições por mês, 300 mil aplicações em execução e acima de 100 mil novos desenvolvedores adicionados mensalmente. Ficam claros, portanto, o sucesso e a necessidade de investimentos a longo prazo no GAE.

Com a nova versão 1.6.0, oficialmente será adotado o novo modelo de cobrança, conforme anunciado em maio; também foram publicados os documentos termos de serviço e política de uso, e há uma SLA de 99.95%.

E a nova versão traz um conjunto de novas funcionalidades:

  • Min Idle Instances: Agora você pode ajustar o número mínimo de instâncias da sua aplicação que ficarão em execução(de 1 a 100).
  • Max Pending Latency: Aplicações que necessitam de menor latência no acesso, agora podem configurar por quanto tempo uma requisição irá aguardar para ser atendida antes de iniciar uma nova instância da aplicação.
  • Python 2.7: Agora o SDK suporta também esta versão do Python; assim se pode testar aplicações localmente contra a versão 2.7, antes de publicá-las em produção.
  • Map Reduce (Python): Foi liberada uma versão experimental de um framework de Map Reduce, que inclui as fases Map, Shuffle e Reduce
  • Memcache API (Java): A API de memcache agora suporta chamadas assíncronas também para a plataforma Java.
  • Datastore Callback (Java): Pode-se agora especificar ações a serem executadas antes e depois das operações de put e delete no Datastore.
  • Blobstore API: Não será mais necessário habilitar a cobrança de sua aplicação para utilizar a API do Blobstore

Todas as funcionalidades e correções podem ser acompanhadas para ambas as plataformas nas notas da versão, para Python e Java.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2013 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT