BT

Android 4.1 agora é open source, com melhorias de interface, conectividade e ferramentas

por Abel Avram , traduzido por Rafael Sakurai em 13 Jul 2012 |

Recentemente foi aberto o código do Android 4.1, codinome Jelly Bean, com várias melhorias de interface de usuário, conectividade e aperfeiçoamentos no SDK, que incluem melhor renderização de HTML5, mensagens em nuvem e novas ferramentas para depuração.

Jean-Baptiste Query, líder técnico do projeto do Android Open Source, anunciou a abertura do fonte do Jelly Bean. Muitas das melhorias são relacionadas à interface com o usuário, sendo baseadas em APIs que incluem:

  • Uso de 16ms como período de sincronizaçnao do vsync, para todos os desenhos e animações;
  • Uso de buffer triplo para garantir mais suavidade em renderizações, rolagens de tela, paginação e animações;
  • Redução na latência da reação a toques, através da sincronização dos toques com o vsync, antecipação da posição dos dedos e otimização do uso da CPU;
  • Novas ferramentas para monitorar o desempenho, registros do sistema (com systrace) e coleta de dados do núcleo do sistema operacional;
  • Suporte para textos bidirecionais e novos idiomas;
  • Notificações expansíveis, contendo textos, ícones e botões;
  • Melhora na experiência com HTML5.

Em relação à conectividade, o Jelly Bean adiciona:

  • Transferência facilitada com Android Beam via Bluetooth;
  • Suporte à localização de serviços baseada em DNS, permitindo acessar serviços fornecidos por outros dispositivos Wi-Fi;
  • Melhorias no Wi-Fi Direct, para a localização de serviços previamente associados.

E há outras melhorias:

  • A arquitetura Google Cloud Messaging permite que os desenvolvedores de aplicações enviem mensagens curtas aos usuários;
  • Aplicações agora são criptografadas com uma chave específica ao dispositivo, antes de serem enviadas aos dispositivos através do Google Play;
  • Somente os "novos bits" serão baixados em atualizações de uma aplicação, não sendo necessário baixar a APK inteira.

Por fim, a nova revisão 20 do SDK do Android vem com as seguintes melhorias:

  • Novos modelos para criar aplicações, atividades, fluxos mestre-detalhe e views customizadas;
  • Tracer GLES, para registrar todas as chamadas ao OpenGL;
  • Monitor de dispositivos, para depurar aplicações e ferramentas;
  • Systrace, para registro em baixo nível das atividades no núcleo do sistema operacional.

Outra mudança importante é o plano do Google de fornecer um Kit de Desenvolvimento de Plataforma (PDK) aos fabricantes de dispositivos, com adiantamento de dois meses em relação ao lançamento de versões do Android. Essa iniciativa permite que os fabricantes forneçam uma atualização para os dispositivos escolhidos logo após o anúncio de um novo release. Nesse momento, muitos fabricantes ainda anunciam a atualização para o 4.0.1 (Ice Cream Sandwich), que foi liberada há vários meses.

Apesar de o Ice Cream Sandwich e algumas versões anteriores do Android serem capazes de suportar o Flash, o Jelly Bean não oferecerá mais esse suporte. A Adobe anunciou que "não haverá implementações certificadas do Flash Player para Android 4.1", pois a empresa parou o desenvolvimento e os testes do produto nessa plataforma. O Flash também não estará mais disponível para download no Google Play, depois do dia 15 de agosto, exceto para os dispositivos que já o têm instalado. A Adobe publicou a lista de dispositivos com Android que possuem a certificação do Flash.

O Google anunciou a atualização do Jelly Bean para os dispositivos Galaxy Nexus HSPA+. Os proprietários do Nexus S, Motorola Xoom e Nexus 7 irão receber esta atualização no final deste mês.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão
Comentários da comunidade

pré by Eduardo Zimerer

Qual são os pré-requisitos para o 4.1 em questão de hardware?

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

1 Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT