BT

JBoss EAP 6: Java EE 6 completo, deploy em cloud e mais

por Bienvenido David III , traduzido por Eder Magalhães em 10 Jul 2012 |

A Red Hat lançou recentemente o JBoss Enterprise Application Platform (EAP) 6, que torna a plataforma de desenvolvimento JBoss apta para o desenvolvimento em nuvem. A partir dessa versão, as aplicações em Java desenvolvidas com o EAP podem ser implantadas em clouds públicos ou privados, através do OpenShift, o PaaS (Platform as a Service) oferecido pela Red Hat. A plataforma também disponibiliza o servidor de aplicações JBoss compatível com Java EE 6 e novas ferramentas para aumentar a produtividade durante o desenvolvimento.

O JBoss EAP é uma plataforma para desenvolvimento de aplicações Java, integrada a outros produtos da Red Hat. É baseada em código aberto e tem enfoque em simplificar o desenvolvimento de aplicações corporativas. O EAP 6 é formado pelo JBoss Application Server (AS) 7.1, o JBoss Developer Studio 5.0, o JBoss Web Framework Kit 2.0 e opcionalmente o JBoss Operation Network (ON) 3.1. A plataforma é distribuída sob um modelo de assinatura contando com certificação, pacotes de atualizações/correções e nível de serviço coberto com SLAs.

JBOSS AS 7.1

O JBoss AS 7.1, o servidor de aplicações incluído na plataforma, conta com várias melhorias:

  • Aderência ao Java EE 6. A partir dessa versão o JBoss AS tornou-se um servidor de aplicações completamente compatível com as especificações da plataforma Java EE 6. O objetivo da plataforma Java EE 6 é simplificar o desenvolvimento de software implementando técnicas como o suporte a injeção de dependências, o uso de anotações para mapear configurações, suporte a POJOs e integração via REST;
  • Inicialização rápida. A inicialização dos serviços primários do servidor ocorrem de forma simultanea, enquanto os serviços não críticos permanecem passivos; ou seja, são carregados na primeira utilização. Devido a essas e outras mudanças o AS teve seu tempo de carregamento reduzido para menos de 3 segundos;
  • Núcleo modular. O JBoss AS 7 utiliza o JBoss Modules, um mecanismo que proporciona o isolamento de aplicativos (interfaces e implementação) e ajuda a evitar conflitos durante o carregamento das classes. Para melhorar o desempenho, as classes também são carregadas simultaneamente. E o suporte a OSGi está disponível, sendo desenvolvido em uma camada acima do JBoss Modules;
  • Redução no uso de memória. O JBoss AS 7 tem uma abordagem agressiva para o gerenciamento de memória, para minimizar pausas acarretadas pelo garbage collector. Perfis de servidor podem ser utilizados para eliminar recursos desnecessários, reduzindo o uso de memória.
  • Melhor administração. As configuração do JBoss AS 7 são centralizadas e voltadas para o usuário. O mesmo arquivo de cofiguração pode ser utilizado para múltiplos servidores no domain mode (várias instâncias, com um ponto de controle), com suporte à implantação em várias instâncias do mesmo domínio. Ainda é possível modificar as configurações do JBoss AS diretamente no arquivo XML. Mas é possível administrar o servidor através uma aplicação na web ou uma ferramenta de linha de comando;
  • Arquillian. Por fim, foi adicionado suporte ao projeto Arquillian, que torna possível a execução de testes unitários e integrados dentro do servidor de aplicações.

Várias outras melhorias foram implementadas no servidor. O InfoQ Brasil publicou uma notícia descrevendo em detalhes as funcionalidades e características do JBoss AS 7.

JBoss Developer Studio Portfolio Edition 5.0

O JBoss Developer Studio Portfolio Edition é um ambiente de desenvolvimento integrado (IDE) baseado no Eclipse, para o desenvolvimento com tecnologias enterprise. O JBoss Developer Studio conta com uma série de plugins que simplificam o desenvolvimento com tecnologias como Hibernate, Seam, RichFaces, jBPM, Drools e outras. A distribuição com JBoss EAP 6 proporciona também a integração maior com algumas ferramentas, incluindo Maven e Hudson/Jenkins.

JBoss Web Framework Kit 2.0

O JBoss Web Framework Kit tem o objetivo de simplificar o uso de tecnologias populares, de código aberto, para a construção de aplicações em Java. O kit reúne frameworks e ferramentas para o desenvolvimento de aplicações web e mobile. No JBoss EAP 6 foram incluídas outras tecnologias como RichFaces 4.2, JBoss Snowdrop 2.0 e Hibernate 4.1. Além disso, o Apache Struts 2.3, Spring 3.1/3.0/2.5 e Google Web Toolkit 2.4/1.7 foram certificados pelo JBoss EAP 6.

JBoss Operations Network 3.1

O JBoss ON é uma plataforma de gestão que fornece monitoramento, provisionamento e recursos sofisticados para o gerenciamento de aplicativos desenvolvidos com o JBoss EAP. O objetivo da ferramenta é simplificar a gestão de novas funcionalidades e a distribuição de novas versões de projetos.


Os usuários da versão anterior, o JBoss EAP 5, podem realizar a atualização seguindo as orientações do guia de atualização para JBoss EAP 6.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT