BT

Oracle adia padronização de cloud para Java EE 8

por Charles Humble , traduzido por Thiago Galbiatti Vespa em 29 Out 2012 |

[Este texto foi otimizado e enriquecido pela equipe do InfoQ Brasil]

A Oracle anunciou planos de reduzir o escopo do Java EE 7 para conseguir manter as entregas nos prazos previstos. Foi adiada a padronização do PaaS e multi-tenancy do Java EE 7 para o Java EE 8. Linda DeMichiel, líder da especificação do Java EE 7, anunciou a mudança em um post.

Apesar das nossas melhores intenções, estamos progredindo em cloud mais lentamente que o esperado. Em parte, isso se deve à falta de maturidade nas áreas de provisionamento, multi-tenancy, elasticidade e publicação de aplicações em nuvem. E em parte, vem da nossa abordagem conservadora de tentar fazer as coisas da melhor maneira, partindo de uma experiência limitada em cloud.

Por isso acreditamos que prover suporte robusto e padronizado à programação baseada em PasS e multi-tenancy atrasaria a o lançamento do Java EE 7 para abril ou maio de 2014; ou seja, um ano depois em relação ao programado. Em nossa opinião, é tempo demais.

Portanto, propusemos ao Expert Group do Java EE 7 ajustar o planejamento para manter as datas de lançamento atuais - e adiar para o Java EE 8 os aspectos restantes do planejado para suporte a PaaS e multi-tenancy.

DeMichiel destaca que vários fornecedores, tais como a Red Hat e a CloudBees, já fornecem suporte para pelo menos parte das novas especificações Java EE em seus ambientes de nuvem. E assim que ganharem mais experiência nessa área, poderão ajudar no esforço de padronização. DeMichiel recebeu forte apoio do Expert Group para a proposta de adiamento. Por exemplo, Pete Muir, líder de CDI da Red Hat, comentou:

Falando como implementador do Java EE, nós (a Red Hat) estamos apoiando muito a ideia. Defendemos que a comunidade Java EE não está pronta ainda para padronizar as tecnologias de cloud. Isso pode ser comprovado pela nossa experiência com o OpenShift - nossa oferta de cloud de Java EE - que funciona bem com o Java EE 6.

Jevgeni Kabanov, fundador e CEO da ZeroTurnaroud, escreveu

Apoio firmemente essa ideia; minha sensação sempre foi que a tentativa de padronização de cloud era prematura - e que precisamos de mais tempo para entender os rumos do mercado e da comunidade. No momento há muita atividade em cloud, mas ainda não se sabe quais tecnologias, metodologias e filosofias serão as vencedoras. Espero que em mais dois, três anos isso esteja mais claro.

David Blevins, co-fundador dos projetos da Apache TomEE, OpenEJB e Geronimo, comentou

Concordando com sentimentos dos outros membros, também apoio a decisão; até acho que foi uma decisão tranquilizadora. O Java EE já está 90% pronto para cloud, devido ao seu foco em empacotamento limpo, deployment e portabilidade - conceitos com os quais sofremos no passado e que estão agora rendendo frutos. Temos ainda 10% das necessidades não atendidas em cloud. Mas estamos em uma época de experimentação, e ainda não é o momento para padronização.

Sem dúvida, a decisão pode ser vista como uma falha por quem não compreende inteiramente o papel das especificações no mercado. Mas na verdade, é uma demonstração da importância das especificações; trata-se de uma decisão de longo prazo.

Ainda há muito o que fazer no segmento de nuvem. Os fornecedores inovam e então nós realizamos a padronização, junto com eles. Mas as inovações ainda não chegaram ao fim.

Com o suporte a cloud removido, o Java EE 7 perde uma importante característica esperada. Ainda assim ganhará muitas extensões e melhorias, que incluem o JAX-RS 2.0, uma atualização da API de JMS, a versão 3 da Expression Language, o suporte a HTML 5, atualizações do JPA e CDI e diversas outras melhorias.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber mensagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT