BT

Um relato de experiências ao aplicar Kanban na SAP

por Ben Linders , traduzido por Bernardo Rosmaninho   em  03 Jul, 2014

Durante a conferência Lean Kanban Central Europe, Alexander Gerber e Martin Engel falaram sobre suas experiências de mais de dois anos aplicando Kanban na SAP. Eles mostraram como apoiaram o departamento de desenvolvimento de uma empresa de software de grande porte com a implantação de lean e de processos ágeis. Esse é um dos casos de estudo reportado pelo InfoQ.com no início de 2013.

Aperfeiçoando o desenvolvimento de produtos com Flow Thinking

por Ben Linders , traduzido por Eduardo Maçan   em  02 Jun, 2014

Um estudo de caso sobre a obtenção de apoio ao flow thinking usando um modelo mental e metáforas, apresentado na conferência Lean Kanban Central Europe. O InfoQ entrevistou Hakan Forss e Erik Schon sobre sua jornada dos métodos e ferramentas aos princípios e forma de pensar e como usam a gestão visual ao implementar o pensamento de fluxo para melhorar o desenvolvimento de produtos na Ericsson.

QCon Rio: inscrições abertas, 3 keynotes internacionais e 18 palestrantes confirmados

por InfoQ Brasil em  22 Mai, 2014

Após sucesso em 5 edições em São Paulo, o maior evento independente para desenvolvedores e arquitetos ganha sua primeira edição no Rio de Janeiro. O QCon Rio 2014 acontece de 23 a 25 de setembro e contará com engenheiros de empresas como Red Hat, Amazon, Globo.com, Twitter e Zendesk, com 3 keynotes internacionais confirmados. Inscreva-se até 3 de junho e aproveite descontos de mais de 40%.

Adoção Agile no setor público: FBI e o Porto de Roterdã

por Ben Linders , traduzido por Elias Souza   em  25 Abr, 2013 2

O setor público está, cada vez mais, usando metodologias ágeis a fim de desenvolver software dentro do orçamento, no prazo, e se tornar mais flexível e adaptativo às mudanças. O texto apresenta dois estudos de caso do setor público que demonstram como o desenvolvimento ágil tem sido útil nestas iniciativas.

Tratores com Agile: a experiência da John Deere e seus 1500 agilistas

por Christopher Goldsbury , traduzido por Robison Tesini   em  03 Abr, 2012

A adoção recente de práticas Ágeis pela fábrica de tratores e colheitadoras John Deere traz lições para empresas que dizem “Aqui não funciona”. A abordagem usada foi de adoção drástica em vez de gradual e hoje já são mais de 1500 os praticantes de Agile na empresa.

O apagão do Amazon EC2: repercussão e lições aprendidas

por Abel Avram , traduzido por Giovanni Abner   em  02 Mai, 2011

A Amazon publicou relatório detalhado sobre a falha de serviços que atingiu grande parte da zona de disponibilidade da Região EUA Leste. Muitos sites publicaram análises, comentários e lições a serem aprendidas com o ocorrido.

Usando a Nuvem: Dois exemplos

por Dave West , traduzido por Anderson Duarte Vaz   em  29 Jul, 2010

A maioria das discussões sobre cloud computing tem foco nas ferramentas, fornecedores, economia e segurança. Enquanto esse foco é apropriado para uma tecnologia emergente, se torna mais fácil perceber o valor da cloud computing quando você tem exemplo de aplicações, ou estudos de caso.

7 Lições aprendidas com o Reddit

por Abel Avram , traduzido por Pedro Mariano   em  20 Mai, 2010

Steve Huffman, co-fundador do Reddit, compartilhou as principais lições aprendidas escalando o Reddit de uma aplicação web pequena para um grande website social.

Estudo de Caso: Migração de um grande aplicativo VB6 para .NET

por Abel Avram , traduzido por Yan Borowski   em  04 Jan, 2010 1

Uma empresa prestadora de serviços de TI tenha migrado um aplicativo de ERP, totalizando 950.000 linhas de código para VB6. NET em 9 meses.

Qual o valor para o SOA Incremental?

por Mark Little , traduzido por Thiago Pinelli   em  26 Nov, 2009

John Moe discute uma série de abordagens para SOA, incluindo incremental (Guerrilha) SOA. Isto causou um rebuliço na comunidade de SOA com representantes de fornecedores e consultorias tanto valor de negociação baseado em golpes (por exemplo, qual custo é maior, software ou pessoas?) para tentar ilustrar os benefícios de (suas) soluções.

Liderar Auto-Organização é como Conduzir uma Orquestra?

por Deborah Hartmann Preuss , traduzido por Rafael Riberto   em  03 Nov, 2009

Modelos tradicionais de gerenciamento não contam aos líderes como suportar seus times no modelo "Agile" sem depreciar sua auto-organização emergente. Alusões à performances musicais e “conduzir uma orquestra” afloram, mas nem todos concordam que isto é apropriado. Seria o modelo "maestro" uma boa prática ou um anti-pattern?

Agilidade Relaciona "Os Cinco Desafios de uma Equipe"

por Deborah Hartmann Preuss , traduzido por Marcelo Andrade   em  12 Ago, 2009

Um pequeno estudo em 2008, mostrando que equipes ágeis eram mais eficazes que as equipes tradicionais, apontou que: "Por ser baseada em numerosos colaboradores pessoais, a produtividade é quase sempre a medida mais difícil de ser melhorada nas organizações."

Ponderações sobre Lean in Action no Japão

por Deborah Hartmann Preuss , traduzido por Henrique Gontijo   em  24 Jul, 2009

Nessa primavera, um grupo de agilistas de software, liderados por Mary and Tom Poppendieck, visitaram o Japão para ver em primeira mão como os princípios Lean são aplicados em muitos lugares, onde vem sendo utilizados há bastante tempo. Esse "Tour Lean Japonês", vem sendo aplicado por gerentes e educadores desde 1990, sempre ligados ao aforismo do Lean: "Vá para o Gemba".

Como Assegurar Antecipadamente a Morte de um Projeto Agile Distribuído?

por Vikas Hazrati , traduzido por Flávia Castro de Oliveira   em  10 Mar, 2009

Os desafios da adoção e execução do Agile são amplificados quando se trabalha de modo distribuído. O Agile Distribuído traz seus prórpios desafios em termos de separação geográfica, fuso horário variado, diferenças culturais etc. Matar um projeto Agile distribuído não é muito difícil.

Queime as estórias não as tarefas

por Chris Sims , traduzido por Douglas Masson   em  27 Jan, 2009 1

Desenvolvedores geralmente quebram a estória do usuário em tarefas para facilitar o trabalho de distribuição e implementação em torno da equipe e permitir um acompanhamento dos processos em um nível fino de granularidade. Infelizmente, a estória pode explodir em uma lista de tarefas não triviais tão grandes que a estória não é entregue no fim da iteração.

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2014 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT