BT

Akka Toolkit 2.3 com Java 8 e suporte a persistência

por Jan Stenberg , traduzido por Diogo Carleto   em  25 Mar, 2014

A última versão do kit de ferramentas do Akka, uma implementação do Actor Model, possui como novidades a persistência, permitindo salvar o estado interno dos atores, juntamente com o suporte para expressões lambda do Java 8.

Lançada versão 2.0 do Slick, biblioteca de mapeamento funcional-relacional para Scala

por Jan Stenberg , traduzido por Gabriel Ozeas   em  31 Jan, 2014

Foi lançada recentemente a versão 2.0 do Slick, biblioteca em Scala para mapeamento funcional-relacional - Functional-Relacional Mapping, FRM, (correspondente ao mapeamento objeto-relacional nas linguagens orientadas à objetos). A nova versão do Slick traz um gerador de código para engenharia reversa de schemas e uma nova arquitetura para o driver que suporta bancos de dados não SQL.

Akka e DDD: Combinando Programação Reativa e Domain-Driven Design

por Jan Stenberg , traduzido por Gabriel Ozeas   em  23 Dez, 2013

Vaughn Vernon, autor do livro Implementing Domain-Driven Design, explica como o uso de Scala e Akka (implementação de Modelo de Atores) em conjunto com o DDD ajudam a remover a sobrecarga arquitetural encontrada frequentemente em arquiteturas orientada à eventos ou hexagonais.

QCon SP 2014: 25+ palestras e 30+ palestrantes confirmados, programação inicial no ar

por Leonardo Galvão em  20 Dez, 2013

O QCon SP 2014 (9-11 de abril) está com metade do conteúdo definido. O evento acontece no WTC e contará com grandes engenheiros de empresas como NASA, Red Hat, Cloudera, Globo.com, Heroku, Locaweb, Twitter e ThoughtWorks. A programação preliminar está no ar e dia 23 de dezembro é o último dia na faixa de preços atual. Garanta a sua participação!

Crescente da Programação Reativa

por Dio Synodinos , traduzido por Vitor Puente   em  07 Nov, 2013

A Programação Reativa baseia-se em fluxo de dados e propagação de mudanças, com o modelo de execução de uma linguagem de programação propagando automaticamente as mudanças através do fluxo de dados. Com a popularidade de arquiteturas orientada a eventos, escaláveis e interativas, tanto do lado do cliente quanto do servidor, o conceito de "reatividade" está ganhando cada vez mais atenção.

Chef 11: pronto para hyperscale

por Aslan Brooke , traduzido por Hugo Lavalle   em  08 Mai, 2013

A Opscode lançou recentemente o Chef 11 com melhorias de escalabilidade para suportar a demanda de operações web de servidores “hyperscale”. A Opscode reescreveu toda API núcleo do servidor em Erlang e, ao mesmo tempo, manteve a retrocompatibilidade com versões anteriores. A Opscode rebatizou a API para “Erchef”, fazendo referência à reescrita do código em Erlang.

Twitter sobrevive às eleições dos EUA com ajuda de Java e Scala

por Charles Humble , traduzido por Walter Dias   em  14 Nov, 2012

A baleia de falha não apareceu nas eleições presidenciais americanas, mesmo com os servidores do Twitter recebendo mais de 700 mil tweets por minuto em momentos de pico. A empresa conseguiu gerenciar o nível de tráfego graças à migração do Ruby para Java e Scala.

Escalante: um servidor de aplicações para Scala baseado no JBoss AS

por Julio Faerman em  20 Set, 2012

O Escalante é uma nova plataforma para aplicações Scala baseada no JBoss AS 7, com sua primeira versão recentemente lançada. Convidamos o criador do projeto, Galder Zamarreño, para falar sobre a iniciativa em entrevista exclusiva ao InfoQ Brasil.

F# 3.0: conheça os principais novos recursos

por Anand Narayanaswamy , traduzido por Ivo La Puma   em  03 Set, 2012

A versão 4.5 do Framework .NET chega com uma série de novos recursos para a linguagem F# 3.0. Conheça as principais mudanças na nova versão.

Loop: uma linguagem para a JVM com foco em programação multicore

por Dio Synodinos , traduzido por Adalberto Zanata   em  10 Ago, 2012

O Loop é uma linguagem de programação compacta para a máquina virtual Java, influenciada pelas linguagens Haskell, Scheme, Ruby e Erlang, que tenta reunir as melhores características da programação funcional e de linguagens orientadas a objetos, de forma consistente e pragmática. Veja uma entrevista com o criador.

Conhecendo o Typesafe Stack 2.0: Scala, Akka, Play e mais

por Bienvenido David III , traduzido por Thomas Sant'Anna   em  23 Mar, 2012

A Typesafe anunciou o Typesafe Stack 2.0, uma plataforma de código aberto para a construção de aplicações escaláveis em Java e Scala. A nova Typesafe Stack inclui a linguagem de programação Scala, o middleware orientado a eventos Akka 2.0, e o framework web Play 2.0, além de várias ferramentas de desenvolvimento, que se integram de forma transparente com ambientes Java existentes.

Mantendo o Scala (mais) Atual

por Alex Blewitt , traduzido por Rafael Sakurai   em  17 Fev, 2012

Com o Scala 2.10 a caminho e as recentes controvérsias, qual é a verdadeira história da compatibilidade entre as versões e como isso afeta as bibliotecas populares de Scala?

Twitter disponibiliza no GitHub guia de melhores práticas, Effective Scala

por Bienvenido David III , traduzido por Paulo Rebelo   em  15 Fev, 2012

O Twitter abriu o guia Effective Scala (Scala Eficaz), disponível no GitHub e licenciado sob a Creative Commons. Scala é uma das principais linguagens de programação utilizadas no Twitter e a maioria da infraestrutura da empresa é escrita em Scala. O guia contém uma série de pequenos experimentos e um conjunto de boas práticas identificadas ao usar a linguagem.

Scala no Browser com Scala+GWT e um novo site de documentação da linguagem

por Mirko Stocker , traduzido por Thomas Sant'Anna   em  02 Jan, 2012

Grzegorz Kossakowski publicou a terceira versão milestone do Scala+GWT, projeto que permite escrever código em Scala e compilá-lo para JavaScript por meio do Google Web Toolkit (GWT).

Opinião: Scala é o novo EJB 2?

por Alex Blewitt , traduzido por Alexandre Simundi   em  21 Dez, 2011 1

Stephen Colebourne, desenvolvedor da API Joda Time e líder da JSR 310, que trata de melhorias na API de datas e horas do Java, questionou em um post polêmico a aplicabilidade da linguagem Scala. Ele compara Scala com EJB 2, especificação que considera o ponto mais baixo do Java EE e que "adicionou complexidade sem oferecer os ganhos esperados".

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2013 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT