BT

Eclipse 3.7.1 adiciona suporte ao Java 7 e Gerrit

por Alex Blewitt , traduzido por Fernando Lozano em 29 Set 2011 |

[Esta notícia foi expandida pelo tradutor]

A Fundação Eclipse anunciou a liberação do Eclipse Indigo 3.7.1, o primeiro release de manutenção para a série Eclipse Indigo (3.7). Normalmente releases "menores" como este não chamariam a atenção, mas neste caso houve a adição do suporte ao Java 7 ao Eclipse JDT (o conjunto de plug-ins do IDE para desenvolvimento de aplicações Java).

O Eclipse 3.7 foi liberado em junho deste ano, mas naquele momento a especificação do Java 7 não estava ainda finalizada, impedindo sua inclusão no criterioso processo de testes de novos releases do Eclipse. Isto significa que, para cumprir o cronograma de releases anuais, sempre em junho, algo que vem sendo realizado com sucesso durante toda a última década, não foi possível habilitar o suporte a Java 7 na instalação padrão do IDE. Não era possível sequer habilitar suporte parcial ao Java 7, pois como a especificação não era final, haveria o risco de o compilador do Eclipse acabar aceitando compilar código que poderia não ser compatível com o padrão definitivo.

Embora outras ferramentas, como o NetBeans, tenham oferecido suporte ao Java 7 no momento do lançamento do Eclipse 3.7, eles o fizeram com a ressalva de que era um software ainda em pré-release e que poderia sofrer mudanças incompatíveis a qualquer momento. Já o Eclipse não é apenas um IDE e plataforma comum, é também a base para várias ferramentas comerciais que são construídas sobre ele, por exemplo o MyEclipse e o IBM WebSphere Studio ou as ferramentas Rational. Portanto adicionar funcionalidades sujeitas a este tipo de mudança teria prejudicado vários consumidores da tecnologia Eclipse.

Por isso se decidiu adiar o suporte ao Java 7 para os releases do ano que vem (3.8 e o 4.2): o suporte já estava presente desde o Eclipse 3.8M1. Entretanto a decisão foi reconsiderada em função da grande demanda por desenvolvimento com Java 7, e assim o suporte foi antecipado para o primeiro release de manutenção, ou SR1. Este é o release que acabou de ser liberado.

Além do suporte ao Java 7. o Eclipse Indigo 3.7 SR1 (ou Eclipse Indigo 3.7.1) não traz novas funcionalidades específicas para a plataforma Java. Mais detalhes sobre o suporte ao Java 7 podem ser encontrados na seção "o que há de novo com o Java 7" nas notas do release. Também pode ser consultada a relação de bugs resolvidos no relase 3.7 SR 1.

Outros projetos do ecossistema Java também trouxeram atualizações para o release SR1. O EGit foi atualizado da versão 1.0 para a 1.1, que inclui várias novidades como o suporte a reflog e a equipes de projeto. Aqueles que usam o GitHub irão apreciar a sua integração com o Mylyn, pois ela permite que pull requests sejam consumidos pelo IDE local. Já o Projeto ECF traz seu release 3.5.2, que resolve vários bugs na administração de serviços remotos.

O Eclipse, é claro, não é apenas um IDE para Java. O CDT, o Kit de Desenvolvimento para as Linguagens C e C++, foi atualizado para o 8.0.1, resolvendo vários bugs. E a ferramenta Mylyn foi atualizada para o 3.6.2, que inclui um novo conector Jenkins/Hudson e integração com revisões do Gerrit.

Além disso, o release de manutenção, assim como o original, não inclui um pacote específico para as populares Ferramentas para Desenvolvimento PHP (PDT), embora estas tenham sido sincronizadas e validadas junto com o restante do Eclipse Indigo. O PDT pode ser acrescentado via Help>Install New Software, escolhendo-se "Eclipse IDE for JavaScript Web Developers", ou qualquer outro dos pacotes fornecidos como opções para o Eclipse Indigo.

Já estão disponíveis para download pacotes de instalação do Eclipse 3.7.1 reunindo as combinações de plug-ins mais comuns. Pode-se também atualizar uma instalação pré-existente do 3.7 pelo comando Help>Check for Updates.

Para os que perderam as notícias sobre o Eclipse 3.7, vale destacar como novidades em relação ao release do ano passado (Eclipse Helios 3.6):

  • Window Builder, para desenvolvimento visual de aplicações Java com Swing e SWT, além de aplicações web com GWT, desenvolvido originalmente pela Google e que substitui o famigerado VE (Visual Editor), que foi descontinuado;
  • Suporte ao Eclipse Market Place, para compra e instalação facilitada de plugins comerciais;
  • Melhor integração com o Maven (já incorporando o Maven 3);
  • Inclusão do Virgo, um servidor de aplicações baseado no OSGi e Spring,;I
  • Inclusão do Jubula, para testes funcionais sobre aplicações Java e HTML, simulando um usuário que opera a ferramenta;
  • Introdução de Xtend, uma nova linguagem de programação para a JVM.
  • Finalmente, no Indigo a Plataforma para Testes e Performance foi descontinuada.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2013 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT