BT

Eclipse Kepler: 71 projetos e 58 milhões de linhas de código

por Alex Blewitt , traduzido por Diogo Carleto em 11 Jul 2013 |

A Fundação Eclipse anunciou o lançamento do Eclipse Kepler, seu oitavo lançamento simultâneo, composto de 71 projetos e mais de 58 milhões de linha de código.

Plataforma 4.x se consolida

O Eclipse Kepler foi construído sobre a plataforma do Eclipse 4.x, escolhida como base para futuras versões desde o lançamento do Eclipse Juno no ano passado. Em 2012, o lançamento da versão 4.2 foi acompanhado pelo da versão 3.8; dessa vez não existe versão 3.9. Além disso, a série 3.x não tem sido mantida desde janeiro de 2013 e não há atualizações planejadas. Desse modo, para usuários que queiram usar as novas funcionalidades do Kepler, o único caminho é adotar a versão 4.3. Alguns plug-ins como o EGit já abandonaram o suporte a versões 3.x e vão se concentrar somente nas versões 4.x em diante.

Desempenho

Com o lançamento do Eclipse Juno em 2012, houve reclamações iniciais sobre desempenho. Melhorias foram posteriormente disponibilizadas através da atualização 4.2.1 e depois a 4.2.2, mas muitos desenvolvedores escolheram ficar com a versão 3.7 em vez de atualizar para a plataforma 4.2, e foi percebida uma tendência de queda na satisfação dos usuários:

Pela primeira vez este ano houve uma diminuição perceptível na adoção do último lançamento do eclipse, o Eclipse 4.2. Em resultados anteriores da pesquisa, 75% dos entrevistados relataram usar a versão mais recente do Eclipse... Este ano somente 56% disseram estar usando o Eclipse 4.2 (Juno); outros 13% usavam o Eclipse 3.8. A desaceleração na adoção é provavelmente resultado dos problemas de desempenho encontrados no Eclipse 4.2. Ao mesmo tempo, o índice de satisfação caiu de 90% em 2012 para 81% em 2013.

O Eclipse Kepler não deve ter o mesmo problema: vários bugs de desempenho já foram corrigidos e arquivados no próprio Eclipse 4.2, e o Eclipse 4.3 traz suas próprias melhorias de desempenho e adiciona funcionalidades.

Evolução

Holger Voormann atualizou sua nova análise do crescimento do Eclipse desde o lançamento da versão 3.0, juntamente com a análise dos projetos incluídos. Veja o gráfico abaixo.

Percebe-se que quase todos os projetos do Kepler já usam o Git; somente 8 dos 107 repositórios continuam a usar o Subversion, e com o futuro do Eclipse e GitHub, esta tendência deve continuar.

Principais novidades

O EGit 3.0 foi lançado juntamente com o Kepler, trazendo uma série de melhorias na velocidade e usabilidade das ferramentas Git. Com a atualização recente do Gerrit 2.6 no servidor do Eclipse Gerrit Review, o uso do Git no Eclipse só está aumentando. Uma melhoria importante nas ferramentas Git é o uso de bitmaps comprimidos; permite que o JGit sirva repositórios mais rápido que uma implementação cgit nativa.

O Mylin chega à versão 3.9, com suporte ao Bugzilla 4.4 e Gerrit2.5. O trabalho para suporte do Gerrit 2.6 ainda está em desenvolvimento e deve ser liberado como um update no futuro próximo. O uso de de textos Markup em comentários do wiki também foi adicionado, mas somente se for incluído um outro repositório. Como a fundação Eclipse recentemente migrou o site de review do Gerrit para o 2.6, o Mylin Reviews não pode ser usado com o site padrão do Eclipse nesse momento.

O Maven Web Tooling atinge o versão 1.0, que permite que projetos web baseado no Maven se integrem com a Web Tooling Platform (WTP), com suporte a "faceted projects".

O Java Development Tools (JDT) adiciona refatorações menores para permitir que declarações if/else sejam convertidas em declarações switch; traz também suporte a exibição de nós XML em sessões de depuração. Não há ainda suporte ao Java 8.

O Kepler inclui ainda o Eclipse Orion 3.0, nova versão do editor baseado na web da Fundação, que foi totalmente reescrito em JavaScript e suporta fluxos de trabalho do Git. Os componentes que compõem o Orion podem ser incorporados em sites, tornando possível mostrar na web tanto os editores de código como ferramentas de diff.

O Eclipse Kepler está disponível para download através do repositório do projeto.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

Cada vez mais bugs, lamentável by Jadson Santos

A Fundação Eclipse perdeu a mão, a cada versão aumenta o número do bugs. Não só no desempenho. :(

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

1 Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2013 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT