BT

Nova Sociedade de Sistemas Lean inspira-se na centenária Royal Society de Londres

por David Bulkin , traduzido por Leonardo Campos em 04 Jun 2012 |

O Lean Software & Systems Consortium, que tem como missão aprimorar os sistemas e capacidades de construção destes sistemas, como "forma de melhorar o mundo", reorganizou-se como a Lean System Society (Sociedade de Sistemas Lean). A mudança terá como foco o posicionamento na dianteira do pensamento Lean e o desenvolvimento da comunidade, além da colaboração e o debate para ampliar as comunidades de Lean/Kanban.

O LSC anunciou a mudança em 14 de maio de 2012 por meio de um comunicado à imprensa, explicando que a nova sociedade foi feita "aos moldes da Royal Society do Reino Unido, um grupo com os mais eminentes cientistas do mundo". Um conjunto inicial de integrantes, selecionados entre grandes líderes em sistemas, foi nomeado.

No comunicado à imprensa, James Sutton, presidente da LSC, explica a mudança:

Após uma análise do desenvolvimento da nossa organização e de nosso objetivo de melhorar o mundo por meio do aprimoramento de seus sistemas, acreditamos que os 300 anos de sucesso da Royal Society britânica serve como um modelo ideal no qual se inspirar.

James Sutton explica que a Sociedade funciona como um catalizador para acelerar e aprofundar o paradigma Lean, assim como agregar pensadores e executores de várias disciplinas diferentes. O credo (conjunto de valores e princípios) da Sociedade oferece mais contexto.

A Lean Systems Society acredita que a excelência em lidar com a complexidade exige a aceitação de que a complexidade e a incerteza são naturais nos sistemas sociais e no trabalho intelectual. Sistemas eficazes devem produzir resultados melhores, tanto econômicos quanto sociais. O desenvolvimento desses resultados requer uma abordagem mais holística que leve em conta a condição humana. A Sociedade está comprometida a explorar as ideias significativas de todas as disciplinas, a fomentar uma comunidade que cria soluções a partir de um conjunto comum de valores e princípios, ao mesmo tempo levando em conta cada contexto e evitando o dogma.

Chris Hefley, CEO da Bandit Software, e integrante da Sociedade, oferece sua visão sobre a reorganização.

Esta reorganização é um sinal de que a comunidade e o mercado estão amadurecendo. Outros grupos e empresas surgiram para dar apoio para a comunidade de outras formas, permitindo que a Lean Systems Society estreite seu foco e faça o que tem feito melhor: encorajar a troca de ideias, a colaboração, a liderança de pensamento e o desenvolvimento da comunidade.

Para mais informações, acesse o site da Lean Systems Society ou o comunicado à imprensa (em inglês). Também há diversos artigos e apresentações na seção sobre Lean e Kanban do InfoQ Brasil.

Olá visitante

Você precisa cadastrar-se no InfoQ Brasil ou para enviar comentários. Há muitas vantagens em se cadastrar.

Obtenha o máximo da experiência do InfoQ Brasil.

Dê sua opinião

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão
Comentários da comunidade

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

HTML é permitido: a,b,br,blockquote,i,li,pre,u,ul,p

Receber menssagens dessa discussão

Dê sua opinião

Conteúdo educacional

Feedback geral
Bugs
Publicidade
Editorial
InfoQ Brasil e todo o seu conteúdo: todos os direitos reservados. © 2006-2013 C4Media Inc.
Política de privacidade
BT